Haddad perde mais uma e é condenado a pagar 80 mil por ofensas a Edir Macedo

Além da condenação, Haddad também terá que se retratar, sob pena de multa de R$ 1.000 por dia de atraso


10 meses atrás | Caio Rangel



Fernando Haddad (Reprodução)

O candidato derrotado à Presidência da República, Fernando Haddad (PT), foi condenado pelo juiz Marco Antonio Botto Muscari, da 6° Vara Cível da capital, a pagar indenização de R$ 79.182 após ofender o líder da Igreja Universal Bispo Edir Macedo. O dinheiro será destinado a uma instituição beneficente.

+ Urgente: Pastor evangélico eleito deputado federal em 2018, é preso em operação da PF

Durante a campanha eleitoral o petista disse que Macedo era um “Charlatão fundamentalista”, e também afirmou que o apoio do bispo a Jair Bolsonaro teria sido por “fome de dinheiro”.

Na época ele disse:“Sabe o que está por trás dessa aliança? Chama em latim auri sacra fames. Só pensam em dinheiro”. Isso aconteceu em outubro, em novembro o candidato derrotado foi obrigado a apagar as postagens relativas ao assunto nas suas redes sociais.

+ Ana Paula Valadão revela que as igrejas não estão mais cantando suas músicas e cai no choro

Além da condenação, Haddad também terá que se retratar, sob pena de multa de R$ 1.000 por dia de atraso, e ainda pagar os custos do processo e dos advogados no valor de 10% do valor da causa — aproximadamente R$ 8.000.

Em um trecho de sua defesa que consta na decisão da Justiça, Haddad, não negou ter pronunciado as palavras, mas afirmou que o fez “sem ânimo de ofender ou causar dano ao bispo”.

+ Famosa da aula sobre “sexo gospel”, ganha diploma de teologia e pode se tornar pastora

As ofensas do presidenciável derrotado à Edir Macedo provocou a solidariedade por parte de muitos líderes religiosos de diferentes denominações, que repudiaram a atitude de Haddad à Fé Cristã, e assinaram uma carta de apoio à Universal.

Cantor evangélico troca a música gospel pelo funk e afirma: “Deus quis que parasse”

O ex-cantor gospel Tonzão Chagas, voltou a falar sobre sua saída da música gospel em uma entrevista divulgada nesta sexta-feira (07), Para o programa “Lado B”, do canal ‘Campo Grande News’, e fez uma afirmação polêmica. “Deus quis que parasse”. afirmou o funkeiro.

+ Urgente: Cantora gospel passa mal e é levada às pressas para o hospital

“Deus, pela misericórdia, me deu conteúdo para gravar no funk. Não tem como apagar a história dos Havaianos, do Tonzão. Me converti, fui para a igreja e surgiu meu projeto gospel. Para mim foi muito bom. Mas Deus quis que parasse e estamos num projeto novo”.  disse ele

O funkeiro também revelou durante a entrevista que retornou à igreja em julho deste ano depois de um bom tempo sem frequentar os cultos. Na ocasião, ele declarou que recomeçou a congregar por sentir falta da religiosidade.

+ Pastora Juliana Salles é transferida para presídio em Cariacica

“Confesso que, por muito tempo, a minha própria religiosidade me impedia de ter esse encontro, mas hoje não deu para o mal, pois tudo coopera para aqueles que amam a Deus”. Concluiu Tonzão.




publicidade

Mais artigos

O que Michele do Carmo revelou à polícia antes de morrer ?

A irmã do pastor Anderson do Carmo acreditava no envolvimento de Flordelis


Advogado da família de Anderson do Carmo acredita que irmã do pastor foi “assassinada”

Michele do Carmo de 39 anos morreu na madrugada dessa segunda-feira 21


O que você não sabe sobre a morte da irmã de Anderson do Carmo

Ela estava internada para se tratar de uma anemia, mas faleceu na madrugada dessa segunda-feira


Flordelis toma atitude inesperada ao saber da morte de sua cunhada

Michele do Carmo morreu na madrugada dessa segunda-feira 21


URGENTE: Morre irmã do pastor Anderson do Carmo

A notícia foi divulgada pelo filho adotivo do pastor Misael Andrade


Lauriete explica porque não compareceu a evento do Gideões Missionários

O nome da cantora estava no cartaz como uma das atrações do congresso


Obreiros pedem a saída do Pastor Ailton José Alves da presidência da AD Pernambuco

O pastor Ailton e a diretoria da IEADEP estão sendo investigados pela Polícia Federal e pelo MPPE


Urgente: Pastor que evangelizava nas favelas é executado por traficantes

O pastor estava em casa quando foi surpreendido por dois homens que já chegaram atirando


Um ano após polêmica Samuel Mariano é consagrado a evangelista na ADBrás

O cantor se tem sido peça importante em Alagoas para o bispo Samuel Ferreira


Fadi Faraj pode ter a prisão preventiva decretada

Fadi Faraj nega as acusações e diz não entender o motivo que motivou as mulheres a fazer tais acusações contra ele.