Sarah Sheeva chama evangélicos de “estragados” e é bombardeada na web

A pastora acabou discutindo com alguns dos seus seguidores no Instagram


5 meses atrás | Caio Rangel



Sarah Sheeva (Reprodução)

A pastora Sarah Sheeva mais uma vez surpreendeu seus seguidores em uma de suas publicações. Com uma declaração polêmica publicada em seu Instagram na última segunda-feira (7), Sarah acabou irritando a maioria dos seus seguidores.

Apesar de não generalizar, Sarah acabou classificando alguns evangélicos como “estragado”, ela escreveu:

“Discipular um “crente-estragado” é pior do que discipular um ímpio

O crente-estragado é aquele que está frequentando várias igrejas há anos, pula de igreja em igreja, e não se sujeita ao tratamento, NÃO MUDA. Por que? Porque o problema desse crente não é espiritual, é um problema de caráter, ele tem um mau caráter.
O caráter fica na alma (mente) e não no espírito. É por isso que uma pessoa pode ser usada por Deus, mas ao mesmo tempo, pode ser reprovada por Deus e barrada no céu! (Mt 7.21-23). Ser usado por Deus NÃO significa ser aprovado por Ele, porque alma e espírito são coisas diferentes. Há crentes que são falsos-crentes, rebeldes, insubmissos à Deus e às autoridades, esses são o pior tipo de gente que pode entrar numa igreja (ou na sua vida!).
FUJA DESSE TIPO DE GENTE, principalmente para relacionamento! São pessoas totalmente corrompidas no próprio caráter, pessoas que não conseguem ser fiéis NEM A DEUS, quanto mais a uma outra pessoa… #vigia e não seja um desses! Mude, aceite o tratamento de Deus na sua vida, e não seja um “crente-estragado”

Além disso, ela disse em um vídeo que o crente estragado é pior que o ímpio, e que ele está com os dois pés na boca do Inferno.

+ Nívea Soares fala sobre novo livro e possível procedimento estético

Ela também afirmou que era melhor cuidar de uma pessoa que vem do mundo, do que um crente “estragado”.

As declarações da pastora acabou desencadeando uma série de comentários contrários ao seu ponto de vista, fazendo com que ela discutisse com alguns seguidores.

“Gente não consegui nem acabar de escutar uma ESTUPIDEZ dessa! Da arrepio saber que ainda tem gente sujando a boca falando do amor de Deus e dizendo ser “pastora” e ter a coragem de chamar alguém de estragado! Que repúdio de gente como vc. Que coração é esse? Quer ser como Jesus e esquece que ele veio pra mais “estragado” que vc! É por essas e outras que muitas denominações nem precisam abrir a portinha quente”. Disse uma seguidora.




publicidade

Mais artigos

Pastor defende que não é errado cobrar por eventos na igreja

O pastor gravou um vídeo e esclareceu sobre um dos assuntos mais polêmicos do segmento evangélico


Nasce filha da cantora gospel Bruna Karla

A cantora já é mãe do pequeno Benjamin que tem apenas 6 anos


Youtuber gospel desmascara braço direito do apóstolo Valdemiro Santiago

O youtuber André Carpano apresentou um dossiê autamente comprometedor do bispo Josivaldo Batista


Alessandro Vilas Boas manda recado para pastor que criticou suas tatuagens

O cantor foi repreendido por um pastor durante um evento que aconteceu na Goiânia Arena em GO


Você viu? Malafaia criou escola de samba “gospel” para evangelizar no carnaval

O pastor chamou os críticos de fariseus e hipócritas e disse: "O pecador vale mais do que a tua língua, e a tua religiosidade"


Alessandro Vilas Boas leva repreensão de pastor no palco por causa de tatuagem

O cantor ficou conhecido no país inteiro por interpretar a canção "Eu Quero Conhecer Jesus"


“Ela é desviada”, alega pastor que mandou foto do pênis para mulher

O pastor admitiu a queda mas tentou jogar a culpa do seu erro na mulher que está afastada da igreja


Marco Feliciano detona pastor que desfilou na Mangueira

O pastor também afirmou que Jesus se conecta a trans, indígenas e mulheres


Cristo foi representado na Sapucaí? O que dizem os pastores

A escola de samba Mangueira levou a história de Jesus do seu "modo" para Sapucaí


Malu Mader afirma que as igrejas evangélicas estão prejudicando a cultura

A declaração da atriz acabou revoltando a maioria dos evangélicos que definiram como intolerante