Vazou: Em áudio, presidente da Assembleia de Deus proíbe fieis de votarem em Haddad

O áudio vem sendo compartilhado em grupos de WhatsApp e divido opiniões


1 ano atrás | Caio Rangel



Haddad (Reprodução)

Um áudio polêmico tem circulado grupos de WhasApp desde a última segunda-feira (08). Trata-se do pastor  Pedro Aldi Damasceno, presidente da Convenção Estadual das Igrejas Evangélicas Assembleias de Deus no Maranhão (CEADEMA) reprovando e repudiando a atitude da Senadora eleita Eliziane Gama (PPS), em apoiar o presidenciável Fernando Haddad (PT).

+ Pastora Helena Tannure passa por cirurgia para aliviar fortes dores

No áudio, o presidente convoca todos os pastores membros da (CEADEMA), para se reunirem com os demais órgãos e comissão da igreja para se opor e se posicionar contrario a decisão da senadora eleita. “Nós não vamos aceitar 1 voto de nenhum irmão para o Haddad” disse o pastor.

O líder confessa que o apoiou dos evangélicos foi fundamental para que o governador Flávio Dino, do PCdoB se reelegesse, mas que jamais apoiará o seu presidenciável, muito menos acatara o pedido da senadora para apoiar Haddad.

+ Escândalo: Cantor gospel Samuel Mariano se envolve em mais uma polêmica

O pastor Pedro Aldi fez questão de afirmar que o Haddad não terá o voto dos evangélicos, e que o candidato é inimigo dos crentes. Ele também salientou que é cristão, e que defende com ardor e zelo o cristianismo real, e que não tem acordo nem conciliação entre a igreja e o candidato Haddad.

O pastor também pede para que a igreja não atenda pedido da deputada para apoiar o Haddad. A revolta do presidente da (CEADEMA) se dá por conta dos temas que o PT apoia como: ideologia de gênero, aborto, educação  sexual nas escolas para as crianças, entre outros.

+ Cantor gospel que já foi ícone da música pentecostal tenta se reeleger há 8 anos

O pastor se reunirá com a mesa diretora, com o conselho político, conselho de ética, para tratar do assunto. Mas adianta que de repudia qualquer aliança com o candidato do PT.

Ouça o áudio na integra:

Condenado por fraude, dono da MK é eleito Senador pelo RJ

Arolde de Oliveira (Reprodução)

Arolde de Oliveira, o deputado federal que é co-fundador de uma das principais gravadoras de música gospel do país, a MK, foi eleito Senador pelo Rio de Janeiro.

Arolde ficou em segundo lugar, e recebeu 2.382.156 votos. Boa parte de sua expressiva votação, se dá ao apoio massivo do cast da gravadora. Importantes nomes da música gospel gravaram vídeos pedindo votos para o patrão.

Até Fernanda Brum, que jurava nunca se envolver com essas questões, apareceu em um dos vídeos. Apesar do aparente desconforto que se pode notar no vídeo, a cantora o fez, e o vídeo foi um dos mais vistos.

Aline Barros, ex-funcionária de Arolde, também gravou vídeo, pedindo votos para o candidato.

Condenado por fraude

Usando o app [Detector de ficha de político], é possível ver que o deputado foi condenado pelo juiz Sérgio Roberto Emílio Louzada, da 2ª Vara da Fazenda Pública do Rio de Janeiro, a devolver cerca de R$22 milhões de reais aos cofres públicos.

Arolde e mais oito réus, foram alvo de uma ação civil pública movida pelo Ministério Público do Rio de Janeiro, por fraudar contratos para os Jogos Pan-Americanos de 2007, quando era Secretário Municipal de Transportes.

O processo 0206683-08.2016.8.19.0001 pode se consultado no site do Tribunal de Justiça (TJ) do Rio de Janeiro.




publicidade

Mais artigos

Vídeo: Cantora gospel é flagrada espancando a sogra

Lucimara é cantora gospel e missionária


Urgente! Dona da MK é intimada no caso Anderson do Carmo

A polícia quer saber o motivo do celular ter ido parar na casa da dona da gravadora, depois que o pastor já estava morto.


Pastor Adeildo Costa se recupera no hospital após infarto

Por todo o país, pastores e amigos de Adeildo Costa se unem numa corrente de oração por sua recuperação.


Urgente! Pastor Adeildo Costa está entre a vida e a morte na UTI

Adeildo foi diagnosticado com um quadro de infarto do miocárdio


Gideões contra Gideões – O começo do fim

O congresso de missões mais famoso do Brasil, finalmente agoniza


Contrariando Malafaia, Tiago Brunet disse que Fábio de Melo é sua inspiração

No início da semana Malafaia criticou duramente a troca de elogios entre Deive Leonardo e Fábio de Melo


Sarah Beatriz responde críticas dos evangélicos: “O meu dever é ajudar”

A cantora publicou um vídeo e respondeu a todos que criticaram o seu encontro com a funkeira Ludmila


Gospel? Funkeira Ludmila realiza encontro de célula em sua casa

O encontro foi marcado pela presença da cantora Sarah Beatriz e o humorista Whindersson Nunes


Assembleia de Deus do Belém de luto: “foi promovido as mansões celestiais”

Pastores e líderes estão se dirigindo para São Paulo para se despedir do pastor


Caso Flordelis pode virar série da Netflix

Em 2019 a Netflix ficou no centro de várias polêmicas por causa de algumas de suas produções