Ícone do gospel, Thales Roberto desabafa; “Não dependo de música”

Thalles Roberto já esteve no topo da lista dos maiores cantores gospel contemporâneos


Publicado em: 09/06/18 às 21:47 por Thalita G | Atualizado em 09/06/2018 às 21:49

Thalles Roberto (reprodução)

Compartilhe:

Thalles Roberto está cada vez mais conformado de que a polêmica de 2015 mudou para sempre a sua carreia na música gospel. Depois de passar dois longos anos se apresentando por cerca de 20 países da America Latina, o “Irmãozinho” voltou ao Brasil em 2017, pediu perdão e retomou sua carreira por aqui.

Apesar da sinceridade do artista em se desculpar com os fãs, pastores e outros artistas, a redução nas agendas foi inevitável, e Thalles já não goza mais do mesmo sucesso de antes.

Toda a história da queda e tentativa de ascensão de Thalles Roberto foi retratada em uma reportagem publicada no R7.

Entrevistaram o cantor e ele [Thalles Roberto], falou com naturalidade sobre vários assuntos.

Sobre Religião, Thalles esclareceu que não promove igreja ou religião. Ele explicou que sua música retrata a relação do homem com Deus. Ele fala com alegria sobre o fato de ter fãs famosos, como é o caso do jogador de futebol Neymar.

+ 07 Cantores gospel que já foram famosos na música secular

Questionado sobre o que o fez dizer que era melhor que os outros, o cantor explica que não estava sabendo lidar com as criticas na época, principalmente com o que se falava dele na internet. Ele diz que “caiu na besteira” de dizer o que disse mas ressalta que pediu desculpas depois de dois anos pensando sobre o erro que cometeu.

Sobre a carreira internacional, Thalles confessa que pensava em iniciar uma, mas não imaginou que seria dessa forma. Lembra que precisou aprender o espanhol à força, e se preparou para recomeçar.

Sobre o novo momento em sua carreira, Thalles Roberto revela que mudou muito o critério de agendas. Ele diz que antes, aceitava se apresentar em qualquer lugar, mas atualmente, é muito mais seletivo. Ele fala que hoje não depende de música, e explica que usou parte do dinheiro que ganhou no auge do sucesso, para fazer investimentos.

Ainda sobre ser mais seletivo com as agendas, ele explica que Caetano Veloso, Djavan e Zé Ramalho, não se apresentam em todo lugar. Com isso, eles priorizam mais a qualidade musical e o seu bem-estar.

Kleber Lucas: entenda porque o cantor gospel está sendo “excluído” da MK depois de 20 anos

O cantor gospel Kleber Lucas anda em alta consigo mesmo, mas em baixa no quesito “Agradar aos outros”. Desde que o artista passou a se posicionar como um ativista contra a intolerância religiosa, inclusive, ajudando financeiramente na reconstrução de terreiros de Umbanda, as agendas do cantor não andam muito bem.

Pra piorar, a gravadora que é a casa do artista por exatos vinte anos [MK], parece estar o “tolerando” em um relacionamento que parece estar insustentável. Kleber Lucas simplesmente não aparece nas redes sociais da gravadora, não vai a eventos promovidos por ela e sua rádio, e isso já vem de muito tempo.

Pra se ter ideia, Kleber Lucas esteve na Globo a pouco tempo, falando sobre intolerância religiosa durante uma longa participação no programa”Encontro com Fátima Bernardes”. A MK simplesmente ignorou sua presença por lá. Poucas semanas antes, Fernanda Brum esteve na Globo, no mesmo programa, e a gravadora divulgou à exaustão. A divulgação foi tanta, que conseguiram fazer de Fernanda Brum um dos principais assuntos no Twitter.

Em novembro de 2017, Yvelise Oliveira, dona da gravadora, se ausentou para se recuperar de um problema de saúde. Nesse período, ocorreu a grande polêmica com Kleber, em que ele participou da inauguração de um terreiro de Candomblé.

Tanto a imprensa especializada em notícias gospel, quanto os próprios colegas do artista, acreditavam que, quando Yvelize voltasse, iria dar um ultimato no cantor, mas ela voltou em Abril deste ano, e até o momento não se tem notícia do destino de Kleber Lucas dentro da gravadora, na verdade, a ausência dele por lá pode se perpetuar muito mais tempo.

Afinal, a MK sabe muito bem como aplicar o termo “geladeira gospel”.

Compartilhe:



Mais artigos

O plano “B” de Malafaia sobre Bolsonaro

O líder religioso é um dos principais "Espiritual Influencer" do Brasil e já apoiou alguns candidatos que depois lhe causaram decepção


Pastora lésbica faz declaração na TV e constrange evangélicos

A pastora se utilizou de um argumento já ultrapassado da comunidade LGBT de que a orientação sexual homossexual seria algo de nascença


Cantor secular doa piano de R$ 60 mil para igreja evangélica e revolta fãs

A doação gerou polêmica pois o artista está devendo a pensão alimentícia do filho Matheus, de 6 anos


Haddad perde mais uma e é condenado a pagar 80 mil por ofensas a Edir Macedo

Além da condenação, Haddad também terá que se retratar, sob pena de multa de R$ 1.000 por dia de atraso


Tragédia: Sofrendo com depressão há dois anos, pastor evangélico tira a própria vida

Ultimamente casos de suicídios entre pastores estão aumentando e preocupando a liderança evangélica no Brasil


Fernanda Brum vai responder na justiça por não comparecer a evento gospel. Saiba qual

A organização do Clama Bahia informou por meio de nota, que irá entrar na justiça contra a cantora


Após denuncias de abuso sexual MP de Goiás pede prisão do médium João de Deus

A medida foi requerida após o MP receber mais de 200 denúncias das supostas vítimas do líder religioso


Jovem evangélico cresce na web e rompe barreira do gospel

O sucesso nas redes sociais tem atraído cada vez mais os jovens e adolescentes


Urgente: Pastor evangélico eleito deputado federal em 2018, é preso em operação da PF

Outras seis pessoas foram detidas na ação de combate a desvios de recursos públicos do fundo partidário e fundo especial de financiamentos de campanha


Ana Paula Valadão revela que as igrejas não estão mais cantando suas músicas e cai no choro

Ela lamentou a situação e chegou a derramar lágrimas, dizendo que os últimos discos não foram bem aceitos como os dos anos 2000