O plano “B” de Malafaia sobre Bolsonaro

O líder religioso é um dos principais "Espiritual Influencer" do Brasil e já apoiou alguns candidatos que depois lhe causaram decepção


Publicado em: 14/12/18 às 10:59 por Caio Rangel | Atualizado em 14/01/2019 às 14:44

Silas Malafaia e Bolsonaro (Reprodução)

O pastor Silas Malafaiajá provou que não tem nenhum interesse em ingressar no ramo da política, porém, ele usa ao máximo todo o seu poder de influenciar, para eleger os candidatos que apoia.

O líder religioso é um dos principais “Espiritual Influencer” do Brasil. Ele já apoiou alguns candidatos que depois lhe causaram decepção, como: Fernando Henrique Cardoso, Lula, José Serra, Marina Silva e Aécio Neves.

Na última eleição, o pastor foi de longe o escudeiro mais “verborrágico” do presidente eleito Jair Bolsonaro, mas em um passado bem recente, ele já fez duras críticas ao político que hoje defende com unhas e dentes.

+ Tragédia: Sofrendo com depressão há dois anos, pastor evangélico tira a própria vida

Em um vídeo que foi publicado no Youtube, Malafaia fez críticas ao presidente eleito Jair Bolsonaro:” Não existe direita radical? você que está enganada, minha filha. Sabe qual é a direita radical? É aquela que prega que quer fechar o Congresso Nacional”.

O nome de Bolsonaro não é mencionado, mas fica claro que ele é o alvo. Em uma entrevista ao Programa Câmera Aberta, há 19 anos, o parlamentar foi questionado se ele fecharia o Congresso caso chegasse à Presidência.

+ Após denuncias de abuso sexual MP de Goiás pede prisão do médium João de Deus

“Não há menor dúvida daria golpe no mesmo dia! Não funciona! E tenho certeza que 90% da população ia fazer festa, ia bater palmas porque não funciona. O congresso hoje em dia não serve pra nada, só vota o que o presidente quer. Se ele é a pessoa que decide, que manda, que tripudia em cima do Congresso, dê logo o golpe, parta logo para ditadura”, afirmou na época.

Malafaia já sofreu duas grandes decepções com o presidente eleito Jair Bolsonaro.

1ª Decepção 

Quando Malafaia foi indiciado na Operação Timóteo, em fevereiro de 2017 — a Polícia Federal o citou sob suspeita de lavagem de dinheiro num esquema de corrupção em cobranças de royalties da exploração mineral. Bolsonaro fez pouco caso e esboçou uma mínima vontade de defendê-lo na ocasião.

“Na tribuna da Câmara, achei que a defesa dele foi fraca. Ele sabe que não tive envolvimento algum com essa vagabundagem. Quem toma a pancada é que sabe a dor”, Disse Malafaia.

2ª Decepção

Essa agora foi bem recente, a escolha da pastora Damares Alves para ocupar um dos ministério do governo de Bolsonaro, parece ter colocado fim nas expectativas do senador Magno Malta (PR/ES) de ser ministro, e essa escolha acabou desagradando Malafaia que tentava emplacar o nome de Malta, que vinha sendo apontado como preferido para a pasta.

O pastor chegou a responsabilizar Bolsonaro pela derrota do senador capixaba nestas eleições. e disse:“A única pessoa que pode responder por que o Magno não foi confirmado é o próprio presidente. Para mim, Bolsonaro disse três vezes que estava pensando em colocar o Magno no Ministério da Cidadania. Apoio integralmente o Bolsonaro, mas não vou concordar 100% com as ações dele. A unanimidade é burra. Malta não perdeu a eleição porque fez campanha para Bolsonaro”.

E agora? será que Silas Malafaia vai suportar outra decepção? Bolsonaro ainda nem tomou posse e já desagradou o líder religioso, mas ainda segue com o apoio de Malafaia.

O fato é que, se Malafaia vir a romper com Bolsonaro, nas próximas eleições presidenciais o pastor ficará quase sem opções, pois não tem afinidade com a maioria dos partidos mais tradicionais. Se no decorrer dos 4 anos não surgir um nome influente, e de preferência um político evangélico, provavelmente o “Plano B” de Malafaia, será se manter neutro, e não apoiar ninguém.

Fernanda Brum vai responder na justiça por não comparecer a evento gospel. Saiba qual

Cantora gospel Fernanda Brum

Cantora gospel Fernanda Brum

A organização do Clama Bahia, evento gospel que aconteceu no dia 8 de Dezembro e foi considerado um verdadeiro fiasco, emitiu uma nota oficial sobre o que teria causado os transtornos.

A assessoria justificou que o problema teria sido causado por uma série de problemas estruturas, que os forçaram a mudar a data do evento, que inicialmente aconteceria em Setembro, e acabou acontecendo em Dezembro.

Sobre as atrações, a nota explica que todos os cachês foram pagos, mas enfatiza o caso da pastora Fernanda Brum.

Eles contam que a artista recebeu todos os valores integralmente, inclusive, as passagens e custas de transporte para a cantora e sua banda, já haviam sido pagos.

Eles concluem que todos os responsáveis pelos transtornos serão penalizados juridicamente, referindo-se por exemplo, a Fernanda Brum, que pelo fato de não comparecer, contribuiu para o tamanho prejuízo.

Leia a nota na íntegra:

” Em virtude dos acontecimentos recentes, e sob orientação de nossa assessoria jurídica, viemos através deste pronunciamento oficial expor e esclarecer alguns pontos necessários para a compreensão de todos os envolvidos no evento, visando a transparência e seriedade do Clama Bahia para com o público em geral.

Por conta de problemas e impasses técnicos entre a produção do evento e a Arena Fonte Nova, fomos submetidos a mudança de local e data, pois a Prefeitura Municipal do Salvador indeferiu a nossa solicitação do Alvará para a execução do evento.

Embora a situação tenha sido revertida através de liminar judicial, a execução do evento foi comprometida e não tivemos outra opção além de mudar a data e local para melhor atender a todos. Porém, essa mudança gerou uma série de dificuldades operacionais e de logística com os artistas já confirmados na grade, os levando a desistência de suas apresentações. É importante frisar que alguns artistas de fato vieram e se hospedaram na cidade em 22 de Setembro, porém, por conta dos transtornos, foram impedidos de se apresentar.

Mesmo diante de tantas dificuldades, decidimos manter o evento, sendo no dia 08 de Dezembro, no Parque de Exposições, por nosso compromisso com o público que comprou os ingressos e esperou ansiosamente para o nosso aclamando evento mesmo depois da sua mudança de data e local.

Porém, para nossa infeliz surpresa, fomos notificados inesperadamente acerca da desistência da artista Fernanda Brum por parte da sua produção. Vale destacar que a produção do Clama Bahia cumpriu com todas as exigências contratuais da artista, como pagamento integral do cachê e custas de logística da artista e sua banda, e a produção ainda assim, de última hora nos comunicou a sua desistência. Também é importante salientar que a artista já se apresentou em edições anteriores do evento e até então, nunca houve nenhum descumprimento da nossa parte.

O Clama Bahia tem o compromisso com a verdade e com o respeito para com o público, artistas e colaboradores que nos acompanham nesses 11 anos de história e, por isso, garantimos que muito em breve todos aqueles que compraram os ingressos e se sentiram lesados possam ser ressarcidos. Para que isso aconteça, estamos nos reunindo com nossa equipe técnica para disponibilizar o devido ressarcimento.

Desta forma, pedimos profundas e sinceras desculpas a todo o público que se sentiu insatisfeito com essa edição do Clama Bahia e aos artistas que não puderam se apresentar. Garantimos que TODOS os responsáveis pelos transtornos causados nessa edição, serão penalizados juridicamente.

ATT

Assessoria Clama Bahia ”



Aniversariante do mês
Caio Fábio

Escritor

63 anos


publicidade

Mais artigos

Cassiane, Elaine Martins e Eli Soares, são processados em R$500 mil reais

Até o missionário RR Soares foi citado no mesmo processo


Pastor e cantor gospel Kleber Lucas proíbe entrada de grupo de pessoas em sua Igreja

Kleber Lucas é cantor, compositor, pastor e fundador da Igreja Batista Soul


Samuel Mariano esclarece vídeo polêmico em que aparece fazendo cobrança

Samuel disse que o vídeo é antigo, e que tudo não passou de uma brincadeira que fez com o empresário


Ex-integrante do grupo Voz da Verdade é consagrada a pastora pelo pai

Durante 15 anos Lydia fez parte do grupo, somente em 2005, gravou seu primeiro álbum solo, "Protegida"


Saiba como está Ludmila Ferber um ano após iniciar tratamento contra o câncer

A cantora explicou que apesar das dificuldades enfrentadas em decorrência do câncer, ela entende que se cumpre em sua vida as promessas de Deus


Sem mandato e sem Lauriete, Magno Malta apresenta estratégia para se manter na mídia

O parlamentar também não se enquadrou em nenhum dos ministério do presidente Jair Bolsonaro, e acabou ficando de fora sem nenhum cargo público


Cantor gospel tira a roupa, posa de cueca e volume impressiona

O que impressionou, nesse caso, foi a quantidade de criticas, que foram num volume muito maior que o habitual.


Pastor e deputado Marco Feliciano passa bem e se recupera após cirurgia

Milhares de internautas anônimos e famosos deixaram mensagens de apoio ao parlamentar, e desejaram boa sorte no procedimento pelo qual acabou de passar


Aline Barros ostenta quarto dos sonhos da filha nas redes sociais

Chama a atenção a decoração e principalmente o luxo que é o novo quarto da filha da cantora


Superação- O Milagre da Fé estréia dia 11 de abril nos cinemas do Brasil

O Milagre da Fé, é um filme emocionante, e o seu lançamento está sendo muito aguardado pelo público brasileiro