Ex-cantora gospel é forte candidata a estar em “A Fazenda 2018”. Saiba quem!

A artista abriu mão de uma carreira no gospel, depois de ter recebido apoio de pastores importantes como Silas Malafaia


1 ano atrás | Micael Batista




Os consumidores de reality’s shows brasileiros, estão prestes a embarcar em mais um nova temporada de A Fazenda, um programa que não dá para assistir com a família, e é exibido pela Rede Record, do Bispo Edir Macedo, líder máximo da Igreja Universal do Reino de Deus.

Como sempre acontece em todos os anos, meses antes da estreia do programa, uma dúvida perpassar à cabeça dos viciados em reality’s; Qual será a lista de participantes?

A imprensa especializada em fofoca de artistas, claro, entram na brincadeira e vão fundo na tentativa de descobrir o máximo que puderem, sobre os possíveis participantes de cada edição.

Nessa temporada de 2018, um nome bem conhecido dos evangélicos está circulando as mídias sociais e alguns sites especializados nesse assunto, como sendo uma potencial participante dessa edição de A Fazenda.

Trata-se da ex-cantora gospel Perlla, que teria pedido para participar desta edição do programa, na esperança de levantar um pouco a sua imagem junto ao seu público.

+ Quem são os artistas evangélicos que continuam no secular e são famosos no meio gospel

Perlla teve uma conturbada transição de volta ao funk, quando em meados de 2017 decidiu abrir mão de sua carreira na música gospel e retornou aos palcos como funkeira.

As desconfianças do público aumentaram ainda mais, quando a artista mostrou que suas filhas acabaram de tirar o visto para irem à Disney. Muitos fãs entenderam que Perlla pode estar tentando despistar a imprensa, para fazer surpresa no dia da estreia do programa.

Outros entendem que ela estaria mandando as filhas para Orlando – EUA, simplesmente para não acompanharem esse período em que ela estará dentro do reality.

Façam suas apostas

Rumo à Disney mês q vem. ❤️🙌🏻 obrigada @mundialvistosrio

Uma publicação compartilhada por Perlla (@perllareal) em

Aline Barros terá de pagar R$200 mil a ex-funcionária por determinação da justiça

A cantora gospel Aline Barros foi ré em um processo na 21º vara do Trabalho, e acabou condenada pelo juiz Paulo Rogério dos Santos, a pagar indenização a uma ex-funcionária, Marcela da Costa Macedo.

Segundo informações associadas ao processo, Marcela, que foi assistente da cantora, processou Aline Barros por não receber comissões devidas de shows e diversos trabalhos que haviam sido realizados enquanto trabalhava com a artista.

O juiz determinou que Aline Barros indenize sua ex-assistente com a quantia de R$ 200 mil.

Segundo o blogueiro Léo Dias, a cantora gospel tem tentado se esquivar de pagar o valor, e ofereceu crédito de ações do Botafogo, time que seu marido, o pastor Gilmar Santos, jogou por muito tempo.

O processo 0100337-23.2016.5.01.0021 pode ser consultado  no site da Justiça do trabalho do Rio de Janeiro.

+ Urgente: Ex-produtor de Aline Barros passa mal e é submetido à cirurgia cardíaca




publicidade

Mais artigos

Felipe Neto publica vídeo insultando fiéis católicos

O youtuber a cada dia tem demonstrado ser uma má influencia para as crianças


Cantora gospel Gabriela Gomes leva bronca de pastor por insultar a igreja

O vídeo é da Conferência UJA que aconteceu nos dias 14 a 16 de setembro


A verdade sobre o namorado de Isadora Pompeo

Fomos mais a fundo para descobrir o início da sua carreira, quando a empresa surgiu e o que realmente ele faz.


Deputado federal não evangélico “consagra” primo a pastor e poderá abrir igreja

O jovem há poucos meses atrás cantava música secular em bares e casas de shows


Conheça o Viraliza Gospel, o primeiro festival de música totalmente gratuito da web

Essa é a grande oportunidade para quem tem talento mas não sabe como se lançar no mercado


Conheça o novo “amor” de Magno Malta

Ela é uma paixão antiga, e atualmente tem se tornado fiel companheira do ex-senador


Flordelis tem celular apreendido e se torna alvo das investigações

Um computador do pastor Anderson do Carmo também foi apreendido


Marco Feliciano se irrita com decisão do MPF e denuncia perseguição aos cristãos

Feliciano disse que era uma vergonha a propositura da ação feita pelo Ministério Público Federal


Pregação assustadora de Camila Barros sobre morte de pastor

O vídeo foi gravado cerca de um ano antes do assassinato do pastor


Exclusivo: Saiba quem encomendou a morte do pastor Anderson do Carmo

A cada dia uma nova revelação deixa o caso ainda mais complexo