Crente nutella: Simone se afasta da igreja e foca na carreira

Depois da última vez que Simone apareceu na ADalpha, nunca mais foi vista em nenhuma congregação, o que realmente influencia para um definitivo afastamento


Publicado em: 09/04/19 às 7:04 por Junior Moura | Atualizado em 09/04/2019 às 7:04

Simone se afasta definitivamente de Deus (REPRODUÇÃO)

A cantora Simonedesde a sua última aparição na ADalpha não foi mais vista em nenhuma igreja. A congregação atualmente é liderada por Cassiane juntamente com o seu esposo Jairinho Manhães.

Diante de suas redes sociais e sua vida no decorrer dos dias, o que supostamente pode ser entendido é que logo depois a visita na igreja, a mesma decidiu parar de frequentar as reuniões. Seu distanciamento provavelmente se deu em decorrência a exigência de seu trabalho, que requer 100% de si.

+Perlla manda recado para evangélicos: “Estou pouco me lixando

Além de seu trabalho contribuir excessivamente para a sua ausência nas igrejas, seus interesses pessoais acabam também se destacando.

Nesse meio tempo, a cantora tem mantido seu foco apenas em sua família e na sua casa, o que por analogia, diversas pessoas agem da mesma forma com isso.

No entanto, após haver saído do culto, Simone fez uma declaração para sua amiga Cassiane. Ela afirmou sobre Deus haver falado sobrenaturalmente. 

Diante disso, o que se pode entender é que todas as ocasiões que as duas se encontram acontece isso.

A última vez que ela apareceu na igreja, sobre tudo, foi decorrente a sua mudança, quando residia em Fortaleza-CE. A sua oscilação, segundo a cantora, foi consequência de seus trabalhos no estado paulista e nas imediações.

+Após viagem missionária, Bruna Marquezine realiza ensaio sensual e revolta evangélicos

Por fim, quando Simone foi flagrada na igreja, surgiu alguns burburinhos. Estes porém, informavam sobre a possibilidade dela congregar naquele local. Segundo informações, Simone não foi para nenhum templo religioso, o que pode ser decorrente a um verdadeiro afastamento da palavra.

Diante disso, o que pode se esperar finalmente é apenas uma declaração de sua parte sobre a sua posição no reino.




Aniversariante do mês
Álvaro Tito

Cantor

53 anos


publicidade

Mais artigos

Jotta A alcança 30 milhões de views no YouTube e agradece fãs

Jotta A conseguiu realizar mais um feito histórico com a sua música. Ele agradeceu a todos os seus fãs e seguidores pelos 30 milhões de views no YouTube


Mesmo abalada, Flordelis canta música “Jó” no velório do esposo

O velório do pastor Anderson do Carmo, aconteceu na Cidade do Fogo, em São Gonçalo, Niterói (RJ)


Daniela Araújo quebra o silêncio e fala sobre assalto à sua família

Daniela Araújo escreveu um longo texto envolvendo a violência demasiada no Brasil. Ela relembrou um caso que aconteceu com sua irmã, o cunhado e seus pais


Homem é preso em flagrante se masturbando dentro de igreja evangélica

De acordo com o boletim de ocorrência, um policial civil participava do culto e conseguiu prender o acusado


Vídeo: Pr. Anderson do Carmo diz que “Satanás não vai assassinar essa geração” antes de morrer

Anderson do Carmo foi morto com mais de 15 tiros na madrugada do domingo


Investigação: Morte do pastor Anderson do Carmo pode ter sido encomendada por um parente

O pastor Anderson do Carmo teria tido, segundo a polícia, uma desavença com um parente por conta de dinheiro.


Pastores, cantores gospel e amigos lamentam a morte do pastor Anderson do Carmo

As redes sociais foram inundadas com postagens de famosos do meio gospel lamentando sua morte.


Morte do pastor Anderson do Carmo repercute na Europa

O pastor acabou recebendo homenagens de diversos lideres religiosos e artistas gospel brasileiros


Luto: Pastor Anderson do Carmo é morto na frente de Flordelis, em Niterói

Anderson do Carmo era casado com Flordelis desde 1994 e tinha 55 filhos, dos quais, 51 eram adotados.


Pastor Marco Feliciano quebra silêncio e faz duras críticas ao STF

Marco Feliciano, gravou um vídeo para falar sobre a decisão do STF. O deputado se levantou contra o Supremo que decidiu criminalizar a homofobia