Humorista gospel é hostilizado na internet: “Merece à morte!”

De "blasfêmia" até "o fogo do inferno te espera filho do capeta!"


2 anos atrás | Redação



Vini Rodrigues (Reprodução)

O Youtuber e humorista cristão Vini Rodrigues, é conhecido por interpretar o “Pastor” Jacinto Manto. O humorista retrata de uma forma muito engraçada o cotidiano de um crente pentecostal, e com isso atraiu uma grande quantidade de seguidores e admiradores do seu trabalho.

+ Assustador: Maçonaria entra em desespero e inicia campanha milionária no Brasil

Entretanto, apesar de todo sucesso conquistado com o seu personagem, o artista, devido ao conteúdo abordado, não consegue agradar a todos. Existem pessoas que têm um pensamento avesso a esse tipo de humor, e não conseguem levar isso como uma forma divertida de enxergar a caminhada cristã.

+ Estrela da música gospel pentecostal pinta os cabelos de vermelho e surpreende fãs

Recentemente publicamos uma matéria que mostrava o humorista sendo atacado em um post publicado por ele no Instagram, e, novos comentários surgiram ao seu respeito. Vini Rodrigues têm sido vítima de comentários um tanto quanto desrespeitosos.

+ Humorista gospel encontra Pabllo Vittar em lata de refrigerante e tem reação inesperada

Os comentários a respeito do humorista mostram claramente o repúdio da minoria, que acham que o seu trabalho é ignorado por Deus. As palavras ditas ao Vini Rodrigues vão de “blasfêmia” até “o fogo do inferno te espera filho do capeta”. Respaldados pelo que acreditam, proferem palavras pejorativas contra ele.

 

 

 

 

Pastor manda “nudes” por acidente em grupo de pastores no Whatsapp e detalhe chamou atenção

Um caso inusitado aconteceu na madrugada da última segunda-feira (20), quando um pastor, identificado como Samuel Garden, publicou o famigerado “nudes”, em um grupo com centenas de outros pastores.

Depois de publicar a imagem aparentemente por acidente, o pastor simplesmente se afastou do telefone, e não viu as centenas de mensagens que lhe foram enviadas no “privado”, lhe informando da terrível gafe que havia cometido.

A imagem acabou ficando no grupo durante toda a madrugada, até que o administrador, David Bayma, um pregador extremamente popular no norte e nordeste do país, soube da celeuma e prontamente excluiu a tal imagem vexatória.

O pastor, dono da foto polêmica, terminou por ser removido subitamente do grupo, e os que ficaram, lamentaram o “vacilo” que culminou com esse trágico fim.

O detalhe que chamou a atenção dos colegas de grupo, é que o pastor poderia ter removido a imagem à tempo de tomar toda essa proporção, já que o APP agora disponibiliza essa função. Mesmo assim, ele não o fez.

Resta a pergunta: Para quem essa imagem era de fato endereçada?




publicidade

Mais artigos

Malafaia descobre quem derrubou seus vídeos e faz denúncias graves com provas

O pastor disse que após a pandemia irá entrar na Justiça contra o Facebook e o Instagram


OMS coloca aborto como serviço essencial durante pandemia. Autoridades evangélicas se calam

O silêncio de Malafaia, da ministra Damares Alves e da bancada evangélica tem incomodado a comunidade cristã que é contra o aborto


Sasha Meneghel assume namoro com cantor gospel

" Tem minha bênção," escreveu a apresentadora Xuxa Meneghel


Urgente: Pai do pastor Claudio Duarte morre aos 87 anos

O pastor se limitou a comunicar apenas o falecimento, mas a causa da morte ainda é um mistério


Pastor da Assembleia de Deus chama Ciro Gomes de “maconheiro”

"Eu sei esses destemperos que passa na cabeça de um drogado", afirmou o pastor


Daciolo diz que facada em Bolsonaro foi uma farsa, e apresenta evidência convincente

Daciolo disse que tudo foi arquitetado pela maçonaria e pela Nova Ordem Mundial


Caio Fábio faz live com Porchat para debochar do “Dia do Jejum”

A maioria dos cristãos jejuou neste domingo atendendo uma convocação feita pelo presidente Bolsonaro


Polícia prende pastor acusado de estuprar a própria filha

A mulher do pastor não foi localizada e a criança foi encaminhada para a adoção


Saibam quem são os pastores que são contra o jejum proposto por Bolsonaro

A Igreja Presbiteriana Independente do Brasil também anunciou que não iria aderir a convocação


Facebook, Instagram, Youtube e Twitter apagam vídeos de Malafaia contra o isolamento

O pastor disse que todos os vídeos podem ser encontrados em seu canal do Telegram, e sem nenhuma censura