Haddad perde mais uma e é condenado a pagar 80 mil por ofensas a Edir Macedo

Além da condenação, Haddad também terá que se retratar, sob pena de multa de R$ 1.000 por dia de atraso


Publicado em: 13/12/18 às 10:52 por Caio Rangel | Atualizado em 14/01/2019 às 14:53

Fernando Haddad (Reprodução)

O candidato derrotado à Presidência da República, Fernando Haddad (PT), foi condenado pelo juiz Marco Antonio Botto Muscari, da 6° Vara Cível da capital, a pagar indenização de R$ 79.182 após ofender o líder da Igreja Universal Bispo Edir Macedo. O dinheiro será destinado a uma instituição beneficente.

+ Urgente: Pastor evangélico eleito deputado federal em 2018, é preso em operação da PF

Durante a campanha eleitoral o petista disse que Macedo era um “Charlatão fundamentalista”, e também afirmou que o apoio do bispo a Jair Bolsonaro teria sido por “fome de dinheiro”.

Na época ele disse:“Sabe o que está por trás dessa aliança? Chama em latim auri sacra fames. Só pensam em dinheiro”. Isso aconteceu em outubro, em novembro o candidato derrotado foi obrigado a apagar as postagens relativas ao assunto nas suas redes sociais.

+ Ana Paula Valadão revela que as igrejas não estão mais cantando suas músicas e cai no choro

Além da condenação, Haddad também terá que se retratar, sob pena de multa de R$ 1.000 por dia de atraso, e ainda pagar os custos do processo e dos advogados no valor de 10% do valor da causa — aproximadamente R$ 8.000.

Em um trecho de sua defesa que consta na decisão da Justiça, Haddad, não negou ter pronunciado as palavras, mas afirmou que o fez “sem ânimo de ofender ou causar dano ao bispo”.

+ Famosa da aula sobre “sexo gospel”, ganha diploma de teologia e pode se tornar pastora

As ofensas do presidenciável derrotado à Edir Macedo provocou a solidariedade por parte de muitos líderes religiosos de diferentes denominações, que repudiaram a atitude de Haddad à Fé Cristã, e assinaram uma carta de apoio à Universal.

Cantor evangélico troca a música gospel pelo funk e afirma: “Deus quis que parasse”

O ex-cantor gospel Tonzão Chagas, voltou a falar sobre sua saída da música gospel em uma entrevista divulgada nesta sexta-feira (07), Para o programa “Lado B”, do canal ‘Campo Grande News’, e fez uma afirmação polêmica. “Deus quis que parasse”. afirmou o funkeiro.

+ Urgente: Cantora gospel passa mal e é levada às pressas para o hospital

“Deus, pela misericórdia, me deu conteúdo para gravar no funk. Não tem como apagar a história dos Havaianos, do Tonzão. Me converti, fui para a igreja e surgiu meu projeto gospel. Para mim foi muito bom. Mas Deus quis que parasse e estamos num projeto novo”.  disse ele

O funkeiro também revelou durante a entrevista que retornou à igreja em julho deste ano depois de um bom tempo sem frequentar os cultos. Na ocasião, ele declarou que recomeçou a congregar por sentir falta da religiosidade.

+ Pastora Juliana Salles é transferida para presídio em Cariacica

“Confesso que, por muito tempo, a minha própria religiosidade me impedia de ter esse encontro, mas hoje não deu para o mal, pois tudo coopera para aqueles que amam a Deus”. Concluiu Tonzão.



Aniversariante do mês
Caio Fábio

Escritor

63 anos


publicidade

Mais artigos

Homem é atingido por bala perdida dentro de igreja e fiéis se desesperam

O incidente aconteceu no momento do culto, surpreendendo as pessoas que cultuavam


Alisson Santos desabafa e manda indireta para quem criticou o fim da dupla com Neide

O cantor acabou a dupla para seguir carreira solo no final do ano passado, e foi alvo de muitas críticas


Pastor da Assembleia de Deus é preso em flagrante após marcar encontro com menor

A Polícia foi avisada com antecedência e seguiu o indivíduo até o local do encontro marcado com a garota, prendendo o pastor em flagrante


Filha de pastor grava áudio desesperada: passamos fome

O áudio que denuncia o pastor Valdomiro Pereira foi gravado pela filha do pastor Fernando, e está circulando em grupos de WhatsApp


“Profecia” de Marco Feliciano se cumpre e pastor comemora

Feliciano foi um dos deputados que votou para que o processo de denúncia contra Temer fosse arquivado enquanto ele estivesse no poder


37 fatos que talvez você não saiba sobre Priscilla Alcantara

A cantora gospel já conheceu o Chaves [Roberto Bolanos]


Cassiane, Elaine Martins e Eli Soares, são processados em R$500 mil reais

Até o missionário RR Soares foi citado no mesmo processo


Pastor e cantor gospel Kleber Lucas proíbe entrada de grupo de pessoas em sua Igreja

Kleber Lucas é cantor, compositor, pastor e fundador da Igreja Batista Soul


Samuel Mariano esclarece vídeo polêmico em que aparece fazendo cobrança

Samuel disse que o vídeo é antigo, e que tudo não passou de uma brincadeira que fez com o empresário


Ex-integrante do grupo Voz da Verdade é consagrada a pastora pelo pai

Durante 15 anos Lydia fez parte do grupo, somente em 2005, gravou seu primeiro álbum solo, "Protegida"