O que o pastor Silas Malafaia ganha se Bolsonaro for eleito presidente?

Malafaia havia prometido se vingar de Bolsonaro no início de 2017, por não ter recebido seu apoio quando foi alvo na Operação Timóteo da PF


Publicado em: 22/08/18 às 9:57 por Thalita G | Atualizado em 22/08/2018 às 9:57

pastor Silas Malafaia e Jair Bolsonaro

Compartilhe:

O pastor Silas Malafaia é de longe o principal cabo eleitoral do candidato Jair Bolsonaro, dentro no nicho evangélico.

É bem verdade que em Dezembro de 2016, quando foi alvo de uma condução coercitiva da Polícia Federal (PF), na operação Timóteo, Bolsonaro fez pouco caso e esboçou uma minima vontade de defendê-lo na ocasião.

O fato é que, Bolsonaro estava em uma corrida eleitoral, e caso fosse provado que Malafaia tinha culpa no cartório, mancharia a reputação de político “honesto” que o então deputado tanto preza.

Por fim, Malafaia conseguiu provar sua inocência e a justiça retirou todas as acusações que pesavam contra ele. Com isso, o pastor Silas Malafaia havia prometido “vingança” contra aquele que não o ajudou na hora em que ele mais precisou, à saber, Bolsonaro.

Quase dois anos depois do ocorrido, o pastor parece ter passado por cima de tudo isso, fez as pazes com Bolsonaro e o defende tal qual um apaixonado.

+ Descubra quem são os deputados eleitos com a influência de líderes religiosos

O que ganhará o pastor Silas Malafaia caso Bolsonaro seja eleito presidente?

Se existe algum acordo com promessas de favorecimento ao pastor caso Bolsonaro seja eleito, isso ainda não sabemos, no entanto, com a eventual vitória de Bolsonaro nas urnas, Malafaia certamente espera se redimir com os evangélicos de toda a nação, visto que todos os outros presidentes que ele apoiou, acabaram se corrompendo e tendo fins trágicos na política.

Silas certamente espera “acertar a mão” pelo menos uma vez, e não se arrepender de ajudar a eleger alguém ao cargo de comandante em chefe da nação.

Se isso acontecer, para ele já terá valido a pena.

+ Pastor Silas Malafaia defende Bolsonaro e “come do prato que cuspiu”

Malafaia aposta em Augusto Cury e Paulo Vieira para ESLAVEC 2018 e enxuga lista de pregadores

O pastor Silas Malafaia, líder e fundador da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), está na contagem regressiva para a décima edição da ESLAVEC (Escola de Líderes da Associação Vitória em Cristo).

Para a edição deste ano, Malafaia decidiu inovar na lista de palestrantes. Os pastores que comumente ministravam as palestras, foram substituídos por Augusto Cury “Psiquiatra, escritor e pesquisador e autor mais lido das últimas décadas no Brasil.”

Outro nome que apareceu na lista, e chamou bastante a atenção dos alunos, foi o PHD, Paulo Costa, “CEO da Febracis.”

Quem também estará ministrando na ESLAVEC 2018, será o pastor Luciano Subirá, à quem Malafaia descreveu como um dos mais profundos pregadores desta geração.

+ Pastor Silas Malafaia se torna revendedor Hinode e internet não perdoa

A lista de palestrantes deste ano, parece ter agradado aos entusiastas, que se amontoam no site para realizarem suas inscrições.

A pastora Elizete Malafaia e o próprio Silas, também estarão ministrando.

O evento acontecerá entre 19 e 22 de Novembro, no Rio de Janeiro, e os ingressos já estão disponíveis.

Compartilhe:



Mais artigos

Artistas gospel lamentam a morte do músico Sérgio Knust nas redes sociais

Serginho Knust era considerado um dos melhores guitarristas do país, e já tocou com a nata da música gospel do Brasil


Urgente: Cantora gospel passa mal e é levada às pressas para o hospital

A cantora ainda informou que não vem se sentindo bem nos últimos dias, e foi obrigada a cancelar alguns eventos que faria em Minas Gerais


Bispa Ingrid Duque visita região extrema do Amazonas em viagem missionária

O Ministério de Missões da bispa é algo que Deus tem colocado em seu coração, com o desejo de evangelizar as regiões mais difíceis e esquecidas do país


Pastora Juliana Salles é transferida para presídio em Cariacica

Juliane é mãe dos meninos Kauã e Joaquim, que foram agredidos, estuprados e queimados vivos por George Alves Gonçalves seu esposo


Morre Sérgio Knust aos 52 anos: Músico gravou com os principais nomes da música gospel

Serginho Knust estava desaparecido desde o último sábado depois de se apresentar na Queijaria Escola em Nova Friburgo


Clama Bahia cai em desgraça e se torna o maior fiasco gospel de 2018

O evento teria como atração, Fernanda Brum, Banda do Pa, Irmão Lázaro, a cantora Talita Barbosa, o cantor Gabriel Guedes e a banda paulista Ao Cubo.


Artistas gospel criam campanha para encontrar músico desaparecido

O guitarrista Sérgio Knust está desaparecido desde o último sábado 8 de dezembro depois que fez uma apresentação na Queijaria Escola, Nova Friburgo RJ


Com câncer, Ludmila Ferber se despede dos palcos e recebe homenagens

O comunicado foi feito através das suas redes sociais na manhã deste domingo 9 de novembro


Cantora gospel usa o sobrenome do “ex-marido” e do atual e evangélicos não perdoam

Após se casar pela segunda vez a cantora chamou a atenção dos internautas depois que atualizou o seu perfil nas redes sociais


Castigo? Daciolo decepciona evangélicos e passa maior vergonha de sua história

Daciolo tem sido alvo de muitas críticas por conta de algumas atitudes, e tem cada vez mais decepcionado a comunidade evangélica