Eyshila ataca político nas redes sociais e é criticada por seguidores

A cantora publicou um vídeo em que o político afirma que defende o aborto e a união homoafetiva


Publicado em: 10/10/18 às 10:03 por Caio Rangel | Atualizado em 10/10/2018 às 11:01

Cantora Eyshila (Reprodução)

Compartilhe:

As eleições 2018 está sendo uma das mais importantes e polêmicas dos últimos anos. Atentados, fake news, socialismo, capitalismo, direita, esquerda, nunca se falou tanto sobre o assunto em uma eleição presidencial no Brasil.

+ “Assembleianos” se revoltam, após senadora eleita pela igreja declarar apoio à Haddad

A grande maioria dos evangélicos apoiam o candidato Jair Bolsonaro, nem tanto por suas propostas, mas sim pelos valores que ele defende. Cantores, pastores, líderes, muitos deles já se posicionaram e usam suas redes sociais para fazer campanha e tentar influenciar os indecisos.

A cantora gospel Eyshila, é uma das centenas de artistas que se posicionaram politicamente nas redes sociais e que tentam influenciar os indecisos,  fazendo de suas redes sociais um comitê  político.

+ Escândalo: Cantor gospel Samuel Mariano se envolve em mais uma polêmica

Na última terça-feira (10), Eyshila fez um desabafo em seu Instagram e partiu para o ataque ao político Ciro Gomes. A cantora publicou um vídeo em que Ciro afirma que defende o aborto e a união homoafetiva,

Eyshila escreveu: “Tenho vergonha de ter nascido no mesmo estado que esse cidadão. Ele é fingido e dissimulado. Jamais votaria em alguém que ele indicasse”. 

+ Candidato a federal, cantor gospel comemora vitória antes da hora e passa vergonha

A declaração acabou irritando alguns seguidores que criticaram a cantora.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Tenho vergonha de ter nascido no mesmo estado que esse cidadão. Ele é fingido e dissimulado. Jamais votaria em alguém que ele indicasse. #ForaPT #Bolsonaro17

Uma publicação compartilhada por Eyshila (@eyshilasantos) em


Cantor gospel que já foi ícone da música pentecostal tenta se reeleger há 8 anos

Para o cantor gospel Marcos Antônio, mas conhecido como “O Negrão abençoado” conseguir voltar a câmara federal tem sido uma missão impossível. Ele já foi um grande puxador de votos da Igreja Assembleia de de Deus de (PE), mas hoje a comunidade evangélica já não lhe respeita mais como um porta-voz dos seus interesses.

Marcos Antônio conseguiu se eleger deputado federal por Pernambuco nas eleições de 2006, com 62.019 votos, um feito inédito em sua carreira. Com a popularidade em alta e o apoio de muitos líderes evangélicos, não foi tão difícil conseguir o cargo de federal.

+ Evangélico, Magno Malta perde vaga no Senado após 15 anos de mandato

No decorrer dos anos o cantor se envolveu em muitos escândalos que acabaram manchando sua imagem e prejudicando a sua carreira. Sendo proibido de cantar em várias igrejas, como por exemplo a Assembleia de Deus de Pernambuco, o cantor optou então se refugiar na Paraíba, onde em 2010 tentou a reeleição mas só obteve 32.488 votos, quase a metade do que havia recebido em 2006.

Nas eleições para prefeito de 2012, o cantor voltou para Pernambuco e disputou a vaga de prefeito da cidade de São Lourenço da Mata (PE), sua terra natal. O resultado não foi diferente, perdeu outra vez. Em 2014 tentou outra vez ser deputado federal defendendo a bandeira da Paraíba, e mais uma vez perdeu, obteve 24.603 votos.

+ Candidato a federal, cantor gospel comemora vitória antes da hora e passa vergonha

Cada vez mais envolvido em escândalos, e sem o apoio dos líderes evangélicos e dos fies, Marcos migrou para o estado da Bahia, e saiu deputado federal pelo (PTC) nas eleições de 2018, e obteve o seu pior desempenho com apenas 4.367 votos.

+ Condenado por fraude, dono da MK é eleito Senador pelo RJ

O fraco desempenho nas urnas, apenas espelham a realidade de sua popularidade. O cantor que já foi um dos preferidos do publico evangélicos, a cada dia entra para lista dos esquecidos e ex-famosos que alcançaram o ápice do sucesso, mas infelizmente não conseguiram se manter.

Compartilhe:



Mais artigos

Com câncer, Ludmila Ferber se despede dos palcos e recebe homenagens

O comunicado foi feito através das suas redes sociais na manhã deste domingo 9 de novembro


Cantora gospel usa o sobrenome do “ex-marido” e do atual e evangélicos não perdoam

Após se casar pela segunda vez a cantora chamou a atenção dos internautas depois que atualizou o seu perfil nas redes sociais


Castigo? Daciolo decepciona evangélicos e passa maior vergonha de sua história

Daciolo tem sido alvo de muitas críticas por conta de algumas atitudes, e tem cada vez mais decepcionado a comunidade evangélica


Com câncer, Deise Cipriano fala pela primeira vez após sair da UTI e emociona filha

Deise Cipriano está consciente há 40 dias e respira sem ajuda de aparelhos


10 fatos sobre a pastora Damares Alves, a nova ministra de Bolsonaro

Com Damares Alves confirmada como nova ministra, falta apenas definir e anunciar o titular do Ministério do Meio Ambiente


Cantora gospel que está noiva, anuncia chegada de filho e surpreende evangélicos

Ela está sempre envolvida em alguma polêmica por dizer o que pensa e vive se metendo em confusão


Esposa de Kleber Lucas lança campanha para ajudar casais e faz revelação surpreendente

Danielle Favatto já foi casada com o ex-jogador Romário, enquanto que Kleber já está em seu terceiro casamento


Kemilly Santos faz sucesso com nova música e conquista marca histórica

Se for feita uma análise matemática, percebe-se que a cada 1 dia que se passou em média 100 mil pessoas foram alcançadas com esse louvor


Cantor gospel posta vídeo em bar cantando música secular e é criticado por seguidores

O cantor se irritou com o comentário e respondeu logo em seguida afirmando que não canta mais música gospel


Declaração polêmica causa mal-estar entre Ana Paula Valadão e movimento LGBT

Essa não é a primeira vez que a cantora causa discussão ao comentar sobre o tema