Bomba! Alisson e Neide irão anunciar o fim da dupla até Dezembro

Em meados de 2018 a tradicional dupla Rayssa e Ravel também chegou ao fim após 24 anos de parceria


Publicado em: 30/10/18 às 10:15 por Caio Rangel | Atualizado em 16/01/2019 às 10:04

Alisson e Neide (Reprodução)

A dupla petencostal mais badalada do momento,  Alisson e Neide, está prestes a acabar e ambos seguirem carreira solo. A informação foi obtida com exclusividade pelo site O Fuxico Gospel.

Segundo informações de fonte segura, eles ainda cantam juntos até o final de dezembro deste ano por conta dos contratos e agendas já confirmadas, depois disso cada um vai para o seu lado.

+ Depois da vitória pastor Cláudio Duarte deixa recado para seus seguidores

Não é por acaso que o cantor Alisson, fez um novo canal no Youtube, e está publicando músicas de sua autoria já interpretadas por ele sozinho, com o argumento que são canções para serem vendidas, e que o canal novo será usado apenas para essse fim. De acordo com as informações, o cantor irá lançar um novo álbum a partir de janeiro de 2019.

Outra dupla que chegou ao fim após de 24 anos de história dentro da música gospel, foi a conhecidíssima dupla Rayssa e Ravel. Em meados deste ano eles anunciaram que iriam lançar projetos individuais, e que seguiriam com a dupla, mas não foi o que aconteceu, agora cada um segue em carreira solo sem destaque dentro do cenário gospel atual.

+ Urgente! Missionária Renalida Carvalho é levada as pressas para hospital

Alisson e Neide já cantam juntos há muito tempo, mas vinheram ganhar notoriedade dentro da música gospel depois da canção ” Sinceridade”, que continua sendo um dos maiores sucessos da dulpa.

Porém para os adimiradores, interssessores e fãs da dupla, é melhor já irem se acostumando com a idéia, porque em 2019 a dupla deixará de existir. Até o momento não foi revelado a verdadeira causa da separação entre a tia e o sobrinho que vivem hoje um dos melhores momentos dos seus ministérios.

+ Vídeo: Gabriela Rocha é vaiada durante show na Bahia

Assista ao clipe da música que projetou a dupla.

Caio Fábio publica foto com comentário ‘maldoso’ e internaltas repudiam atitude do pastor

Publicação do rev. Caio Fábio (Reprodução Instagram)
O rev. Caio Fábio, publicou em suas redes sociais uma imagem um tanto quanto perturbadora. Ele conseguiu tirar uma foto do momento que o senador Magno Malta estava fazendo uma oração que foi transmitida pela Rede Globo, na hora do pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro.

+ Com gritos de “Adeus, Lula” cantor gospel Davi Sacer comemora vitória de Jair Bolsonaro

No primeiro turno o reverendo se posicionou a favor da candidata a presidência Marina Silva (REDE). A maioria das publicações no Instagram oficial dele foram contra o presidente eleito, deixando bem claro a sua aversão ao presidenciável. Opinião essa que foi acatada por alguns dos seus seguidores, embora outros não foram tão receptivos pelo fato do Caio ofender por várias vezes Jair Bolsonaro (PSL).

Veja a seguir a publicação do Rev. Caio Fábio:

Post feito pelo Caio Fábio em seu instagram (Reprodução Instagram)

Post feito pelo Caio Fábio em seu instagram (Reprodução Instagram)

O líder religioso escreveu na legenda da publicação sua interpretação da cena, dizendo: “Cuidado! Com o Frota chegando por trás, a Oração tem que ser vigilante … pra o Frota não entrar em tentação. kkkkkkkkkk”.

O comentário maldoso do Caio Fábio não pegou bem, ele recebeu uma enxurrada de textos dos seus seguidores, uns repudiando a postagem do reverendo, e outros o apoiando a sua fala.

+ Profecia de Marco Feliciano se cumpre enquanto Daciolo ora em monte de Israel

Antes das eleições do primeiro turno, Jair Bolsonaro sofreu um atentado no dia 06 de setembro, que o deixou em recuperação no Hospital Israelita Albert Einstein por 23 dias, após um ex militante do PSOL ter atingido com uma faca uma parte do seu intestino.

Caio Fábio não respeitou o momento difícil que os familiares estavam passando e publicou em uma de suas redes sociais a seguinte mensagem:

“Oremos pela paz no Brasil. Não podemos plantar ódio e colher paz. Não se semeia espinheiro esperando comer uvas. Esse ódio, esse espírito de tribalismo auto-fágico, tem que ser parado por nossa escolha de paz; e pela nossa certeza de que a violência não precisa de estímulo. Aquilo que semearmo



Aniversariante do mês
André Valadão

Cantor

40 anos


publicidade

Mais artigos

Gabriela Rocha deixa escapar novo clipe e frustra mundo gospel

Nesta quarta-feira, uma notificação sobre um novo vídeo apareceu para os inscritos no canal de Gabriela, mas se frustraram ao saber que não tinha vídeo


Pacto: Edir Macedo, Márcio Valadão e Estevam Hernandes, saiba mais

O encontro contou com a presença dos principais líderes das igrejas neopentecostais do Brasil


Cantora gospel Pamela divulga novo single e fãs adoram

O novo single da cantora gospel Pamela terá participação especial de Anderson Freire e será lançado nesta quarta-feira às 11h


Exclusivo: Revelada doença misteriosa da cantora gospel Mara Lima

Mara Lima fará mais uma cirurgia e poderá encerrar sua carreira na música gospel


Paulo Betti é expulso durante culto evangélico na Igreja Universal

O ator ainda teria publicado um vídeo do exato momento em que foi expulso do templo, mas não demorou para apagar


Cantora gospel invade show de Ludmila Ferber e surpreende pastora

O caso aconteceu durante um evento que se consistia em reunir grandes nomes da música gospel, o show de Ludmila foi interrompido por sua amiga


Pastor agride missionário com faca em briga por dinheiro

O pastor era tio do missionário e a briga aconteceu por causa de R$ 500


Fim de rixa, após 4 anos Thalles Roberto e Cassiane fazem as pazes

Thalles Roberto foi o protagonista do maior escândalo de 2015, quando irritou a todos ao dizer que estava acima da média


Cantora gospel Aline Barros divulga data de “Autor da Vida”

A cantora lembrou que esta sexta-feira, dia 26, irá sair o lançamento do seu mais novo projeto musical


Travesti invade culto, tenta agredir fiéis e é preso pela polícia

O travesti de 28 anos foi acusado de tentar impedir o andamento do culto