“Assembleianos” se revoltam, após senadora eleita pela igreja declarar apoio à Haddad

O assunto tem gerado muita discussão, uma vez que a maioria dos evangélicos, principalmente da Assembleia de Deus, apoiam Bolsonaro


Publicado em: 09/10/18 às 11:04 por Caio Rangel | Atualizado em 09/10/2018 às 17:25

Fernando Haddad (Reprodução)

Compartilhe:

A Igreja Assembleia de Deus do estado do Maranhão elegeu a maioria dos candidatos que apoiou nas eleições do último dia 07 de Outubro. Dentre os políticos apoiados pela a igreja está a atual deputada federal Eliziane Gama (PPS).

Eliziane Gama foi candidata a senadora e obteve apoio total da Assembleia de Deus no maranhão, a atual deputada venceu com 27%, um total de 1,3 milhões de votos.

+ Saiba como: Cabo Daciolo diz que será o próximo presidente do Brasil mesmo não disputando o segundo turno

A senadora eleita é evangélica e filha do pastor Domingos Newton Gama. A igreja estaria comemorando se não fosse o fato da candidata se manifestar e declarar apoio ao presidenciável Fernando Haddad no segundo turno das eleições.

A cúpula da Assembleia de Deus no estado do Maranhão desaprova a atitude da deputada que teve uma votação considerável com o apoio dos líderes religiosos. O assunto tem gerado muita discussão, uma vez que a maioria dos evangélicos, principalmente da Assembleia de Deus, apoiam Bolsonaro.

+ Veja cantoras gospel que se deram bem ou mal no primeiro turno

Nas ruas as opiniões estão divididas, algumas pessoas alegam que ela está certa e tem que seguir as orientações do partido, enquanto outras pessoas não concordam com a decisão tomada pela deputada evangélica Eliziane Gama.

+ Escândalo: Cantor gospel Samuel Mariano se envolve em mais uma polêmica

Assista ao vídeo da declaração da senadora eleita.

Cantora gospel Elaine Martins abre o coração em entrevista ao O Fuxico Gospel

Cantora gospel Elaine Martins (Reprodução)

A cantora gospel Elaine Martins, concedeu uma entrevista exclusiva ao O Fuxico Gospel. A artista falou sobre sua história na música gospel, família, a dor de perder um filho e sobre sua grande inspiração musical.

Acompanhe essa entrevista com a simpática Elaine Martins:

Com quantos anos você começou cantar?

Elaine Martins: Eu comecei a cantar com quatro anos de idade por que eu nasci no berço evangélico, e ai a gente quando começa desde pequena na igreja a gente começa a cantar no conjunto das crianças né? E aí aquela coisa vai crescendo você vai partindo pros adolescentes, pra mocidade, e tal, então eu comecei a cantar muito cedo, aí eu digo que é desde os meus quatro anos de idade, por que foi quando eu comecei a solar, e ter oportunidade pra cantar sozinha.

Quem foi sua grande inspiração?

Elaine Martins: Cristina Mel foi uma pessoa que eu cresci ouvindo muito, a Cristina Mel foi sempre uma inspiração pra mim como cantora. Eu ouvia a Cristina Mel e dizia ela canta muito, eu queria cantar desse jeito e a Cristina Mel é um doce né? Então quem não quer estar perto, ou ser igual a uma pessoa que é tão carinhosa, que é tão meiga, que é tão fofa, e a Cristina Mel é isso com certeza.

Quais foram as maiores dificuldades que você enfrentou no início da sua carreira?

Elaine Martins: Foi ouvir de pessoas famosas, de pessoas que estavam assim, em cima mesmo sabe? Pessoa que estava em evidência, dizerem pra mim que meu CD não era bom, que as músicas não eram boas, sabe? Que o produtor não era famoso, e isso foi uma coisa que me desmotivou um pouco, confesso que deu medo quando eu vi e ouvi, alguns cantores falando ao meu respeito, que eu não tinha aparência de cantora, que à dezoito anos atrás, sabe, eu tinha só dezoito anos de idade, e aí eu ouvi as pessoas dizendo que poxa, a Elaine não tem aparência, hoje em dia a cantora tem que ter aparência, tem que ser bonita e tal, e eu sinceramente, é quase uma “facada” no coração, a gente ouvir uma coisa dessa né? Mas, eu fiz igual Maria, eu fiquei com a promessa, José podia ir embora que ela tinha certeza de que ela tinha visto o anjo do Senhor falar com ela, e ela não ia abrir mão da promessa, que era Jesus, e foi o que aconteceu comigo eu não abri mão da minha promessa.

+ Urgente: Fernanda Brum volta ao hospital após nova crise e decisão dos médicos entristece a cantora gospel

Você pensou em desistir quando perdeu o seu filho?

Elaine Martins: Olha, eu não sei se a palavra seria desistir, eu não pensei em desistir de gravar, desistir de Jesus, desistir nunca. Eu nunca pensei em desistir de Jesus, já chegou momentos da minha vida que eu pensei em parar de gravar, mas desistir de Jesus, do meu ministério nunca, a primeira agenda que eu fiz depois que eu perdi o João foi muito dolorosa, a primeira agenda eu estava sem chão, eu fiquei sem saber o que dizer, sem saber o que cantar eu lembro que meu esposo disse pra mim, Elaine o que aconteceu com você, eu estava meio que perdida, por que o meu coração ficava o tempo todo, o que você está cantando o que você está fazendo, olha o que aconteceu com você, como você vai dizer para as pessoas, hoje Deus mudou a minha vida, vai mudar a sua história, como você vai mandar o povo voltar a sonhar, o meu coração ficou me enganando por um período, mas o Senhor é bom, desistir nunca.

Qual a lição que você tirou desse capítulo amargo da sua vida?

Elaine Martins: Eu fico até emocionada por que, eu vou falar um trecho da música que eu gravei Lindo Presente, “eu estou mais forte, mais resistente, a perda ensina, e a gente aprende, a ser de Deus mais dependente”. Esse trecho, é um trecho que acho que ele me completa, sabe? Esse momento me completa com certeza.

O que sua família significa para você ?

Elaine Martins: A minha família é meu tudo, é minha base, eu amo a minha família, eu amo meu marido, eu amo meus filhos, sabe, eu sempre estou postando sobre minha família nas redes sociais falando sobre minha família, eu não quero ser exemplo família ‘claybom’, não, a família ‘claybom’ é muito perfeitinha, é muito linda, é muito maravilhoso. Eu quero ser exemplo de família comum, de família normal, e é o que eu tento passar para as pessoas sabe?

Que eu sou mãe, que eu faço comida pra meu marido, eu faço comida pra meus filhos, eu escolho roupas pra eles vestirem, as vezes eu acho que o Ozéias não está combinando, eu falo, olha essa camisa não está boa, essa gravata não está combinando, esse terno não está combinando, ele pergunta esse sapato está bom? Eu digo, esse sapato não está combinando, sabe? As roupas dos meus filhos eu escolho, eu gosto de vê-los bem arrumados, organizados, eu gosto de organizar, eu vejo se estar faltando alguma coisa, eu corro atrás pra poder arrumar pra eles.

Então assim, a minha família é uma base que eu tenho, e que as pessoas as vezes reclamam um pouco que eu não fico mais de dois dias no estado sem os meus filhos, reclamam por que não passo cinco dias. Ah, agente queria fazer uma turnê com você.

Gente eu não faço turnê, por que eu não tenho coragem de fazer turnê e largar meus filhos em casa, cinco dias, uma semana, eu não acho justo, não acho certo, não concordo, eu to falando de mim Elaine, cada um tem a sua visão. Mas, eu particularmente acho que é a minha visão, é que meus filhos precisam de mim, em qualquer momento, e que eu tenho que está presente pra cuidar deles e aí acaba se tornando um pouco cansativo né, por que eu canto e volto, eu canto e volto sempre, eu vou e volto em casa, nem que eu viaje no outro dia eu chego em casa, vejo meus filhos, dou um beijo, dou um banho, ponho pra dormir, viajo no outro dia de manhã cedinho, e isso me satisfaz, por que eu acho que meu ministério começa dentro da minha casa.

Você também compõe, ou só interpreta?

Elaine Martins: Sim, não tenho nenhuma canção assim de grande repercussão, que eu compus. Uma das canções, que eu acho que as pessoas conhecem um pouco mais, é a canção Você. ‘Você, que tem sempre uma palavra amiga. Você, que me ajuda com o peso da cruz…’

O que você acha do cenário gospel atual?

Elaine Martins: (Risos) É complicado né? Muito complicado. Eu vou falar de mim, tá? Eu não tenho outra pessoa à falar, há não ser de mim, porque, eu não posso ficar falando de A, de B, de C. Eu não conheço todo mudo no seu particular. Eu não conheço o cenário gospel no seu particular, eu tô dizendo, no íntimo de cada cantor, de cada pregador, de cada pastor, das igrejas. Então vou falar de mim.

Eu não sou mais santa que ninguém, não sou mais pura do que ninguém, mas eu procuro estar na presença de Deus. Então eu não vou dizer; a minha geração se corrompeu, porque eu estou nessa geração. Eu não vou dizer, a minha geração se prostituiu. Não, porque eu estou nessa geração. A minha geração não presta, eu não posso dizer isso, porque eu faço parte dessa geração.

Então eu digo que o cenário gospel é uma benção. Ainda tem profeta em Israel. Ainda tem sete mil que não se dobrou. Ainda tem um povo que está sendo sustentado à pão e água, mas que está na presença do Senhor Jesus.

Qual conselho você dá para quem está iniciando agora ?

Elaine Martins: É que você creia na promessa do Senhor. Porque eu já disse aqui, eu ouvi muitas palavras negativas de pessoas que eram grandes, sabe? E se eu me deixasse levar por essas pessoas, eu confesso que eu não teria prosseguido. Mas, eu me apeguei à Jesus, e eu ouvi a voz de Jesus.

E eu entendi que realmente que minha chamada não estava no homem, estava nele, e Ele estava me chamando pra grande obra, Eu entendi que era ele que estava me dizendo, vem porque estou contigo, vai porque eu sou contigo.

E é por isso, até hoje, pela infinita misericórdia do Senhor, eu estou de pé. Eu sei que não depende da Elaine, não depende da voz da Elaine, não depende da gravadora da Elaine, e não depende da igreja ou do pastor da Elaine, é a boa mão do Senhor Jesus que me sustentou, e que vai continuar me sustentando. Eu tenho vinte anos de ministério, e é uma alegria que eu tenho muito grande em servir ao Senhor Jesus. Eu posso dizer que, por incrível que pareça, eu vivendo um momento único, eu não sei muito bem explicar, mas eu tenho vivido momentos de alegria, de gozo na alma. A impressão que eu tenho é de que eu dormi com uma ferida muito grande, e enquanto eu dormia, veio alguém, o Espirito Santo, um Anjo, o próprio Jesus, não sei, eu sei que alguém veio, e fechou a ferida.

E não fechou e sabe, não ficou. Cicatrizou de verdade, uma ferida que estava muito grande dentro de mim. E eu não digo só ferida pelo que aconteceu com o João, eu digo uma coisa em geral, da minha vida, da minha caminhada, da minha trajetória, de muitas coisas que eu vivi, de muitos, sabe, de muitas dificuldades, muitos ‘nãos’, de muitas coisas que eu ouvi, que me entristeceram, que feriram a minha alma. Parece que de verdade, eu dormi chorando, como diz a canção Teu Querer, e eu acordei cantando, e eu tenho a convicção de quê o Senhor está cuidando de mim.

Um beijo, obrigado, que Deus abençoe a todos vocês. Fica na paz.

Compartilhe:



Mais artigos

Cantor gospel Kleber Lucas promoverá evento em prol da união de todas as religiões

Kleber Lucas é um dos líderes da (CCIR) Comissão de Combate a Intolerância Religiosa


Em meio a crise financeira no Brasil cantora gospel ganha milhares de Reais e chama atenção

Kemilly Santos é a nova queridinha da Sony Music, entenda como a cantora de “fica tranquilo" tem deixado gravadora e empresário sem tranquilidade.


Cantor gospel flagrado aos beijos com outro homem estaria em depressão profunda

Segundo informações de amigos próximos ao cantor, ele está enfrentando uma forte crise de depressão


Chocante: Avião em que a cantora gospel Fernanda Brum viajou “quase caiu” na Bahia

A notícia foi publicada pela própria cantora gospel em suas redes sociais


Evangélicos e 13 razões para não votar em Haddad

A grande massa evangélica não apoia o candidato e nem concordam com seu plano de governo


Daniela Araújo alcança perdão e recupera número importante na sua carreira

A cantora gospel tem alcançado uma enorme recuperação apenas um ano após o maior escândalo da sua carreira


8 fatos sobre Jair Bolsonaro que os pastores insistem em ignorar

Bolsonaro lidere as pesquisas para presidente no segundo turno e tem apoio da maioria dos evangélicos


Integrante do Coral Kemuel, gay? Será mesmo?

Os rumores de que existe um integrante do Kemuel homossexual circula nos grupos de Whatsapp desde o início da semana


Urgente: Com câncer, cantor famoso clama a Deus por cura

O cantor declarou recentemente que se sente confiante na cura por Deus e comoveu os internautas


Depois de suicídio de pastores, cantores gospel contraem doenças graves. Entenda!

Ludmila Ferber, Fernanda Brum e Pregador Luo, são apenas alguns nomes dos artistas gospel famosos que anunciaram estarem doentes