Fernanda Brum “bate boca” com diretor da Sony gospel

A dona Brum não gostou muito do que Mauricio escreveu, e revidou


3 semanas atrás | Micael Batista



Fernanda Brum (Reprodução)

A cantora gospel Fernanda Brum respondeu um post do diretor da Sony Music Gospel, Mauricio Sores, no Instagram.

O capitão da Sony publicou que tanto artistas novos como os que já estão na estrada a mais tempo, estão todos zerados, se referindo ao streaming.

Por se tratar de uma nova tecnologia, é um admirável mundo novo para todos os artistas.

Mauricio postou a seguinte imagem no na rede social:

Ele escreveu “O atual momento da música é absurdamente “democrático” dando chance a artistas iniciantes de rapidamente tornarem-se relevantes. Os artistas históricos que antes seguiam em ritmo de cruzeiro, agora precisam arregaçar as mangas e trabalhar muito! Acabou a moleza!”

A dona Brum não gostou muito do que Mauricio escreveu, e revidou;




publicidade

Mais artigos

Henrique Viera defende que a Mangueira irá apresentar o verdadeiro Jesus

O suposto pastor insinua que os evangélicos usam o nome de Cristo para estimular o ódio


Atentado terrorista a igreja evangélica mata 24 pessoas em Burkina Faso

De acordo com as informações, cerca de 18 pessoas também ficaram feridas no ataque


Urgente: Cantor Alisson Santos é vítima de crime virtual

O cantor utilizou as suas redes sociais para denunciar o golpe e alertar pastores e empresários


Com câncer, Ludmila Ferber se irrita com comentário sobre sua aparência

A cantora disse que sabe quando o Senhor vai consolidar a sua cura


Flordelis relembra morte do Anderson do Carmo e faz nova revelação

Nesse domingo completaram exatos oito meses que o pastor Anderson do Carmo foi assassinado


Justiça nega indenização de R$ 1 bilhão pedida por igreja evangélica ao Porta dos Fundos

A juíza Nathalia Magluta, da 5ª Vara Cível do Rio, rejeitou o pedido e citou o direito à liberdade de expressão


Pastor afirma que Gugu Liberato está no inferno e causa polêmica

A declaração se deu por conta da aparição de um suposto namorado do apresentador


“Marcha para Satanás” acontece em BH com protesto a favor do Estado Laico

O evento pretende usar blasfêmia em nome do combate à intolerância


Pastor da Igreja Universal é pego no flagra furtando o dízimo da tesouraria

O artigo 155 do Código Penal Brasileiro prevê prisão de dois a oito anos para quem comete algum tipo de furto


Igreja evangélica que deve R$ 144,3 milhões à União terá a presença de Bolsonaro em evento

Esse é o segundo evento evangélico que o presidente participa em uma semana