Chris Durán comemora vitória da França e recebe apoio de artistas do mundo gospel

Chris Durán é filho de pai francês e mãe espanhola das "ilhas Canárias", e atualmente radicado no Rio de Janeiro, Brasil


Publicado em: 16/07/18 às 8:13 por Caio Rangel

Chris Durán (Reprodução)

Compartilhe:

O cantor gospel Chris Durán, comemorou muito a vitória da seleção da França no último domingo(15), contra a seleção da Croácia pelo placar de 4 a 2 pela fina da Copa do Mundo de Futebol 2018.

O cantor que é Francês radicado no Brasil, disse que já que o Brasil não conseguiu, a sua França passou e conquistou o Bi Campeonato Mundial.

+Afrontosa: Perlla tira foto sensual em frente a Igreja Universal e provoca evangélicos

Vários artistas da música gospel parabenizaram o Chris como; Aline Barros, André Valadão, Elaine Martins, entre outros. O cantor gospel Luiz Arcanjo compartilhou uma foto de Chris Durán e escreveu; “Parabéns meu amigo Chris Durán Já que não tivemos o gostinho de comemorar o nosso hexa, estou feliz por vc e vou comemorar o bi da França contigo… Allez les bleus!!!”

Chris Durán é filho de pai francês e mãe espanhola das “ilhas Canárias”, e atualmente radicado no Rio de Janeiro, Brasil. Iniciou sua carreira na década de 1990, realizou shows em vários países do mundo, como cantor de música pop no segmento secular. Em 2003 Chris, se converteu após sofrer um acidente de carro no Chile.

+Pastor Marcus Salles grava vídeo e desabafa sobre louvor nas igrejas: “Menos modinha, e mais atenção na palavra”

Além de cantor e compositor Chris Durán também é pastor, casado há 15 anos com  Poliane Calderin, com quem tem uma filha de 12 anos que se chama Esther.

Centenas de internautas parabenizaram o cantor pelas redes sociais. O cantor assistiu ao jogo em uma cafeteria Francesa por nome de Glamuor Café.

07 Cantores gospel que já foram famosos na música secular

música gospel tem sido nos últimos anos, um refúgio para cantores que se sentem cansados de uma vida regrada por bebidas, mulheres e tudo o que a fama proporciona. Ou até mesmo para alguns artistas já sem oportunidades e com muita conta para pagar.

Vários nomes passaram pelo mercado gospel nos últimos anos, eles contam um lindo testemunho e fazem carreira no gospel, mas em poucos anos, acabam voltando para o mesmo lugar de onde vieram. Os exemplos são inúmeros; Felipão largou o forró e acabou voltando anos depois. Perlla trocou o funk pelo gospel, mas voltou ao secular recentemente. Daniel Diau também fez o mesmo, e agora está cantando os sucessos da sua antiga banda de forró. Tonzão já começou o ano largando a música gospel.

No entanto, não foram todos que saíram do secular que decidiram voltar. Criamos uma lista com 7 nomes de cantores gospel que não tem nenhum interesse em voltar à música secular, porque se deram muito bem na música gospel.

Confira!

01 – Thalles Roberto

Thalles Roberto (Reprodução)

Thalles Roberto (Reprodução)

Thalles Roberto é fruto de uma família cristã, mas durante muitos anos viveu fora da igreja e trabalhando como back vocal de bandas importantes, como; Jota Quest e Jamil e uma noites. Após anos na música secular, em 2009 Thalles Roberto lançou seu primeiro álbum cristão “Na sala do pai”, e foi rapidamente projetado para as paradas de sucesso, onde ficou por anos.

Mesmo após as polêmicas, Thalles continua sendo um dos grandes nomes da música gospel nacional.

 

02 – Waguinho

Waguinho (reprodução)

Waguinho (reprodução)

Waguinho sempre foi envolvido com a música secular, ele participou do grupo “Os morenos” que fez um enorme sucesso nos anos noventa. Em 2003, Waguinho se converteu na ADUD (Assembleia de Deus dos Últimos Dias) e dois anos depois, lançou o seu primeiro CD gospel, o álbum “O chamado”. Ele acabou inclusive ganhando disco de ouro pelo álbum.

Waguinho atualmente é pastor na ADVEC (Assembleia de Deus Vitoria em Cristo) e segue firme em sua carreira na música gospel.

03 – Chris Duran

Chris Duran (Reprodução)

Chris Duran (Reprodução)

Chris Duran é um conhecido cantor francês radicado no Brasil. Ele iniciou sua carreira mundial na música pop e fez shows em vários países do mundo. No auge da carreira, o cantor sofreu um acidente de carro no Chile em 2003 e acabou se convertendo ao cristianismo. Pouco tempo depois, Chris Duran lançou seu primeiro álbum de música gospel e nunca mais voltou a música secular.

04 – Bianca Toledo

Bianca Toledo (Reprodução)

Bianca Toledo (Reprodução)

Antes de se tornar uma “quase guru gospel”, Bianca Toledo já teve um longo relacionamento com a música secular. Ela inclusive já fez até “barzinho” cantando MPB. De lá, ela recebeu a oportunidade de participar do time de calouros do Raul GIl, sempre cantando música secular. Só mais tarde, depois da sua conversão surpreendente milagre, ela passou a gravar música gospel.

No entanto, mesmo com tantos altos e baixos na carreira e na família, Bianca nunca esboçou interesse em voltar ao mercado secular.

5 – Pr. Melvin

Pr. Melvin (Reprodução)

Pr. Melvin (Reprodução)

Melvin era um conhecido cantor de funk. Depois de muitos anos de uma carreira que já tinha o projetado dentro do mercado em que era inserido, Melvin se converteu e mais tarde foi consagrado pastor evangélico. Hoje ele é um dos principais cantores gospel no segmento pentecostal.

06 – Irmão Lázaro

Irmão Lázaro (Reprodução)

Irmão Lázaro (Reprodução)

Irmão Lázaro é sem dúvida um grande exemplo de que é possível sair da música secular e não voltar mais pra ela. Ele foi músico da popular banda baiana Olodum. Depois de anos viajando o mundo, Lázaro saiu da banda e mais tarde gravou seu primeiro CD na música gospel.

O sucesso de Lázaro foi tanto, que ele acabou sendo eleito deputado federal pela Bahia, e segue seu mandato até o fim de 2018.

07 – Mattos Nascimento

Mattos Nascimento (Repdorução)

Mattos Nascimento (Repdorução)

Mattos Nascimento foi um dos primeiros ex-artistas da música secular, a fazer sucesso na música gospel. Nos anos oitenta, Mattos era instrumentista e fazia freelancer com várias bandas. Ele também tocou trombone na banda Paralamas do Sucesso e chegou a se apresentar em grandes festivais e até no Domingão do Faustão [Globo] na época.

Depois de sua conversão, ele lançou em 1991 o álbum “Quer vitória?”, e rapidamente se tornou um dos grandes nomes consagrados da música gospel no seu tempo.

Por quê será que que muitos que chegam ao gospel, acabam não durando muito? Qual a sua opinião sobre isso? Comente abaixo!

Compartilhe:



Mais artigos

Aline Barros se reinventa para escrever um novo capítulo na música gospel

Essa é uma de suas principais características para se manter sempre em evidência no mercado gospel


Luto: Morre cantora gospel que lutava contra câncer há oito anos

Ela morreu em sua casa cercada pela família


Nova música de Eli Soares coloca o cantor de volta ao topo das “paradas gospel”

O cantor que não obteve muito êxito com o último álbum " Memorias ", lançado em 2017


Fernanda Brum explica doença do marido e esclarece “climão” com Eyshila

Fernanda Brum esclareceu que não está brigada com Eyshila, ressaltou que são amigas e irmãs, mas destacou; "Temos nossos dias!".


Brigadas? Fernanda Brum implora que Eyshila a desbloqueie e expõe amizade abalada

Eyshila e Fernanda Brum são consideradas exemplo de amizade no meio gospel


Voz da Verdade comemora 40 anos, com gravação de DVD

A programação será a partir do dia 01 a 04 de Novembro


Polêmica revela “rixa” entre Cassiane e Shirley Carvalhaes e mundo gospel não perdoa

Uma foto polêmica está circulando nas redes sociais e causando muita discussão


Urgente: Ex-produtor de Aline Barros passa mal e é submetido à cirurgia cardíaca

Ele também é guitarrista de uma famosa banda do meio secular


Fernandinho lança clipe de “Deus não está morto” em sala de cinema

O evento contou com a presença do protagonista do filme David A. R. White


Cantora gospel declara patrimônio de mais de R$2 milhões ao TSE e assusta seguidores, confira outros

Ao registrar sua candidatura, o candidato também declara seus bens