ONU define data em menção ao aumento da violência religiosa

A ONU proclama 22 de agosto como Dia Internacional das Vítimas de Atos de Violência Baseada na Religião ou Crença


Publicado em: 04/06/19 às 14:14 por Redação | Atualizado em 04/06/2019 às 14:14



ONU (Reprodução)

A Assembleia Geral da ONU reconheceu a violência e perseguição religiosa que ocorrem em diversos países ao designar o dia 22 de agosto como a data internacional para homenagear as vítimas de atos de violência baseada na religião ou crença.

A resolução foi copatrocinada pelo Brasil junto com Canadá, Estados Unidos, Polônia, Egito, Iraque, Jordânia, Nigéria e Paquistão. Logo depois, foi adotada por consenso pelos 193 membros da entidade na última terça-feira (24).

+ Adolescente é agredida em terminal por pregar a palavra de Deus

O documento diz lastimar “todos os atos de violência contra pessoas com base em sua religião ou crença. Bem como quaisquer atos dirigidos contra os seus lares; empresas; propriedades; escolas; centros culturais ou locais de culto; além dos ataques contra ou em lugares religiosos, locais e santuários que violam o direito internacional ”.

Conforme a resolução, “o terrorismo e o extremismo violento em todas as suas formas e manifestações não podem e não devem estar associados a nenhuma religião, nacionalidade, civilização ou grupo étnico”.

Combate crimes de ódio relacionados à religião

O documento enfatiza que “liberdade de religião ou crença, liberdade de opinião e expressão, direito à reunião pacífica e direito à liberdade de associação são interdependentes, inter-relacionados e reforçam-se mutuamente, e salientar o papel que esses direitos podem desempenhar na luta contra todas as formas de intolerância e discriminação com base na religião ou crença”.

O Dia Internacional terá como objetivo “homenagear as vítimas e os sobreviventes que muitas vezes permanecem esquecidos”, disse o ministro das Relações Exteriores da Polônia, Jacek Czaputowicz.

Ele relembrou a onda de ataques nos últimos meses, inclusive em mesquitas em Christchurch, na Nova Zelândia. Além disso, falou sobre o alvejamento de cristãos no Sri Lanka durante o domingo de Páscoa.




publicidade

Mais artigos

Flordelis pode ser presa, será mesmo?

Em um vídeo publicado pelo canal Politizando, fica claro que Flordelis ainda não foi indiciada, e isso pode dar pistas do seu futuro


Flordelis reage a depoimento do filho e abre o jogo

A cantora gospel resolveu publicar uma nota de esclarecimento e explicar o que é verdade ou não nos depoimentos


Polícia confirma: Mensagem que pedia a morte de Anderson foi escrita por Flordelis

A casa caiu, e finalmente o quebra-cabeça está sendo montado


Flordelis foi “mentora intelectual” da morte do pastor, revela filho

O filho adotivo Misael contou em um depoimento que comprometeu ainda mais a cantora gospel


Homem tenta invadir igreja e é baleado por segurança do templo

O suspeito mencionou que iria sacar uma arma e acabou sendo baleado


Profecia diz que três pastores “poderosos” irão morrer em queda de avião

O pastor também profetiza que sete cantoras gospel também irão descer a sepultura


Igreja Universal lançará seu próprio banco digital

O investimento irá render R$ 32 milhões de reais ao mês para igreja


Flordelis sabia de tudo! diz filha que encomendou morte do pastor

O crime havia sido premeditado três meses antes da morte do pastor, que foi assassinado com 30 tiros


Pastor extremamente conservador é preso por abuso contra menor

O pastor foi acusado de tentar abusar sexualmente de um jovem de 16 anos


Urgente! Anderson do Carmo abusava sexualmente da neta, segundo Flordelis

A informação foi passada por uma filha do casal em depoimento à polícia civil