Silas Malafaia se une a Edir Macedo em decisão histórica para corrigir erro do passado

Macedo e Malafaia ajudaram o PT a chegar ao poder, e agora tentam em conjunto retirá-lo de lá


Publicado em: 23/10/18 às 9:39 por Redação | Atualizado em 16/01/2019 às 11:50

Pastor Silas Malafaia e Bispo Edir Macedo (reprodução)

O pastor Silas Malafaia, líder e fundador da ADVEC (Assembleia de Deus Vitória Em Cristo), está de mãos dadas com o fundador da IURD (Igreja Universal do Reino de Deus), em uma batalha épica contra o PT, que favorece o candidato a presidência Jair Bolsonaro.

Embora essa união de esforços dos líderes religiosos exista em prol do mesmo propósito, é pouco provável que tenham sentado para tomar um café e definir a melhor forma de apoiar o capitão.

+ Cantor gospel Kleber Lucas se posiciona contra Bolsonaro e manda indireta

Apesar disso certamente não ter acontecido, os interesses estão bastante alinhados e o apoio de dois dos principais nomes dentro do segmento cristão do país, tem um enorme peso político, tanto que o candidato do PSL segue na frente em todas as pesquisas, em detrimento do seu rival, figura personificada do Partido dos Trabalhadores (PT), nessa disputa eleitoral.

Vale lembrar que, tanto o pastor Silas Malafaia quanto o bispo Edir Macedo, apoiaram o PT, e ajudaram Lula a se instalar na presidência.

Estariam tentando reparar esse erro?

Entenda como Silas Malafaia e Samuel Ferreira foram os grandes vencedores do 1° turno

O pastor Silas Malafaia (ADVEC), teve vários motivos para comemorar o resultado do primeiro turno das eleições 2018 no Rio de Janeiro.

O fundador da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, conseguiu reeleger seu irmão, Samuel Malafaia (Deputado Estadual), e o pastor Sóstenes Cavalcante (Deputado Federal).

Além de reeleger os seus deputados, Malafaia foi um importante cabo eleitoral para as campanhas do dono da MK, Arolde de Oliveira [Condenado em primeira instância por fraude], e Flávio Bolsonaro, ao Senado, respectivamente.

O presidente indicado por Malafaia, Jair Bolsonaro (PSL), ganhou no primeiro turno.

Já em São Paulo, o santo Bispo Samuel Ferreira, líder da assembleia de Deus do Brás [ADBRÁS], conseguiu encaixar um novo representante da igreja na Assembleia legislativa.

Alexander Muniz de Oliveira, que agora passa-se a chamar Alex de Madureira, foi eleito deputado estadual com 116 mil votos, e irá ocupar uma vaga na ALE de São Paulo.

Por outro lado, Antonio Cezar Correia Freire [Cezinha de Madureira], foi eleito deputado federal com 119 mil votos.

Bispo Samuel Ferreira e Cezinha de MadureiraBispo Samuel Ferreira e Cezinha de Madureira



Aniversariante do mês
Álvaro Tito

Cantor

53 anos


publicidade

Mais artigos

Violência: Pastor é assassinado a tiros em frente a igreja

O pastor foi socorrido por vizinhos e levado para a UPA de Serra Sede, mas não resistiu e morreu antes de receber atendimento


Teto de igreja evangélica desaba após incêndio e pastor se desespera

De acordo com a Polícia Militar, um curto circuito pode ter causado o incêndio


Irmãos suspeitos de matar pastor se entregam à polícia

Os suspeitos estavam foragidos e com mandado de prisão em aberto após serem indiciados pela morte do pastor evangélico Edenilton Félix


Nesta segunda Flordelis prestará depoimento à polícia sobre morte do marido

Flordelis também pretende conceber uma entrevista coletiva aos jornalistas na próxima terça-feira 25


Segundo a polícia, cenário macabro foi encontrado na casa de Flordelis, saiba mais

Todas as pessoas que estavam na casa no dia do crime estão sendo investigadas


Flordelis quebra o silêncio, critica a polícia, e detalhe chama a atenção

Uma semana após o assassinato do pastor Anderson do Carmo a cantora desabafa nas redes sociais


Acidente grave mata pastor e diácono durante viagem missionária

Além disso, outros dois irmãos que também estavam no veículo na hora do acidente. Eles sofreram ferimentos e foram levados para hospital da região


Corpo do Pastor Anderson do Carmo poderá ser exumado

Segundo depoimento de um dos filhos adotivos, Flordelis e mais três filhas estão envolvidas no crime


Fernandinho protagoniza polêmica e é atacado nas redes sociais

Fernandinho, que foi considerado como uma das principais atrações da Marcha Para Jesus, usou o microfone para alfinetar os católicos


Evangélicos criticam participação de Mara Maravilha na Marcha Para Jesus

Ela publicou o vídeo  de sua apresentações no dia seguinte e, imediatamente, começou a ser criticada