Pastor comemora posse de Bolsonaro tomando bebida alcoólica e choca evangélicos

Enquanto abre uma garrafa de bebida alcoólica o pastor explica que não é pecado beber


11 meses atrás | Caio Rangel



Pastor Jackson Vilar (Reprodução)

O irmão do cantor gospel Jonas Vilar, protagonizou a primeira polêmica de 2019. O pastor Jackson Vilar, fez uma publicação em seu Instagram na tarde desta terça-feira (01), no mínimo inusitada.

Jackson, assitia a posse do novo presidente Jair Bolsonaro, quando resolveu brindar juntamente com sua esposa aquele momento especial.

+ Vanilda Bordieri e Samuel Mariano quebra protocolo e dizem o que pensam sobre Reuel Bernadino 

” É um novo tempo para o Brasil. O Brasil foi liberto dos corruptos. O Brasil foi liberto desta corja de ladrões”, disse ele.

Enquanto abre uma garrafa de bebida alcoólica o pastor explica que não é pecado beber:“você não pode é ser viciado. Mas comemorar uma vitória, uma data de nascimento, um aniversário de casamento, não é pecado não”, afirmou

+ Pastor da Assembleia de Deus acusado de assédio, abre o jogo e conta sua versão 

Para comprovar sua tese, o pastor cita a passagem bíblica onde Jesus transforma água em vinho.

O pastor foi candidato a deputado federal pelo estado de são Paulo na eleição de 2018, mas não conseguiu garantir uma vaga em Brasília.

Jonas Vilar é ex-pastor da Igreja Assembleia de Deus Bom Retiro em Campinas SP.

Alisson e Neide, Rayssa e Ravel; as duplas gospel que acabaram em 2018

Alisson e Neide, Rayssa e Ravel

Alisson e Neide, Rayssa e Ravel

2018 não foi um bom ano para a música gospel. Vários artistas populares dentro do cenário, foram acometidos de doenças graves, outros acabaram falecendo, e ainda tiveram os que se suicidaram.

Além disso, em 2018, poucos lançamentos viraram hit, até mesmo os lançamentos de artistas mais famosos simplesmente não emplacaram.

Uma outra situação que abalou o mercado, foi a separação de duas duplas de cantores gospel que pegou muita gente de surpresa.

Em julho deste ano, a dupla Rayssa e Ravel comunicou oficialmente que seguiriam em carreira solo, e já anunciaram os lançamentos de seus respectivos discos pela gravadora Graça Music.

O caso surpreendeu também pelo tempo em que a dupla atuava, os irmãos decidiram se separar após  24 anos de carreira.

Atualmente, a decisão parece não ter sido muito positiva para Ravel, que ao contrário da irmã, teve de baixar bastante o valor do cachê, e só se apresenta em pequenas igrejas.

Uma outra dupla que assustou o mundo gospel ao comunicar a separação, foi Alisson e Neide. Tia e sobrinho, comunicaram a separação apenas para 2019, mas isso parece que não deu certo e eles já seguem separados e com agendas distintas.

Em ambos os casos, as duplas eram formadas por pessoas da mesma família. o que esperar de 2019, einh?




publicidade

Mais artigos

Novo casal? Priscilla Alcantara e Gabriel Medina podem ser mais que amigos

As especulações começaram após o surfista comentar um post de Priscilla no Instagram


Empoderada! Aline Barros chama a atenção durante passeio no shopping

Aline deu um verdadeiro show de estilo nos corredores do centro de compras


Vídeo: Mendigo é agredido e expulso de calçada da Igreja Universal

O flagra foi feito por uma pessoa que passava no local


“Apóstolo bom é apóstolo morto”: Afirma pastor e fiéis se revoltam

O pastor afirmou que todos são falsos profetas e mestres da mentira


Pastora Isa Reis manifesta apoio a Flordelis e surpreende evangélicos

No último sábado 16 completaram 5 meses que o pastor Anderson do Carmo foi assassinado


Evangélica, Andressa Urach revela: “Dormi com mais de 2 mil homens”

Andressa Urach também revelou que a prostituição a fazia se sentir 'suja' e 'usada'


Testemunha faz nova revelação e policia fecha o cerco sobre Flordelis

Neste sábado 16 completa 5 meses que o pastor Anderson do Carmo foi assassinado


Flordelis critica os cantores famosos que se recusaram a cantar no CIM 2019

A pastora não teve o apoio dos amigos da MK no CIM 2019


Manda “se foder”; diz palestrante durante culto e pastores aplaudem

O culto em que Pablo Marçal pregou, ao que se sabe, tinha um publico massivamente composto por pastores.


Cantora gospel Mara Maravilha envergonha evangélicos aos beijos com Preta Gil

A foto está gerando a revolta até mesmo daqueles que antes a veneravam e a defendiam frente a qualquer crítica ou polêmica que a artista se envolvesse