Pastores não podem mais pregar que homossexualismo é pecado, saiba porque

O projeto busca calar a voz da autoridade bíblica, que condena essa prática, entre outras


2 meses atrás | Caio Rangel



Imagem ilustrativa (Reprodução-internet)

Agora não pode mais pregar contra o homossexualismo, nem tão pouco condenar tal conduta de acordo com as Escrituras Sagradas. Um projeto busca calar a voz da autoridade bíblica, que condena essa prática, entre outras.

A Assembléia do Estado da Califórnia aprovou uma resolução que exige que os pastores reconheçam e aceitem a vida homossexual.

Aprovado pelo deputado Evan Low e outros trinta parlamentares, a nova regra pretende impor aos líderes religiosos da Califórnia o que eles devem pregar em seus púlpitos.

+ Samuel Santos esclarece acidente envolvendo seu irmão Daniel

Portanto a medida só foi aprovada esta semana,  graças à ajuda de Kevin Mannoia, capelão da Universidade de Azusa Pacífico e ex-diretor da Associação Nacional de Evangélicos.

Entretanto, cerca de 30 médicos, conselheiros, ex-homossexuais e outros líderes cristãos assinaram uma carta condenando a resolução, que, segundo eles, viola a liberdade religiosa.

Roger Gannam, vice-presidente de assuntos jurídicos da Liberty Counsel, lamentou que alguns líderes evangélicos relativizaram as Escrituras, e explicou.

+ André Valadão celebra casamento de Alexandre Pato e Rebeca Abravanel em cerimônia reservada

“Ele culpa a igreja e os líderes religiosos pelas altas taxas de suicídio entre os que se identificam como LGBT”, disse ele. “Isso é simplesmente uma afirmação falsa. Não pode ser apoiado empiricamente e, no entanto, esta resolução estabelece-a como se fosse um fato”.

“É um prenúncio de coisas piores que estão por vir”, disse ele.

No Brasil pastores e líderes religiosos estão preocupados com a decisão do STF

No Brasil, apesar de isentar religiosos que pregam contra a prática homossexual, a decisão do Supremo de aplicar a lei antirracismo para penalizar a homofobia ainda preocupa pastores e padres que se recusam a celebrar casamentos gays.

Isso porque a lei contra o racismo pune com 2 a 4 anos de prisão quem “impedir ou obstar, por qualquer meio ou forma, o casamento ou convivência familiar e social”.

A decisão do STF diz que a repressão penal não alcançará os religiosos nos atos de “pregar”, “divulgar”, “ensinar” contra a homossexualidade, bem como “buscar e conquistar prosélitos” ou “praticar os atos de culto e respectiva liturgia” com base nesse discurso.




publicidade

Mais artigos

Pastor Silas Malafaia fará novas críticas a sites e blogs evangélicos durante seu programa evangelístico Vitória em Cristo

O programa falará da história e ministério do Pastor Silas Malafaia junto à Associação Vitória em Cristo.


Chris Durán conta como se tornou pastor em programa da Band

Chris Durán participou do quadro “Intimidade”, do programa “Muito+”, na Band, e testemunhou sobre a sua conversão.


Fala malafaia terá mesa redonda com grandes nomes do meio evangélico

O programa Fala Malafaia, comandado pelo pastor Silas Malafaia, que será exibido neste domingo (20)


Marcha para Jesus levará multidão às ruas do Rio neste sábado

A Marcha para Jesus Rio 2012 iniciará às 14h do próximo sábado (19), com saída da Central do Brasil.


Vídeo: pastor esclarece polêmica com travesti durante culto

O pastor foi ridicularizado durante um culto, depois que um travesti entrou na igreja cobrando um suposto programa que teria feito.


Pastor é detido depois de destruir celular de Youtuber no Gideões

O líder religioso já possui passagens pela polícia, mesmo envolvido em diversas encrencas o pastor ainda faz palestras no congresso


Revelação! Priscilla Alcantara e Bruna Marquezine são mais que amigas: Saiba tudo!

Priscilla Alcantara se tornou uma discipuladora da atriz. Elas costumam orar e ler a bíblia juntas e até já saíram em viagem missionária pela África.


Indignado, Marco Feliciano faz duras críticas a Rede Globo

A crítica é a nova novela que trará a reprodução de um relacionamento homoafetivo de dois homens que são tidos como galãs


Bruna Karla anuncia novidade em seu ministério e fãs comemoram

Bruna Karla canta desde os 3 anos de idade, e é uma das principais cantoras gospel da atualidade


De luto, Shirley Carvalhaes cai no choro e desabafa; “vou sentir falta dele”

Shirley Carvalhaes lamentou a morte de um dos seus maiores fãs, através de um post no Instagram