Igreja evangélica proíbe membros de ver TV, cortar cabelo e usar barba

A resolução proíbe a todos os membros de assistirem televisão, praticar qualquer tipo de jogo e até de usar bateria nos cultos


Publicado em: 05/06/19 às 10:09 por Caio Rangel | Atualizado em 05/06/2019 às 10:57

Pastor Sebastião Rodrigues de Souza (Reprodução)

A maioria das igrejas pentecostais no início dos anos 80, tinham uma espécie de código de vestimenta e conduta. No entanto, as mulheres eram proibidas de usarem calças e cosméticos, assim como o uso de barba para os homens.

Portanto, a Convenção dos Ministros e das Assembleias de Deus no Estado do Mato Grosso divulgou uma resolução da Mesa Diretora enumerada 04/2019 para reafirmar sua posição doutrinária acerca de usos e costumes. A tal resolução estipula diversas proibições aos membros da denominação.

A (COMADEMAT), é presidida pelo pastor Sebastião Rodrigues de Souza, e ele decidiu resgatar essa rigidez doutrinária.

+ Mãe de Neymar pede para que filho volte para Jesus

Sob o mesmo ponto de vista fica proibido para as mulheres usarem o que se identificou como “trajes masculinos”: roupas curtas e/ou transparentes, decotes chamativos, maquiagem, sobrancelhas desenhadas e até o corte de cabelo.

Contudo, para os homens a lista ainda é mais extensa. As proibições abrangem o cabelo comprido ou cortes chamativos, camisas regatas, bermudas, shorts, barba e/ou cavanhaque, brinco e piercing. A informação é  do portal JM Notícia.

Semelhantemente, a resolução proíbe a todos os membros de assistirem televisão. Assim como, praticar qualquer tipo de jogo (desde videogames até futebol) ,“divertimentos mundanos” (como ir ao cinema, por exemplo) e até o uso de bateria nos cultos das congregações da COMADEMAT.

Desse modo, o pastor argumenta que as proibições ligadas aos usos e costumes constantes da resolução.

+ Missionário sofre atentado após radicais atearem fogo em seu corpo

“são princípios estabelecidos como doutrina na Palavra de Deus, e conservados como costumes desde de o início desta obra no Brasil”,  explicou o pastor

Pastor Sebastião Rodrigues de Souza, é presidente da COMADEMAT. Além disso , é o atual 1º vice-presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB).




Aniversariante do mês
Álvaro Tito

Cantor

53 anos


publicidade

Mais artigos

Pastor Hueslen lamenta morte de entes familiares e comove internautas

Os dois filhos dos primos do pastor Hueslen Santos morreram afogados logo depois de um momento de descuido dos responsáveis


Escândalo envolvendo igreja evangélica ainda repercute no exterior

Naasón Joaquín García, foi preso no aeroporto de Los Angeles sob acusação de tráfico de pessoas, pornografia infantil e abuso de menores


Quatro fatos intrigantes sobre o assassinato do pastor Anderson do Carmo

Pouca coisa foi esclarecida diante das perguntas que ainda hoje permanecem sem respostas


Sarah Farias explica cancelamento de agenda e pede perdão à igreja

Os seguidores elogiaram a atitude da cantora, e deixaram muitas mensagens de apoio


Violência: Pastor é assassinado a tiros em frente a igreja

O pastor foi socorrido por vizinhos e levado para a UPA de Serra Sede, mas não resistiu e morreu antes de receber atendimento


Teto de igreja evangélica desaba após incêndio e pastor se desespera

De acordo com a Polícia Militar, um curto circuito pode ter causado o incêndio


Irmãos suspeitos de matar pastor se entregam à polícia

Os suspeitos estavam foragidos e com mandado de prisão em aberto após serem indiciados pela morte do pastor evangélico Edenilton Félix


Nesta segunda Flordelis prestará depoimento à polícia sobre morte do marido

Flordelis também pretende conceber uma entrevista coletiva aos jornalistas na próxima terça-feira 25


Segundo a polícia, cenário macabro foi encontrado na casa de Flordelis, saiba mais

Todas as pessoas que estavam na casa no dia do crime estão sendo investigadas


Flordelis quebra o silêncio, critica a polícia, e detalhe chama a atenção

Uma semana após o assassinato do pastor Anderson do Carmo a cantora desabafa nas redes sociais