O plano “B” de Malafaia sobre Bolsonaro

O líder religioso é um dos principais "Espiritual Influencer" do Brasil e já apoiou alguns candidatos que depois lhe causaram decepção


Publicado em: 14/12/18 às 10:59 por Caio Rangel | Atualizado em 14/01/2019 às 14:44

Silas Malafaia e Bolsonaro (Reprodução)

O pastor Silas Malafaiajá provou que não tem nenhum interesse em ingressar no ramo da política, porém, ele usa ao máximo todo o seu poder de influenciar, para eleger os candidatos que apoia.

O líder religioso é um dos principais “Espiritual Influencer” do Brasil. Ele já apoiou alguns candidatos que depois lhe causaram decepção, como: Fernando Henrique Cardoso, Lula, José Serra, Marina Silva e Aécio Neves.

Na última eleição, o pastor foi de longe o escudeiro mais “verborrágico” do presidente eleito Jair Bolsonaro, mas em um passado bem recente, ele já fez duras críticas ao político que hoje defende com unhas e dentes.

+ Tragédia: Sofrendo com depressão há dois anos, pastor evangélico tira a própria vida

Em um vídeo que foi publicado no Youtube, Malafaia fez críticas ao presidente eleito Jair Bolsonaro:” Não existe direita radical? você que está enganada, minha filha. Sabe qual é a direita radical? É aquela que prega que quer fechar o Congresso Nacional”.

O nome de Bolsonaro não é mencionado, mas fica claro que ele é o alvo. Em uma entrevista ao Programa Câmera Aberta, há 19 anos, o parlamentar foi questionado se ele fecharia o Congresso caso chegasse à Presidência.

+ Após denuncias de abuso sexual MP de Goiás pede prisão do médium João de Deus

“Não há menor dúvida daria golpe no mesmo dia! Não funciona! E tenho certeza que 90% da população ia fazer festa, ia bater palmas porque não funciona. O congresso hoje em dia não serve pra nada, só vota o que o presidente quer. Se ele é a pessoa que decide, que manda, que tripudia em cima do Congresso, dê logo o golpe, parta logo para ditadura”, afirmou na época.

Malafaia já sofreu duas grandes decepções com o presidente eleito Jair Bolsonaro.

1ª Decepção 

Quando Malafaia foi indiciado na Operação Timóteo, em fevereiro de 2017 — a Polícia Federal o citou sob suspeita de lavagem de dinheiro num esquema de corrupção em cobranças de royalties da exploração mineral. Bolsonaro fez pouco caso e esboçou uma mínima vontade de defendê-lo na ocasião.

“Na tribuna da Câmara, achei que a defesa dele foi fraca. Ele sabe que não tive envolvimento algum com essa vagabundagem. Quem toma a pancada é que sabe a dor”, Disse Malafaia.

2ª Decepção

Essa agora foi bem recente, a escolha da pastora Damares Alves para ocupar um dos ministério do governo de Bolsonaro, parece ter colocado fim nas expectativas do senador Magno Malta (PR/ES) de ser ministro, e essa escolha acabou desagradando Malafaia que tentava emplacar o nome de Malta, que vinha sendo apontado como preferido para a pasta.

O pastor chegou a responsabilizar Bolsonaro pela derrota do senador capixaba nestas eleições. e disse:“A única pessoa que pode responder por que o Magno não foi confirmado é o próprio presidente. Para mim, Bolsonaro disse três vezes que estava pensando em colocar o Magno no Ministério da Cidadania. Apoio integralmente o Bolsonaro, mas não vou concordar 100% com as ações dele. A unanimidade é burra. Malta não perdeu a eleição porque fez campanha para Bolsonaro”.

E agora? será que Silas Malafaia vai suportar outra decepção? Bolsonaro ainda nem tomou posse e já desagradou o líder religioso, mas ainda segue com o apoio de Malafaia.

O fato é que, se Malafaia vir a romper com Bolsonaro, nas próximas eleições presidenciais o pastor ficará quase sem opções, pois não tem afinidade com a maioria dos partidos mais tradicionais. Se no decorrer dos 4 anos não surgir um nome influente, e de preferência um político evangélico, provavelmente o “Plano B” de Malafaia, será se manter neutro, e não apoiar ninguém.

Fernanda Brum vai responder na justiça por não comparecer a evento gospel. Saiba qual

Cantora gospel Fernanda Brum

Cantora gospel Fernanda Brum

A organização do Clama Bahia, evento gospel que aconteceu no dia 8 de Dezembro e foi considerado um verdadeiro fiasco, emitiu uma nota oficial sobre o que teria causado os transtornos.

A assessoria justificou que o problema teria sido causado por uma série de problemas estruturas, que os forçaram a mudar a data do evento, que inicialmente aconteceria em Setembro, e acabou acontecendo em Dezembro.

Sobre as atrações, a nota explica que todos os cachês foram pagos, mas enfatiza o caso da pastora Fernanda Brum.

Eles contam que a artista recebeu todos os valores integralmente, inclusive, as passagens e custas de transporte para a cantora e sua banda, já haviam sido pagos.

Eles concluem que todos os responsáveis pelos transtornos serão penalizados juridicamente, referindo-se por exemplo, a Fernanda Brum, que pelo fato de não comparecer, contribuiu para o tamanho prejuízo.

Leia a nota na íntegra:

” Em virtude dos acontecimentos recentes, e sob orientação de nossa assessoria jurídica, viemos através deste pronunciamento oficial expor e esclarecer alguns pontos necessários para a compreensão de todos os envolvidos no evento, visando a transparência e seriedade do Clama Bahia para com o público em geral.

Por conta de problemas e impasses técnicos entre a produção do evento e a Arena Fonte Nova, fomos submetidos a mudança de local e data, pois a Prefeitura Municipal do Salvador indeferiu a nossa solicitação do Alvará para a execução do evento.

Embora a situação tenha sido revertida através de liminar judicial, a execução do evento foi comprometida e não tivemos outra opção além de mudar a data e local para melhor atender a todos. Porém, essa mudança gerou uma série de dificuldades operacionais e de logística com os artistas já confirmados na grade, os levando a desistência de suas apresentações. É importante frisar que alguns artistas de fato vieram e se hospedaram na cidade em 22 de Setembro, porém, por conta dos transtornos, foram impedidos de se apresentar.

Mesmo diante de tantas dificuldades, decidimos manter o evento, sendo no dia 08 de Dezembro, no Parque de Exposições, por nosso compromisso com o público que comprou os ingressos e esperou ansiosamente para o nosso aclamando evento mesmo depois da sua mudança de data e local.

Porém, para nossa infeliz surpresa, fomos notificados inesperadamente acerca da desistência da artista Fernanda Brum por parte da sua produção. Vale destacar que a produção do Clama Bahia cumpriu com todas as exigências contratuais da artista, como pagamento integral do cachê e custas de logística da artista e sua banda, e a produção ainda assim, de última hora nos comunicou a sua desistência. Também é importante salientar que a artista já se apresentou em edições anteriores do evento e até então, nunca houve nenhum descumprimento da nossa parte.

O Clama Bahia tem o compromisso com a verdade e com o respeito para com o público, artistas e colaboradores que nos acompanham nesses 11 anos de história e, por isso, garantimos que muito em breve todos aqueles que compraram os ingressos e se sentiram lesados possam ser ressarcidos. Para que isso aconteça, estamos nos reunindo com nossa equipe técnica para disponibilizar o devido ressarcimento.

Desta forma, pedimos profundas e sinceras desculpas a todo o público que se sentiu insatisfeito com essa edição do Clama Bahia e aos artistas que não puderam se apresentar. Garantimos que TODOS os responsáveis pelos transtornos causados nessa edição, serão penalizados juridicamente.

ATT

Assessoria Clama Bahia ”




Aniversariante do mês
Giselli Cristina

Cantora

39 anos


publicidade

Mais artigos

Ester Guimarães confirma presença na Expoevangélica 2019

Ester se apresentará no palco principal da Expoevangélica, divulgando seus lançamentos e também outros hits de sua carreira


“Livramento divino” pastor sobrevive a trágico acidente

"Deus estava com suas mãos em volta do meu pai naquele momento”, disse Jessica filha do pastor


Igreja Universal vira local de confusão e vídeo viraliza na internet

Enquanto a população se divertia e registrava o momento por meio de filmagens, as obreiras da igreja tentavam amenizar a situação


Cantora evangélica revela que orou e jejuou para perdoar ex-marido

Após sete dias de jejum e oração ela conseguiu perdoar o ex-marido, depois que ouviu as orientações de sua pastora


Priscilla Alcantara “pisa na bola” e canta música secular em show gospel

Priscilla Alcantara cumpriu a promessa e cantou a música Shallow da cantora secular Lady Gaga


Assembleia de Deus de Santa Cruz reúne multidão para comemorar 65 anos

De acordo com a organização, cerca de 1,5 mil pessoas participaram em cada um dos três cultos promovidos. No encerramento teve a Ceia do Senhor


Homem testemunha cura após se batizar nas águas

Quando o homem deixou a piscina, começou a sentir um 'calor' em suas mãos e em suas pernas. Ele conseguiu sair da piscina sem ajuda de ninguém


Mattos Nascimento irá processar empresa aérea que o fez cancelar show

O cantor só conseguiu embarcar depois de 15 horas de atraso, e não chegou a tempo para realizar seu show


Conheça a empresária que criou a linha gospel de Sex Shop

A proposta foi criada pela empresária Alessandra Seitz, dona da marca Intt (abreviação de intimidade). A empresa fabrica cosméticos sensuais


Fernanda Brum contraria religião e batiza filha criança no Jordão

A religião não permite que se batize crianças com idade inferior a 12 anos de idade