8 fatos sobre Jair Bolsonaro que os pastores insistem em ignorar

Bolsonaro lidere as pesquisas para presidente no segundo turno e tem apoio da maioria dos evangélicos


Publicado em: 18/10/18 às 16:43 por Caio Rangel | Atualizado em 18/10/2018 às 16:43

Jair Messias Bolsonaro (Reprodução)

Compartilhe:

O presidenciável Jair Bolsonaro, tem recebido o apoio da grande maioria dos cristão católicos, e principalmente dos evangélicos. A explicação dada pelos pastores, é que o candidato é defensor da família tradicional, e dos valores morais e cristãos. Mas será que Bolsonaro é um legítimo dos valores cristãos ?

O site O Fuxico Gospel enumerou 8 fatos intrigantes sobre o candidato ignorados pelos pastores.

1_ Maçonaria

Um dos seguimentos mais envolvidos com a maçonaria no Brasil, e também em vários cantos do mundo, é os militares, para quem não sabe o que é a maçonaria, é necessário uma breve apresentação dessa seita extremamente perigosa a fé cristã.

A seita maçônica esteve envolvida por traz de quase todas as grandes mudanças do mundo ocidental e estão atreladas com outras seitas ocultistas. Os membros da maçonaria podem ser definidos como o maior grupo criminoso da historia, pois unem traficantes, políticos corruptos e militares todos no mesmo lugar e salvos por juramentos internos, não podem ter movimentos contra seus membros, eles fazem tudo por traz dos panos, nenhuma ação deles são mostradas ao publico, tudo é oculto e o mais triste de tudo, o envolvimento de pastores evangélicos aos montes com a seita.

2_ Pena de morte

Bolsonaro possui entre os políticos brasileiros a opinião mais feroz no quesito pena de morte. O político defende que em alguns casos, criminosos terão que pagar pelo seus crimes com a própria vida.

O político se baseia em leis de alguns estados americanos, e pretende adotar as mesmas práticas  caso chegue a presidência da república.

O mesmo candidato que é contra o aborto, é o defensor da pena de morte para os cimosos.

3_ Olho por olho, dente por dente

Bolsonaro defende que bandido bom é bandido morto, e quem comente crime tem que sofrer, e não ser reabilitado para voltar a sociedade. O político prega que violência se combate com violência, mas é isso que Jesus nos ensina? porque os pastores ignoraram  esse posicionamento do presidenciável?

4_ Ditadura Militar

Um dos maiores defensores da ditadura militar no Brasil, é sem duvida Jair Bolsonaro, o político tem influenciado muita gente. Existe uma movimentação suspeita nos dias de hoje para que os militares retomem o poder, e para isso eles tem recebido apoio até de alguns pastores evangélicos.

O número de mortos aparece como pouco mais de 300 pessoas confirmadas, mas não significa que esse tenha sido o numero real de mortos, isso por que cerca de 1.200 camponeses e pessoas pobres pertencentes a classes mais baixas, desapareceram na ditadura. Os militares pregam que esse numero seja menor e derruba para 434 pessoas que desapareceram durante o domínio militar

5_ Direitos Trabalhistas

O politico de extrema-direita afirma que não tem opinião própria sobre o assunto, e que compactua e reproduz a opinião da classe empresariada, que diz que “O trabalhador tem que escolher, ou emprego sem direito, ou direito sem emprego nenhum”, justamente essa é a opinião do empresariado, que apenas tem o intuito de atender suas próprias necessidades, note que Bolsonaro não consulta o povo, ele não procura a opinião popular, das pessoas simples e pobres que dependem do suor do seu trabalho.

6_ Bolsonaro já elogiou torturadores

A tortura é um ato perverso e desumano e que impõe um sofrimento profundo a um indivíduo, muitas vezes levando à morte ou a traumas insuperáveis, demostrando profunda indiferença e falta de compaixão. O candidato já citou e elogiou em suas falas no plenário, ditadores e torturadores da época do regime militar.

7_Liberação das armas 

O candidato defende que todo cidadão deve portar uma arma de fogo para se defender. O assunto é polêmico e preocupante, armar uma população que tem um dos maiores índices  de homicídios do mundo, é incentivar uma guerra. Especialistas defendem que para se combater a insegurança, é preciso desarmar os bandidos, e fiscalizar as fronteiras para que os armamentos não cheguem até o crime organizado. Muitos se perguntam; um cristão precisa realmente ter uma arma? O que a bíblia nos ensina?

8_Família

Bolsonaro assume o papel do candidato da família dos cristãos, e um extremo conservador, mas já foi casado três vezes. O seu terceiro casamento foi celebrado pelo pastor Silas Malafaia. Segundo alguns sites o presidenciável também tem dois filhos fora do casamento.

“Tem pomba gira aí ” diz Daciolo em briga acalorada com Feliciano

 

Cabo Daciolo (Reprodução)

Depois que o pastor e deputado federal Marco Feliciano (Podemos-SP), decidiu tomar satisfação com o ex-presidenciável Cabo Dacioloo clima esquentou entre eles e Feliciano acabou saindo do bate boca com mais uma acusação.

Toda essa briga começou depois que Daciolo postou um vídeo nas redes sociais dizendo que Feliciano era “maçom”. O pastor se sentiu ofendido e denunciou o ex- presidenciável ao Conselho de Ética da Câmara dos Deputados.

+ Vazou: “Toda maldição do 13 vai cair por terra” diz padre durante missa

Os dois acabaram de protagonizar o maior bate boca dentro da Câmara Federal, e ambos acabaram falando um pouco a mais  do que deveriam. Como não foi possível o diálogo, eles discutiram e provocaram um ao outro.

Feliciano por várias vezes insultou Daciolo, chamando ele de menino, e repetindo a frase: “Seja homem! Seja homem! Seja homem!”

+ Pastor preso por espiar mulheres em banheiros químicos, vai usar tornozeleira eletrônica

Depois das provocações o ex-presidenciável falou: ” Digo mais, ainda tempomba gira aí, vigia e ora, e vamos esperar para ver o que Deus vai fazer”. A última acusação fez com que o pastor saísse do controle e ficasse calado por alguns segundos procurando adjetivos para ofender Daciolo, e chegou a perguntar: “E se eu fosse maçom, qual o problema em ser maçom”.

O bate boca encerrou com frases irônicas de ambas as partes. Feliciano falou;“Ainda bem que o parlamento se livrou de você”, enquanto o Cabo Daciolo disse; “se arrependa e volte para Jesus”.

+ Bomba! Cantor gospel pentecostal é flagrado aos beijos com outro homem

Vamos esperar para ver o desfecho dessa história, daqui até Janeiro muitas águas vão rolar.

Compartilhe:



Mais artigos

Tragédia: Pastor morre em acidente de carro quando voltava do velório da sua irmã

Sua esposa e sua sobrinha também morreram no acidente


Cantora gospel cancela apresentação por falta de cachê e fãs não perdoam

Recentemente a cantora Lauriete passou por alguns problemas na mesma cidade, Cametá, no Pará


Idolatria? Vídeo de apóstolo sendo ungido a “Rei” causa revolta e discussão na internet

O apóstolo costuma pregar usando trajes sacerdotais, um cajado, e a sua poltrona mais parece um trono


Anderson Freire fala a verdade no Instagram depois de perder o Grammy Latino

"O que é maior para Deus, a dor do filho ou o resultado do trabalho do filho?"


Cabo Daciolo dá resposta aos inimigos em post no Instagram

O parlamentar fez alguns inimigos em Brasília, mas também conquistou a simpatia de muitos brasileiros


Vanilda Bordieri desabafa em Live no Facebook e diz que “não é a favor do divórcio”

Vanilda está em pé de guerra com alguns seguidores desde a transmissão que fez do casamento relâmpago de sua irmã Célia Sakamoto


Daniela Araújo lança clipe da música “Sonhadora” e dar a volta por cima

"Eu continuo aquela pessoa sonhadora, meio criança meio boba, imaginando coisas boas por aí..."


Jojo Todynho “detona” críticos após ser flagrada cantando música gospel

Ela reclama da falta de tolerância e ataca duramente os seus críticos.


Bebê é abandonado na porta da igreja e religioso toma decisão inusitada

"Me sinto responsável por ele, desejava até adotar a criança"


Álbum “Fraquinho” de Fernanda Brum ganha Grammy e desbanca Anderson Freire e Cassiane

A cantora ganhou com o álbum "Som da Minha Vida"