“Número mágico” do Gideões causa estranheza em seus contribuintes

O Gideões Missionários da Última Hora continua usando o mesmo número de famílias assistidas pela instituição há cinco anos


Publicado em: 20/06/18 às 6:03 por Thalita G | Atualizado em 20/06/2018 às 6:03

Presidente do Gideões Missionários da Última Hora (Reprodução)

Compartilhe:

O Congresso Gideões Missionários da Última Hora terminou, mas já voltou a causar discussões entre seus colaboradores.

Isso porquê, existe um número que vem sendo divulgado pela instituição para discriminar a quantidade de famílias que são sustentadas pela instituição.

Segundo o site oficial, o Gideões sustenta 1178 famílias, com os recursos arrecadados durante o evento e com os boletos que são pagos mensalmente pelos mantenedores.

O problema desse “número mágico”, é que ele simplesmente não é alterado há cerca de 5 anos.

Desde a morte do pastor Cesino Bernardino em Julho de 2016, o Gideões mergulhou numa crise profunda, funcionários foram demitidos, famílias de missionários também foram demitidos e deixaram de receber o benefício mensal, que não chegava a ser nem a metade de um salário mínimo.

No ano passado, o Gideões sofreu ainda mais com essa crise, mas em 2018 o congresso veio para ajudar a pagar boa parte das dívidas, e trazer um pouco mais de oxigênio para o pastor Reuel Bernardino, que já estava sufocado de tanta pressão.

No entanto, mesmo depois do evento, o site oficial do Gideões continua a apresentar o mesmo número de famílias sustentadas pelas ofertas dos mantenedores.

Não seria mais honesto falar a verdade sobre a situação desses missionários? Quem trabalha lá dentro sabe que esse número é meramente fictício, e é usado apenas para comover os colaboradores. Vamos aguardar para ver até quando os números permanecerão os mesmos.

Gideões em Israel

Em Julho deste ano, o pastor Hueslen Santos estará viajando com uma caravana para Israel. A informação está no site e ao que tudo indica, o pastor Reuel não está participando diretamente deste projeto no entanto, no cartaz oficial é possível ver o pastor Alexandre Bernardino e sua esposa, Kezia Bernardino.

Daciolo X Hueslen; Gideões longe da graça, na mira de uma profecia

O deputado federal Cabo Daciolo gravou um vídeo em resposta aos Gideões. Daciolo protagonizou no sábado (28) de Abril, um momento constrangedor para Reuel Bernadino e seu fiel escudeiro Hueslen Santos, presidente e vice do Gideões Missionários da Última Hora.

Daciolo pediu que a oferta da noite fosse dividida entre os fieis necessitados que estavam no local, segundo ele, uma ordem de Deus, um ato profético, mas Reuel e Hueslen não obedeceram.

O caso ganhou mais repercussão no dia seguinte, quando Hueslen decidiu responder ao Cabo Daciolo.

Em seu desabafo o vice-presidente do Gideões fez várias acusações ao deputado, entre elas; fazer  política em cima do altar, tentar se promover, e usar o nome de Deus em vão.

Indignado Hueslen afirmou que Daciolo nunca deu dinheiro ao Gideões, e sugeriu que o deputado dividisse o seu salario com a multidão.

No vídeo que Daciolo gravou na última quarta-feira (02), e postou em sua página do Facebook, ele rebate as acusações feitas por Hueslen, alega que foi convidado, não queria está ali, estava com a passagem comprada para ir embora no sábado às 18 hrs, não pediu pra está no altar, e nem tão pouco o microfone para dar uma palavra.

Daciolo falou que a partir do momento em que foi entregue o microfone, apenas obedeceu a voz de Deus, e que prefere obedecer a Deus do que a homens. O deputado disse que não entende porque rebateram somente a parte da profecia que falou em dinheiro, sobre tirar os pastores maçons de cima do altar, isso nem foi citado.

Em resposta direta a Hueslen, Daciolo afirmou que divide todo mês o seu salário com “os seus”, e que naquele dia entregou todo dinheiro que tinha como oferta voluntária aos Gideões, uma quantia de “seis mil reais”.

Cabo daciolo falou que vive o que prega, o que Reuel e Hueslen não fazem, que infelizmente eles não foram aprovados naquilo que Deus mandou fazer, foram reprovados na prova.

Compartilhe:



Mais artigos

Cantor evangélico troca a música gospel pelo funk e afirma: “Deus quis que parasse”

"Tudo coopera para aqueles que amam a Deus" disse ele em entrevista a uma emissora de TV


Revelação: Saiba a verdade sobre a morte do guitarrista das celebridades gospel

Amigos e familiares sofrem com a perda do músico que era muito querido pelos artistas com quem já trabalhou e também pelos milhares de fãs


Kleber Lucas perde o controle, chora muito e família toma atitude

O cantor passou madrugada desta terça-feira no terraço de sua casa sozinho, ouvindo os solos que o músico fez em seus álbuns antigos e atuais.


Artistas gospel lamentam a morte do músico Sérgio Knust nas redes sociais

Serginho Knust era considerado um dos melhores guitarristas do país, e já tocou com a nata da música gospel do Brasil


Urgente: Cantora gospel passa mal e é levada às pressas para o hospital

A cantora ainda informou que não vem se sentindo bem nos últimos dias, e foi obrigada a cancelar alguns eventos que faria em Minas Gerais


Bispa Ingrid Duque visita região extrema do Amazonas em viagem missionária

O Ministério de Missões da bispa é algo que Deus tem colocado em seu coração, com o desejo de evangelizar as regiões mais difíceis e esquecidas do país


Pastora Juliana Salles é transferida para presídio em Cariacica

Juliane é mãe dos meninos Kauã e Joaquim, que foram agredidos, estuprados e queimados vivos por George Alves Gonçalves seu esposo


Morre Sérgio Knust aos 52 anos: Músico gravou com os principais nomes da música gospel

Serginho Knust estava desaparecido desde o último sábado depois de se apresentar na Queijaria Escola em Nova Friburgo


Clama Bahia cai em desgraça e se torna o maior fiasco gospel de 2018

O evento teria como atração, Fernanda Brum, Banda do Pa, Irmão Lázaro, a cantora Talita Barbosa, o cantor Gabriel Guedes e a banda paulista Ao Cubo.


Artistas gospel criam campanha para encontrar músico desaparecido

O guitarrista Sérgio Knust está desaparecido desde o último sábado 8 de dezembro depois que fez uma apresentação na Queijaria Escola, Nova Friburgo RJ