Pastores repudiam atitude de Márcio Poncio após celebrar casamento gay

Márcio Poncio é pastor da Igreja Pentecostal Anabatista, e celebrou o casamento entre dois homens na última quarta 20


3 semanas atrás | Caio Rangel



Pastor Márcio Poncio (Reprodução)

Nessa quarta-feira(20), o pastor Márcio Pôncio casou polêmica ao realizou o primeiro casamento gay de sua igreja. Márcio é líder da Igreja Pentecostal Anabatista e celebrou a união dos jovens Geraldo Segreto e Hugo Juliani.

“Hoje terei a honra de celebrar o primeiro casamento entre duas pessoas do mesmo sexo na minha vida. Estou muito feliz, me sinto honrado, me sinto em paz. Sei que ainda é um obstáculo, mas pelo amor iremos deixar as diferenças de lado e vamos perceber que sempre fomos um no outro e seremos sempre”, escreveu em suas redes sociais.

+ Igreja evangélica pentecostal realiza primeiro casamento gay

As palavras e a atitude do pastor provocaram uma reação de total desaprovação da comunidade gospel, e alguns pastores e pregadores se manifestaram sobre o ocorrido.

O cantor e Pr. Lucas, da Comunidade Evangélica Vida no Altar, foi um dos que se manifestou.

“A pessoa do Amor é o próprio padrão ou modelo do Amar, logo, se eu entender quem Deus é, saberei o que Ele aprova e o que não aprova. Sinto muito pela atitude do “pastor” Márcio. O Amor (Deus) jamais concordaria com um matrimônio entre pessoas do mesmo sexo”.

Outro que também se manifestou foi o pastor Renato Vargens, da Igreja Cristã da Aliança.

“O casamento é monogâmico, visto que acontece entre duas pessoas, é heterossexual, visto que as Escrituras dizem que o homem deixa seus genitores e se une a sua mulher, e é monossomático, pois ambos se tornam uma só carne. Fundamentados nessa premissa bíblica. O texto de Gênesis 2:24, numa tacada só, desconstrói os pressupostos daqueles que defendem uniões poliafetivas e homossexuais”, explicou.

Pastor Josué Valandro, que é líder da a Igreja Batista Atitude, que a primeira dama Michelle Bolsonaro faz parte, também emitiu sua opinião sobre o assunto. Ele afirmou que “temos que amar todas as pessoas”, mas que é preciso trabalhar para agradar a Deus acima de todos.

“Temos que amar todas as pessoas. No entanto, amar as pessoas independentemente do que elas vivem em suas vidas não significa adulterar o que as Escrituras defendem. Quando lemos o que está em Coríntios, Romanos e tantos textos fica muito nítido que nós não devemos ter essa posição de apoiar o casamento homossexual. Quando eu vejo uma igreja apoiando essa decisão, eu discordo completamente de suas posições e acho que isso não agrada a Deus, mas ao Diabo”, declarou.

 




publicidade

Mais artigos

Pastor Marco Feliciano é expulso do partido acusado de corrupção e assédio

Feliciano também é acusado de ter gasto R$ 157 mil do dinheiro público para fazer um tratamento odontológico


Márcio Poncio vai de “mal a pior”, veja o histórico do pastor em 2019

Evangélicos mais conservadores não concordam com as atitudes do pastor da Igreja Pentecostal Anabatista


Deputado Abílio rebate Carlos Martins: “anônimo desinformado que quer aparecer”

Abílio afirmou que Martins faltou com respeito e se mostrou desinformado sobre o cristianismo


Saiba quais foram os cantores gospel mais ouvidos no Spotify em 2019

A lista é contém veteranos e contemporâneos, e prova que nem sem o que está na moda é o que se consome mais


Pastor é preso após manter esposa em cárcere privado

O homem teria proibido a esposa de se comunicar com a família, usar o celular, a agredia fisicamente e passou a proibi-la de sair de casa.


Deputado-pastor quer o fim de motéis em áreas urbanas

Pastor Eurico afirma que os estabelecimentos dedicados ao sexo ferem o princípio da moral e dos bons costumes


Com doença grave, Mara Lima canta em praça pública no dia da Bíblia

Ela publicou um trecho de sua participação em suas redes sociais, e foi extremamente elogiada por seguir firme, apesar das dificuldades.


Samuel Mariano afirma que não irá parar de fazer shows para pastorear ADBrás JP

Samuel Mariano irá tomar posse como pastor presidente da ADBrás João Pessoal no próximo dia 10 de dezembro


Saiba porque processo sobre a morte de Anderson do Carmo está parado há um mês

Todas as testemunhas já foram ouvidas, mas ainda falta o depoimento da própria Flordelis


Pastores questionam consagração de Samuel Mariano

O cantor gospel será presidente da Assembleia de Deus em João Pessoa, na Paraíba