Justiça condena Universal a pagar R$ 200 mil a ex-pastor por força-lo a fazer Vasectomia

O autor que moveu a ação contra a Universal relatou que trabalhou na igreja por cerca de seis anos


5 meses atrás | Caio Rangel



Igreja-Universal-(Reprodução)

A Justiça do Trabalho do Rio de Janeiro condenou a Igreja Universal do Reino de Deus a pagar R$ 200 mil de indenização a um pastor que foi induzido a fazer vasectomia para poder ser consagrado ao ministério pastoral.

O ex-pastor que moveu a ação contra a Universal relatou que trabalhou na igreja por cerca de seis anos. Ele também ressaltou que não a carteira registrada, e foi dispensado sem motivo justo.

De acordo com ele, antes de sua consagração, foi preciso passar por uma rigorosa avaliação moral, financeira, e ainda teve se submeter a uma vasectomia, mesmo sendo solteiro e tendo apenas 28 anos de idade.

+ Henrique Cerqueira, compositor gospel e secular fará show em Salvador

Em sua defesa, a IURD declarou que o ex-pastor foi ungido aos 22 anos, e que só operou aos 28. Também afirmou que o ministério pastoral é por vocação, não tem vínculo empregatício.

Duas testemunhas foram chamadas pelo ex-pastor e uma pela denominação. Uma delas afirmou que a igreja além de orientar os pastores a passarem pela vasectomia, ainda pune aqueles que se negam a fazer o procedimento, reduzindo a possibilidade de promoção ou transferindo o pastor para um local indesejado.

A juíza do Trabalho Glaucia Alves Gomes, atualmente titular da 7ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro (VT/RJ), em exercício na 71ª VT/RJ, entendeu que incentivo à realização de esterilização é inaceitável e que viola princípios básicos de qualquer ser humano.

A juíza também reconheceu o vínculo empregatício do pastor com a denominação, condenando a instituição a pagar as verbas devidas.

+ Intolerância? Evangélico tem casa incendiada enquanto estava na igreja

Em abril desse ano o Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo (TRT-2) condenou a igreja de Edir Macedo em segunda instância a pagar indenização de R$ 115 mil ao ex-pastor Clarindo de Oliveira. Entretanto, a Igreja Universal do Reino de Deus ainda está tentando recorrer da condenação.

De acordo com a Folha de São Paulo, a igreja acumula na Justiça ações de pastores que foram forçados ou pressionados a fazer vasectomia.




publicidade

Mais artigos

Mattos Nascimento chora e manda importante recado para Adeildo Costa

O cantor gospel se comoveu com a situação do pastor e disse que acredita que ele dará a volta por cima


Pastor morre em grave acidente durante viagem para evangelizar o Sertão Nordestino

Um grupo de evangélicos com 45 pessoas  saiu de  Araçariguama (SP), com destino a Exu (PE)


Celular de Anderson do Carmo foi ligado em Brasília na casa de delegado federal

Em Brasília foi inserido um chip que está em nome de um pastor


Vídeo: Pastor Adeildo Costa confessa abuso de drogas e pede ajuda

Lamentando pela família que perdeu, Adeildo pede ajuda e diz que vai iniciar um tratamento


Abílio Santana repudia ataque de feministas a igreja evangélica na Alemanha

O grupo é autor de vários ataques a igrejas evangélicas no país europeu


De brinco, Jotta A chama atenção dos internautas e gera polêmica

O cantor insinuou que esse será o seu novo visual para 2020


Yvelise é intimada no caso Flordelis, saiba mais

Yvelise irá prestar esclarecimentos sobre o telefone celular do pastor Anderson do Carmo


Fim da mentira: Primeiro marido de Bianca Toledo abre o jogo e revela verdade

‘Ela me traiu grávida do meu filho’, disse ele em uma entrevista exclusiva onde conta detalhes sobre relação com ex-esposa


Dono da MK quebra o silêncio sobre envolvimento da esposa no caso Flordelis

O senador repudiou a matéria do O Globo e disse estar sendo atacado politicamente


Vídeo: Cantora gospel é flagrada espancando a sogra

Lucimara é cantora gospel e missionária