Feliciano quebra o silêncio e sugere impeachment de Mourão

O pastor criticou as últimas declarações de Mourão e disse: "Vice também sofre impeachment"


6 meses atrás | Caio Rangel




Os últimos depoimentos do presidente em exercício, general Hamilton Mourão, têm gerado repercussão entre integrantes do governo e admiradores de Jair Bolsonaro. Ao ponto de levar o pastor e deputado federal Marco Feliciano, lhe criticar publicamente através de uma de suas redes socais na manhã dessa quarta-feira (03).

Em seu twitter o pastor comentou a fala de Mourão sobre declarações de Bolsonaro dadas em Israel durante sua visita ao país. Para o presidente, o movimento que foi liderado por Adolf Hitler na Alemanha, tem características de regime de esquerda, enquanto alguns analistas políticos se opõem a essa visão, atribuindo o regime à extrema direita.

+ Pastor evangélico é agredido a golpes de facão por pregar a palavra de Deus

“De esquerda, é o comunismo, não resta a mínima dúvida. Se a gente for olhar, sabe que sou um crítico contumaz desta questão de direita e esquerda. Eu acho que são ambas visões totalitárias, de controle total da população, de desrespeito aos direitos humanos e que não se coadunam com o espírito que a gente busca para a humanidade […] Eu critico direita e esquerda. […] Nazismo e comunismo são duas faces de uma moeda só, o totalitarismo”, afirmou Mourão na última terça, 02.

O pastor afirmou que o vice-presidente vem abusando da paciência de Jair Bolsonaro, e também dos seus aliados, com afirmações que abrem espaço para a mídia criticar o governo.

Em um longo desabafo Feliciano disse que devido ao fato de Mourão ser general, ele deveria saber respeitar a hierarquia do presidente eleito. “A CF diz que quem chefia o Poder Executivo Fed é o presidente @jairbolsonaro logo, @GeneralMourao ao reiteradamente e de forma constante e pública desdizer e corrigir seu chefe e superior hierárquico, está se portando de maneira indecorosa (sem recato), de maneira indigna ao cargo que ocupa”.

+ Entenda porque as igrejas evangélicas estão sendo pintadas de preto

“Até quando, general Mourao, abusarás da nossa paciência? Depois de culpar injustamente o presidente Jair Bolsonaro pela divulgação de um vídeo, agora corrige o presidente em público com a questão do nazismo, mais uma vez minando a autoridade presidencial. Muita deslealdade! Nunca vi vice falar tanto. Desde janeiro, contradiz o tempo todo seu superior. Sua conduta é desleal/indigna/desonrosa e indecorosa! Vice também sofre impeachment: é crime de responsabilidade proceder de modo incompatível com a dignidade, a honra e o decoro do cargo”, disparou Feliciano, colocando uma situação extrema como possível consequência.

As críticas do pastor ao vice-presidente está repercutindo em todo país, e virou notícia nos principais portais da web.

 




publicidade

Mais artigos

Tragédia: Pastor e mais cinco fiéis morrem em grave acidente de carro

Os fieis estavam sendo transportados de manira irregular, na carroceria de uma caminhonete


URGENTE: Pastora Helena Raquel é assaltada no RJ

Os criminosos levaram o carro do pastora e todos os seus pertences


Evento que promete resgatar a “masculinidade patriarcal”, custa R$3 mil e esgotou

O evento acontecerá em Brasília, e contará com as palestras de proeminentes oradores, que devem tratar sobre o assunto de forma aberta.


Maçonaria promove vice-presidente Mourão ao grau 32

Ele já ocupava a posição de grande inspetor, agora é o sublime príncipe do real segredo


Confirmado: Perlla reata casamento com pastor após brigas e affairs

O próximo passo será a reconciliação com os evangélicos e com sua carreira na música gospel


Cantora de forró critica canonização de Irmã Dulce e é bombardeada na web

O comentário despertou a fúria de católicos


Depressão: Religioso tenta se jogar da torre da igreja

Os casos de suicídio motivado por depressão tem aumentado a cada dia


Missionário R.R Soares pode estar com os dias contados na TV

O religioso ganhou fama internacional através do programa Show da Fé


Pastor Elizeu Rodrigues detona Juliano Son e Kleber Lucas

O pastor também criticou Kleber Lucas por sua recente separação


Eyshilla ousou tocar no “assunto proibido” e mundo gospel não perdoou

A cantora gospel usou de boas intenções, mas acabou repercutindo negativamente