Mulher invade igreja evangélica e joga fezes no pastor durante o culto

Aos policiais ela disse que agiu dessa maneira por que estava sendo menosprezada pelos fiéis da igreja


1 semana atrás | Caio Rangel



Imagem ilustrativa (Reprodução)

Um caso surpreendente aconteceu na cidade de Lucas do Rio Verde, a 249 km de Cuiabá (MT). Uma mulher de 47 anos foi presa depois que invadiu uma igreja evangélica e jogou um balde com fezes e urina contra um pastor durante o culto.

Em depoimento ela disse aos policiais que agiu dessa maneira por que estava sendo menosprezada por alguns fiéis pelo fato de ser mãe solteira.

De acordo com a mulher, o pastor e as mulheres da igreja a tratavam com indiferença pelo fato dela não ter marido. Os religiosos teriam falado que ela estava pecando por ser mãe solteira.

+ Mãe flagra filha sendo estuprada por missionário em igreja de SP

“Ela disse que estava sofrendo com essa situação e até entrou em depressão. Disse que tinha um tratamento diferente em relação às outras pessoas pelo fato de não ter um marido. Para ela, o tratamento era inadequado e trazia transtornos”, relatou o delegado Walter de Melo.

No entanto, o delegado acredita que a mulher pode ter algum transtorno mental, pois a vingança da acusada fugiu da realidade de uma pessoa em seu estado perfeito de sanidade.

“Ela confessou que começou a fazer esse ‘caldo’ com fezes e urina em casa, dentro de um balde. Depois, decidiu participar da cerimônia, onde as pessoas oravam durante o culto de Ano Novo. Em um determinado momento ela retirou esse balde durante o culto e jogou contra o pastor e em outras pessoas”, contou Melo.

A dona de casa foi imobilizada pelos fiéis até a chegada da polícia. O pastor e algumas pessoas que foram atingidos pela substância foram levada para o hospital da cidade.

+ Edir Macedo: “Os meu filhos não irão receber um centavo de herança”

“Ela vai responder um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) pelo crime de ultraje a culto religioso e foi solta. As pessoas que foram atingidas procuraram atendimento médico para saber se havia risco de algum tipo de contágio [de doença]. Elas ainda vão ser ouvidas na delegacia nos próximos dias”, pontuou.




publicidade

Mais artigos

Evangélica, Denise Dias afirma que não ver problema em “nudez” do carnaval

A modelo dispensou convite para desfilar no carnaval mas continua fazendo ensaios sensuais


Felipe Heiderich entrará na Justiça para tirar a guarda do filho de Bianca Toledo

Heiderich disse que tudo aquilo que já foi provado nos tribunais que foi mentira, ela está usando para acusa-lo


Bianca Toledo passa dos limites e é bombardeada na web

Na tentativa desesperada de acabar com a reputação de Felipe Heiderich, a cantora expôs imagens chocantes do próprio filho


Cantor gospel e “coach” é investigado por crimes sexuais

As vítimas são seis mulheres que tem entre 20 e 56 anos


Pastor Wesley de Oliveira o Raio x de Deus desmente fake news

De acordo com informações de um site o pastor seria usuário de drogas e havia sido preso portando 1 kg de cocaína


Rainha de bateria da Mangueira será uma das faces de Jesus no Carnaval 2020

O pastor Henrique Vieira também irá representar Jesus na Sapucaí


Alerta aos pais: Sony pretende lançar Homem-Aranha bissexual em próximo filme

No Brasil o tema já gerou polêmica, e vem sendo discutido por pastores e líderes evangélicos


Discípula de Priscilla Alcantara, Bruna Marquezine prega para seus seguidores

A atriz costuma realizar encontros de células em sua casa com a cantora gospel


Gilberto Gil diz que “Deus é uma invenção do homem” e revolta internautas

O ex-ministro da Cultura do governo Lula declarou que só usa a palavra "Graças a Deus" em respeito a cultura


Dupla gospel Jackson e Talita supera crise no casamento

Uma suposta traição do cantor Jackson no final do ano passado quase colocou um ponto final no casamento da dupla