Cristo foi representado na Sapucaí? O que dizem os pastores

A escola de samba Mangueira levou a história de Jesus do seu "modo" para Sapucaí


1 mês atrás | Caio Rangel



jesus da Mangueira (Reprodução)

Alguns evangélicos estão dizendo que Cristo esteve na Sapucaí, e que o evangelho foi apresentado na festa da carne. Na visão de algumas pessoas Jesus está nas minorias LGBTQ+, com os pobres,  nas mulheres vítimas de feminicídio, e até nos jovens negros em conflito com a Lei.

Essa discussão tem ultrapassado os limites da internet, e invadido os lares dos cristãos, que estão se perguntando: será que o Jesus das Escrituras Sagradas foi representado no desfile da Mangueira?

+ Igreja afasta pastor que enviou foto íntima para mulher

Enquanto alguns pastores como Ed René Kivitz defendem o que a escola de samba apresentou, outros criticam duramente essa afronta ao cristianismo.  O pastor Rafael Bello publicou uma nota de repúdio em seu Instagram, e se posicionou totalmente contra.

O texto que não é de autoria do pastor, retrata a sua revolta com toda essa insinuação que estão fazendo, dizendo que o evangelho foi representado pela escola de samba.

“Não, o Evangelho não estava na Sapucaí e o que a Mangueira mostrou não é o Cristo das Escrituras. O fato de Cristo ser mostrado entre os pobres não faz disto um retrato do que temos nos evangelhos canônicos. De fato, Jesus se fez carne e se fez pobre. Ele pregou para “periféricos” e escolheu 12 homens comuns para dar continuidade ao seu ministério. Mas… Não podemos santificar a pobreza e confundir as ideologias sociais com o Evangelho. Cristo foi rejeitado pelos “periféricos” de Nazaré. Foi abandonado pela multidão que tinha sido alimentada com pães e peixes quando ele começou a pregar aquilo que eles não desejavam ouvir. Os pobres estavam na turba dos zombadores no momento da crucificação. Os pobres também gritaram o nome de Barrabás… Diante do Cristo que é humano e divino, ninguém é justo. Pobres e ricos serão condenados caso não se convertam ao Jesus crucificado e ressurreto para perdoar pecados. Agora não é conversão a discurso ideológico que usa Jesus como um verniz para mascarar a idolatria que salvará. Isso é auto-engano e só piora a condição de cegueira espiritual do pecador.

Não houve Evangelho na Sapucaí. Houve sincretismo, houve sensualidade, houve blasfêmia e caricatura do Messias. Quem acha que Jesus estava no desfile da Mangueira e se diz cristão está precisando rever se está vivenciando seu cristianismo com as lentes da canonicidade ou das ideologias deste século.

Jesus não pertence a nenhuma ideologia. Ele não está em sambódromo, assim como não está em slogans de governo. Os cristãos no Brasil precisam dar um basta na ideologização da fé. As ideologias passarão. O SENHOR e a sua Palavra jamais passarão. 📌Autor: Thiago Oliveira”




publicidade

Mais artigos

Fiel denuncia Assembleia de Deus e diz que igreja só está preocupada com o dízimo

Segundo a mulher as igrejas estão abertas apenas para receber os dízimos, sem prestar nenhuma ajuda social ou espiritual


Apóstolo Luiz Hermínio faz apelo ao presidente Bolsonaro

O pedido foi realizado através do culto on-line transmitido em suas redes sociais


Daciolo lança profecia assustadora contra pastores e líderes evangélicos

A profecia surpreendeu os internautas e calou o mundo gospel


Malafaia cumpre promessa, detona Paulo Junior, e ainda faz desafio

Malafaia acusou Paulo Junior de ter dado um golpe em outro pastor para tomar a igreja, e desafiou ele a entrar com uma ação na Justiça


Anderson Silva surta em live e xinga internauta: “[email protected], zé roela”

O pastor ainda prometeu agredir fisicamente o seguidor que discordou com o seu discurso


Urgente: Malafaia prepara vingança contra Paulo Junior: “Hoje a casa dele vai cair”

Malafaia prometeu desmascarar o pastor em um vídeo que será publicado ainda hoje


Anderson Silva insinua que existem denúncias de assédio sexual contra Tiago Brunet

O pastor e coach Tiago Brunet é muito conhecido no Brasil, principalmente por ser mentor de vários famosos


Igreja afasta Davi Passamani por assédio e ameaça processar vítima que o denunciou

Segundo o comunicado, a igreja já sabia das acusações e Passamani já está afastado há semanas, de suas funções eclesiásticas na igreja.


A “Casa” caiu: Pastor Davi Passamani é denunciado por assédio sexual

Uma médica veterinária que frequentava a igreja diz ter provas do assédio


O Sinal do Fim dos Tempos: Agenor Duque mostra o que está acontecendo além da pandemia

O que está por vir é bem maior e mais assustador que essa pandemia do coronavírus