Damares Alves propõe fazer projeto de lei e dá oportunidade a travestis

Visando ter uma sociedade inclusiva que não possua nenhum tipo de preconceito, a ministra da mulher propôs fazer o inverso do que diziam sobre esse governo


5 meses atrás | Micael Batista



Damares Alves e a sociedade LGBT (REPRODUÇÃO)

Visando ter uma sociedade sem preconceitos e que todos sejam inclusos, a Ministra da Mulher e dos Direitos Humanos, Damares Alves, propôs um projeto voltado para os travestis.

+Igreja Cristã Contemporânea ganha sede própria e abala internet

No entanto, a realização desse projeto poderá abolir o preconceito contra essas pessoas. Além disso dará oportunidade a toda essa sociedade.

Posicionamento da igreja em relação a essa causa

Contudo, esse projeto acaba se tornando um choque para os fiéis, porque Damares é uma líder religiosa e ministra da palavra. Por outro lado, ela apenas está fazendo o seu serviço, dando oportunidade para muitos deles que porventura precisam.

Porém, o seu argumento que defende esta causa é a que contraria a hipótese na qual afirmava que o atual governo seria contra a sociedade LGBT.

+Urgente! Fernanda Brum é “barrada” em vários países e lamenta na web

“Este é o Governo que disseram que iria perseguir a comunidade LGBTI. Estamos trabalhando para TODOS!!! Gerando empregos, oportunidades e EQUIDADE de direitos!!”, falou Damares.

Segundo o seu relato, Damares possui uma visão de tirar essas pessoas (mesmo erradas) da rua. Esta, é visualizada quando a própria encontra e/ou vê os próprios travestis trabalhando de forma ilegal, pelo simples fato de não possuir oportunidades aceitáveis que respeitem sua orientação sexual.

O que a pastora está fazendo é apenas a prática do que ela prega. Damares, está praticando o amor e dando oportunidades para que absolutamente todas as pessoas tenham oportunidades iguais.

+Joelma participa do “Tamanho Família” e demonstra nova fase de vida

“Muitos travestis estão nas ruas, não por opção, mas por não terem a oportunidade de estudar ou de buscar a capacitação profissional. É uma população que precisa de nosso carinho.” Falou Damares em seu relato.

Já em síntese, um seguidor questionou se isso seria apenas um tapa buraco – para quem não sabe, a revista Veja divulgou uma informação fake, que informou sobre a saída da ministra do governo. Em resposta ao questionamento, Damares enfatizou dizendo que não precisava mentir, e que esse projeto já estava sendo iniciado.

“Vamos lutar para que elas tenham acesso ao trabalho, sem nenhum preconceito”, garantiu a ministra.




publicidade

Mais artigos

Filhos de Flordelis “batem boca” com policiais durante reconstituição

Além de Flordelis, outras 13 pessoas participam da reconstituição


Ouriel de Jesus fecha as portas para o Gideões e cúpula entra em desespero

O presidente do Gideões foi até Boston-EUA destituir o pastor Divoncir de Jesus do cargo, após o rompimento


Urgente! Igreja Batista da Lagoinha de luto

A igreja comunicou o falecimento da pastora Deyse Mara Valadão, nesta sexta-feira (20).


Reconstituição do crime: Quatro filhos incriminam Flordelis

A reconstituição do assassinato do pastor Anderson do Carmo foi marcada para este sábado 21


Felipe Neto publica vídeo insultando fiéis católicos

O youtuber a cada dia tem demonstrado ser uma má influencia para as crianças


Cantora gospel Gabriela Gomes leva bronca de pastor por insultar a igreja

O vídeo é da Conferência UJA que aconteceu nos dias 14 a 16 de setembro


A verdade sobre o namorado de Isadora Pompeo

Fomos mais a fundo para descobrir o início da sua carreira, quando a empresa surgiu e o que realmente ele faz.


Deputado federal não evangélico “consagra” primo a pastor e poderá abrir igreja

O jovem há poucos meses atrás cantava música secular em bares e casas de shows


Conheça o Viraliza Gospel, o primeiro festival de música totalmente gratuito da web

Essa é a grande oportunidade para quem tem talento mas não sabe como se lançar no mercado


Conheça o novo “amor” de Magno Malta

Ela é uma paixão antiga, e atualmente tem se tornado fiel companheira do ex-senador