Jovem se converte ao cristianismo e sofre perseguição religiosa

O jovem chegou a ser espancado dentro de sua própria casa, e foi proibido de ir para igreja


4 meses atrás | Micael Batista



Jovem (Imagem Ilustrativa)

Os lugares que possuem maior nível de intolerância religiosa, acaba sendo mais difícil para as pessoas converterem seus corações. Diante disso, um jovem que vive na Turquia deu seu testemunho e ilustrou muito bem a dificuldade encontrada por muitos.

+A incrível resposta de Leonardo Gonçalves ao ser questionado sobre novo divórcio

Conhecido como Omer, ele disse que desde criança sempre quis conhecer todas as denominações. Dessa forma, ele relatou que quando saiu para visitar algumas igrejas, entrou em um templo evangélico, lá, ele sentiu algo diferente. Ao sentir algo especial, ele logo ficou impactado e caiu no chão em oração.

Eu sou da Turquia e não venho de uma família cristã. Desde cedo comecei a investigar diferentes religiões. Eu me lembro quando meu pai me levou para passear. Por alguma razão, ele me levou para uma igreja… não sei por quê”, Falou ele.

Omer e os desafios cristãos

O rapaz disse que na ocasião sentiu Jesus diante dele. No momento ele estava lendo a bíblia, com isso, ao sentir a presença, instantaneamente caiu no chão e declarou que acreditava em Cristo.

A partir disso então, ele teve que enfrentar seus pais, porque eles não eram convertidos. Ele pela primeira vez pôde sentir o que de fato era uma perseguição religiosa.

Omer, relatou que apresentou sua situação para Cristo. Ao fazer essa apresentação, ele pediu para que Deus fizesse com que sua mãe descobrisse e, com uma cruz em seu pescoço, o garoto na época, foi flagrado, e sua mãe ficou muito decepcionada.

+Morre irmão de uma das maiores cantoras gospel do Brasil

Após a decepção de sua mãe, o pai do garoto acabou batendo nele e colocando-o de castigo. Além disso o proibiram de ir para igreja.

Tempo depois ele conseguiu ser acompanhado por um pastor que o aconselhou sobre o caso. Atualmente, seus pais não são convertidos, mas ele continua seguindo o evangelho. Com isso, hoje em dia, ele serve de testemunho para pessoas que enfrentam esse mesmo tipo de situação.