Pastor Silas Malafaia elege todos os candidatos que apoiou no RJ

Dos cinco candidatos apoiados por Malafaia, quatro foram eleitos e um vai para o segundo turno


Publicado em: 08/10/18 às 9:23 por Micael Batista | Atualizado em 17/01/2019 às 15:03

Pastor Silas Malafaia

O pastor Silas Malafaia continua se consolidando como um excelente cabo eleitoral no estado do Rio de Janeiro.

O presidente da ADVEC (Assembleia de Deus Vitória em Cristo), conseguiu eleger todos os candidatos que apoiou no estado, e seu presidente, Jair Bolsonaro (PSL), embarcou para o segundo turno.

+ Veja cantoras gospel que se deram bem ou mal no primeiro turno

Veja quem são os candidatos eleitos no Rio de Janeiro com o apoio do pastor Silas Malafaia

Samuel Malafaia (DEM) – Deputado Estadual         | 83.784 votos
Sóstenes Cavalcante (DEM) – Deputado Federal     | 94.203 votos
Flávio Bolsonaro (PSL)  –      Senador                         | 4.380.418 votos
Arolde de Oliveira (PSD)      Senador                          | 2.382.265 votos

Evangélico, Magno Malta perde vaga no Senado após 15 anos de mandato

O Senador Magno Malta (PR-ES), amargou uma dura derrota nas urnas neste domingo de eleições. Ocupando uma cadeira no Senado Federal desde janeiro de 2004, Malta, que além de político é pastor evangélico e cantor gospel, ficará sem mandato a partir de janeiro de 2019.

Magno Malta acabou ficando em terceiro lugar nas eleições, e os 611.284 votos, não foram suficientes para lhe garantir uma das duas vagas.

Fabiano Contrato (Rede), acabou em primeiro lugar, com 1.117.036 votos e Marcos do Val, garantiu a segunda cadeira com 863.359 votos.

Escolheu errado

Magno Malta vinha sendo cogitado como o grande nome para ser o vice na chapa de Jair Bolsonaro (PSL). O partido até já havia lhe dado carta branca, mas apesar dos vários convites do próprio Bolsonaro, Magno Malta recusou todos, e preferiu apostar em sua candidatura.

Devido aos anos no poder e os serviços prestados no Estado do Espirito Santo, Malta acreditava ter uma chance real de se reeleger pela terceira vez.

Dossiê Magno Malta

Duas semanas antes das eleições, o polêmico youtuber Paulo Souza do canal “No Entanto”, divulgou um dossiê de Magno Malta que acabou dando o que falar nas redes sociais.

O vídeo acabou influenciando diretamente no resultados das eleições que deixaram Malta fora do Senado.




Aniversariante do mês
Giselli Cristina

Cantora

39 anos


publicidade

Mais artigos

Regis Danese anuncia lançamento de novo single e fãs se emocionam

Através do Instagram de Regis Danese compartilhou um pouco da sua nova música intitulada "Eu Decido Adorar". Todos torcem pelo sucesso do cantor


Priscilla Alcantara emociona sucessora com declaração de amor

Após cantar sucesso de Lady Gaga e causar polêmica, Priscilla volta a chamar atenção dos internautas


Igreja é alvo de arrombamento e furto nesta madrugada

Uma igreja católica foi alvo de furto na madrugada desta quinta-feira (23). A Polícia Militar foi acionada e compareceu ao local da ocorrência


Pastor é preso em BH suspeito de falsificar diplomas e carimbos médicos

Segundo a Polícia Militar (PM), vários materiais comprometedores foram encontrados com o pastor


Pastor era o alvo do atirador que matou quatro pessoas em Igreja Batista

De acordo com informações do irmão de uma das vítimas, o assassino Rudson Aragão Guimarães, queria se vingar do pastor


Homem é submetido a cirurgia e declara: “Milagre de Deus”

"Um milagre de Deus. Primeiramente de Deus e, segundo, o doutor. Nunca me faltou fé, até hoje não, graças a Deus", disse o homem durante uma entrevista


Lauriete vota a favor da COAF e é “atacada” na internet

Lauriete votou a favor da COAF e se julgou estar visando o melhor para o Brasil, entretanto, a atitude foi o bastante para causar polêmica


Abílio Santana se reúne com Bolsonaro no gabinete presidencial

Recebido com honra pelo presidente em seu gabinete, o leão da Bahia tratou de assuntos de interesse dos evangélicos


Ministério Público arquiva inquérito contra Igreja Universal

O inquérito havia sido instaurado no ano de 2017, após uma série de reportagens da rede de televisão TVI, ser exibidas.


Igreja evangélica faz jejum e oração para ministério “concorrente” fechar

Ainda é um tabu que precisa ser quebrado, as igrejas mais antigas em sua grande parte não se unem com os novos ministérios.