Vazou: Em áudio, presidente da Assembleia de Deus proíbe fieis de votarem em Haddad

O áudio vem sendo compartilhado em grupos de WhatsApp e divido opiniões


Publicado em: 09/10/18 às 16:41 por Caio Rangel | Atualizado em 09/10/2018 às 17:40

Haddad (Reprodução)

Compartilhe:

Um áudio polêmico tem circulado grupos de WhasApp desde a última segunda-feira (08). Trata-se do pastor  Pedro Aldi Damasceno, presidente da Convenção Estadual das Igrejas Evangélicas Assembleias de Deus no Maranhão (CEADEMA) reprovando e repudiando a atitude da Senadora eleita Eliziane Gama (PPS), em apoiar o presidenciável Fernando Haddad (PT).

+ Pastora Helena Tannure passa por cirurgia para aliviar fortes dores

No áudio, o presidente convoca todos os pastores membros da (CEADEMA), para se reunirem com os demais órgãos e comissão da igreja para se opor e se posicionar contrario a decisão da senadora eleita. “Nós não vamos aceitar 1 voto de nenhum irmão para o Haddad” disse o pastor.

O líder confessa que o apoiou dos evangélicos foi fundamental para que o governador Flávio Dino, do PCdoB se reelegesse, mas que jamais apoiará o seu presidenciável, muito menos acatara o pedido da senadora para apoiar Haddad.

+ Escândalo: Cantor gospel Samuel Mariano se envolve em mais uma polêmica

O pastor Pedro Aldi fez questão de afirmar que o Haddad não terá o voto dos evangélicos, e que o candidato é inimigo dos crentes. Ele também salientou que é cristão, e que defende com ardor e zelo o cristianismo real, e que não tem acordo nem conciliação entre a igreja e o candidato Haddad.

O pastor também pede para que a igreja não atenda pedido da deputada para apoiar o Haddad. A revolta do presidente da (CEADEMA) se dá por conta dos temas que o PT apoia como: ideologia de gênero, aborto, educação  sexual nas escolas para as crianças, entre outros.

+ Cantor gospel que já foi ícone da música pentecostal tenta se reeleger há 8 anos

O pastor se reunirá com a mesa diretora, com o conselho político, conselho de ética, para tratar do assunto. Mas adianta que de repudia qualquer aliança com o candidato do PT.

Ouça o áudio na integra:

Condenado por fraude, dono da MK é eleito Senador pelo RJ

Arolde de Oliveira (Reprodução)

Arolde de Oliveira, o deputado federal que é co-fundador de uma das principais gravadoras de música gospel do país, a MK, foi eleito Senador pelo Rio de Janeiro.

Arolde ficou em segundo lugar, e recebeu 2.382.156 votos. Boa parte de sua expressiva votação, se dá ao apoio massivo do cast da gravadora. Importantes nomes da música gospel gravaram vídeos pedindo votos para o patrão.

Até Fernanda Brum, que jurava nunca se envolver com essas questões, apareceu em um dos vídeos. Apesar do aparente desconforto que se pode notar no vídeo, a cantora o fez, e o vídeo foi um dos mais vistos.

Aline Barros, ex-funcionária de Arolde, também gravou vídeo, pedindo votos para o candidato.

Condenado por fraude

Usando o app [Detector de ficha de político], é possível ver que o deputado foi condenado pelo juiz Sérgio Roberto Emílio Louzada, da 2ª Vara da Fazenda Pública do Rio de Janeiro, a devolver cerca de R$22 milhões de reais aos cofres públicos.

Arolde e mais oito réus, foram alvo de uma ação civil pública movida pelo Ministério Público do Rio de Janeiro, por fraudar contratos para os Jogos Pan-Americanos de 2007, quando era Secretário Municipal de Transportes.

O processo 0206683-08.2016.8.19.0001 pode se consultado no site do Tribunal de Justiça (TJ) do Rio de Janeiro.

Compartilhe:



Mais artigos

Com câncer, Ludmila Ferber se despede dos palcos e recebe homenagens

O comunicado foi feito através das suas redes sociais na manhã deste domingo 9 de novembro


Cantora gospel usa o sobrenome do “ex-marido” e do atual e evangélicos não perdoam

Após se casar pela segunda vez a cantora chamou a atenção dos internautas depois que atualizou o seu perfil nas redes sociais


Castigo? Daciolo decepciona evangélicos e passa maior vergonha de sua história

Daciolo tem sido alvo de muitas críticas por conta de algumas atitudes, e tem cada vez mais decepcionado a comunidade evangélica


Com câncer, Deise Cipriano fala pela primeira vez após sair da UTI e emociona filha

Deise Cipriano está consciente há 40 dias e respira sem ajuda de aparelhos


10 fatos sobre a pastora Damares Alves, a nova ministra de Bolsonaro

Com Damares Alves confirmada como nova ministra, falta apenas definir e anunciar o titular do Ministério do Meio Ambiente


Cantora gospel que está noiva, anuncia chegada de filho e surpreende evangélicos

Ela está sempre envolvida em alguma polêmica por dizer o que pensa e vive se metendo em confusão


Esposa de Kleber Lucas lança campanha para ajudar casais e faz revelação surpreendente

Danielle Favatto já foi casada com o ex-jogador Romário, enquanto que Kleber já está em seu terceiro casamento


Kemilly Santos faz sucesso com nova música e conquista marca histórica

Se for feita uma análise matemática, percebe-se que a cada 1 dia que se passou em média 100 mil pessoas foram alcançadas com esse louvor


Cantor gospel posta vídeo em bar cantando música secular e é criticado por seguidores

O cantor se irritou com o comentário e respondeu logo em seguida afirmando que não canta mais música gospel


Declaração polêmica causa mal-estar entre Ana Paula Valadão e movimento LGBT

Essa não é a primeira vez que a cantora causa discussão ao comentar sobre o tema