Alessandro Vilas Boas leva repreensão de pastor no palco por causa de tatuagem

O cantor ficou conhecido no país inteiro por interpretar a canção "Eu Quero Conhecer Jesus"


1 mês atrás | Caio Rangel



Alessandro Vilas Boas (Reprodução)

O pastor e cantor gospel Alessandro Vilas Boas passou por um grande constrangimento durante a sua apresentação em um evento chamado Jovens Fortes.

Enquanto ministrava, um pastor subiu no palco e interrompeu o cantor por causas de suas tatuagens. O pastor se apoderou do microfone e disse que as tatuagens do músico haviam sido feitas quando ele estava longe de Jesus, e não era para estimular os jovens.

+ Cristo foi representado na Sapucaí? O que dizem os pastores

O episódio aconteceu durante a semana de carnaval em Goiás, na Goiânia Arena, em um evento promovido  pela União de mocidade das Assembleias de Deus do Estado de Goiás (UMADEGO).

O evento é um dos maiores do Brasil, e acontece anualmente durante o período do carnaval. A programação conta com vários cantores e pregadores do país.

O vídeo da repreensão foi publicado nas redes sociais e acabou viralizando. O músico no entanto, não revidou a provocação do pastor, e continuou a cantar normalmente.

+ Malu Mader afirma que as igrejas evangélicas estão prejudicando a cultura

Alguns famosos manifestaram apoio a Alessandro Vilas Boas nas redes sociais.

“Vergonha alheia, e olha que sou da ‘bleia’. Totalmente desnecessário”,  declarou o humorista Vini Rodrigues.

“Já passei por isso alguns anos atrás quando o auditório começava a bater palmas e assobiar comigo ministrando. Alguns pastores chegaram a tirar o microfone da minha mão para brigar com os jovens”, escreveu Soraya Moraes.

Os organizadores também se pronunciaram e se retrataram.

“Sentimos muito pelo ocorrido. O pastor que veio a falar isso para o nosso amigo é um pastor de costumes mais antigos. Tanto no palco, quanto nos bastidores, falamos com o Alessandro e pedimos perdão pelo ocorrido. O mesmo nos disse que está tudo tranquilo. É um assunto isolado de costumes do próprio pastor. Tentamos impedir, mas foi tarde demais. Assistam ao vídeo na íntegra de todo o congresso e verão que foi um assunto isolado e que no palco durante a programação nos retratamos”, declararam os organizadores.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por O Fuxico Gospel (@fuxicogospel) em




publicidade

Mais artigos

Fiel denuncia Assembleia de Deus e diz que igreja só está preocupada com o dízimo

Segundo a mulher as igrejas estão abertas apenas para receber os dízimos, sem prestar nenhuma ajuda social ou espiritual


Apóstolo Luiz Hermínio faz apelo ao presidente Bolsonaro

O pedido foi realizado através do culto on-line transmitido em suas redes sociais


Daciolo lança profecia assustadora contra pastores e líderes evangélicos

A profecia surpreendeu os internautas e calou o mundo gospel


Malafaia cumpre promessa, detona Paulo Junior, e ainda faz desafio

Malafaia acusou Paulo Junior de ter dado um golpe em outro pastor para tomar a igreja, e desafiou ele a entrar com uma ação na Justiça


Anderson Silva surta em live e xinga internauta: “[email protected], zé roela”

O pastor ainda prometeu agredir fisicamente o seguidor que discordou com o seu discurso


Urgente: Malafaia prepara vingança contra Paulo Junior: “Hoje a casa dele vai cair”

Malafaia prometeu desmascarar o pastor em um vídeo que será publicado ainda hoje


Anderson Silva insinua que existem denúncias de assédio sexual contra Tiago Brunet

O pastor e coach Tiago Brunet é muito conhecido no Brasil, principalmente por ser mentor de vários famosos


Igreja afasta Davi Passamani por assédio e ameaça processar vítima que o denunciou

Segundo o comunicado, a igreja já sabia das acusações e Passamani já está afastado há semanas, de suas funções eclesiásticas na igreja.


A “Casa” caiu: Pastor Davi Passamani é denunciado por assédio sexual

Uma médica veterinária que frequentava a igreja diz ter provas do assédio


O Sinal do Fim dos Tempos: Agenor Duque mostra o que está acontecendo além da pandemia

O que está por vir é bem maior e mais assustador que essa pandemia do coronavírus