Líder da maior igreja evangélica do Brasil é a favor do porte de armas, saiba quem

Nos próximos dias, o presidente deverá publicar um decreto flexibilizando as exigências para que a população receba autorização para a posse de armas


1 ano atrás | Caio Rangel



Imagem da internet (Reprodução)

Um dos principais temas da campanha do presidente Jair Bolsonaro (PSL), foi a liberação da posse e do porte de armas. Apesar dos pré-requisitos para o porte e a posse de armas o assunto é controverso no meio evangélico, que se divide em opiniões bastante diversas.

Nos próximos dias, o presidente deverá publicar um decreto flexibilizando as exigências para que a população elegível receba autorização para a posse de armas. Já o porte necessitaria de uma iniciativa do Congresso Nacional.

+ Pastor surta, chama apóstolo Paulo de “OTÁRIO” e defende bebida alcoólica

Existe um projeto de autoria do deputado Peninha Mendonça (MDB) em andamento, mas para entrar em vigor, o PL 3722/2012 precisaria da maioria simples na Câmara e no Senado, além da sanção presidencial.

O pastor Samuel Câmara, presidente da Convenção da Assembleia de Deus no Brasil (CADB) e líder da Igreja-Mãe, em Belém (PA), é um dos líderes que apoiam o porte de armas, apesar de grande parte dos líderes evangélicos serem contrários.

+ Joelma “Calypso” canta em vigília da Assembleia de Deus e o inesperado acontece

“O Estado precisa se mostrar eficiente no combate aos bandidos. Caso contrário, o homem de bem terá que se habilitar ao porte para legítima defesa”, disse Câmara, explicando sua posição mais radical sobre o assunto.

Outro favorável é o deputado Marcos Rogério, integrante da bancada evangélica. Ele acredita que a autorização para o porte de arma de fogo pode gerar uma sensação de segurança: “Hoje você proíbe as pessoas de bem de terem armas, mas o bandido está armado. É claro que é preciso de critérios claros e justificáveis para conceder a licença”, disse o parlamentar, membro da Assembleia de Deus.

+ Neide Martins abre o jogo e faz revelação surpreendente sobre separação da dupla com Alisson

Porte de armas

O porte de armas é a autorização para o cidadão transportar e carregar a arma consigo, fora de casa ou do local de trabalho.

Posse de armas

A posse de armas é a autorização para portar arma de fogo apenas no interior da sua casa ou no seu local de trabalho, desde que seja o responsável legal pelo estabelecimento.

 

Pastor Silas Mafafaia abre o jogo e diz o que pensa sobre ministra Damares Alves

Silas Malafaia (Reprodução)

O polêmico pastor Silas Malafaia, voltou ao centro das atenções e tomou partido na polêmica envolvendo dois ministros do governo Bolsonaro.

Malafaia não gostou do comentário de Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia) em resposta a Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos).

“São muitos anos e décadas de estudo para formar a teoria da evolução. Não se deve misturar ciência com religião”, disse Marcos Pontes à rádio CBN após Damares Alves criticar a “invasão” da teoria da evolução nas escolas e, consequentemente, a perda da influência evangélica no ambiente educacional.

+ Fogo amigo: Pastor famoso critica “grave erro teológico” em sermão de Tiago Brunet

O pastor usou suas redes sociais para se manifestar contra o ministro. “Um aviso ao ministro Marcos Pontes […] se a teoria da evolução fosse verdade comprovada, se chamaria lei da evolução. As leis da ciência são verdades comprovadas que não mudam. As teorias são verdades relativas que podem mudar a qualquer hora”, disparou o pastor.

“Se a criação é uma teoria, a da evolução é pior ainda. Existem mais evidências na natureza para a criação do que para a evolução. Submeta as 2 as seguintes leis e você verá. A lei da biogênese, causa e efeito, 1ª e 2ª lei da termodinâmica. O RESTO É CONVERSA!”, completou Silas.

+ Distantes há anos, Aline Barros usa foto antiga para homenagear Fernanda Brum

Malafaia foi um ferrenho cabo eleitoral na campanha de Jair Bolsonaro para Presidência da República, e tentou influenciar o presidente eleito à colocar Magno Malta em um dos ministérios, mas para decepção do religioso, Malta ficou de fora da lista dos ministros de Bolsonaro, com isso o líder religioso já começou ter os primeiros atritos com o governo que ele tanto se doou e defendeu.




publicidade

Mais artigos

Pastor faz duras críticas a líderes religiosos que descumprem decreto

“Lideres pregam a obediência mas não obedecem?" desabafou o pastor


Após questionamentos, Daniela Araújo revela que se casou em secreto

Daniela disse que um dos motivos dessa decisão foi a sua privacidade


Marido pode ter traído e espancado Elaine de Jesus; Ouça conversa com novinha

O pastor Alexandre Silva está proibido pela justiça de se aproximar de Elaine de Jesus


“Serva de Deus”, espanca homossexual com barra de ferro

Ela alegou que vítima teria que morrer por causa da sua orientação sexual


Casal de pastores da Igreja Quadrangular morre vítima da Covid-19

O pastor morreu às 8 horas do sábado (27), e a pastora às 23 horas do domingo (28)


Filho da cantora Eyshila volta a debochar da bíblia: “Não é perfeita”

Essa não é a primeira vez que Lucas critica as escrituras sagradas em suas postagens do Instagram


Pastor que não acreditava na Covid-19 morre vítima do vírus

O líder religioso tinha 53 anos e não possuía nenhuma comorbidade


Assembleia de Deus pode responder criminalmente por ignorar pandemia

O pastor presidente Luiz Gonzaga, também pode responder criminalmente por desrespeitar o isolamento


Morre reverendo Dimas, Pastor Emérito da 1ª Igreja Presbiteriana Independente

O pastor estava doente desde o início da semana, com tosse e sem apetite


Isadora Pompeo desabafa após ser criticada: “Nunca queira fama”

A cantora recebeu inúmeras críticas por ter mudado radicalmente o visual