Quem são os pastores maçons que dominaram as igrejas no Brasil

Eles ocupam os mais alto cargos dentro de algumas igrejas evangélicas


Publicado em: 04/05/18 às 11:52 por Thalita G | Atualizado em 04/05/2018 às 11:52

Pastores Maçons (Reprodução)

Compartilhe:

Desde que o deputado Cabo Daciolo subiu no palco do Gideões e profetizou que Deus não aprova a presença de pastores maçons naquele altar, que muitos evangélicos tem se perguntado quem são eles, como vivem, se são famosos ou anônimos, e o mais importante, alguém pode ser pastor e maçom ao mesmo tempo?

Estes questionamentos parecem não encontrar resposta, o que aumenta ainda mais a dúvida de quem podemos então confiar, já que, até pastores evangélicos se renderam a essa fraternidade.

O O Fuxico Gospel já publicou diversos artigos a respeito do envolvimento da maçonaria com a igreja evangélica. Documentos provam que a Primeira Igreja Batista (PIB), foi fundada no Brasil por membros seletos da maçonaria americana.

Um dos fundadores, foi o reverendo Richard Ratcliff, que à época era apenas um missionário. Ele veio para o Brasil com sua família, financiados pela maçonaria e pelo menos 3 anos após iniciar os primeiros cultos Batistas, fundou junto com outros sete membros Batistas, a loja maçônica “George Washington”, no ano de 1874.

Note que a chegada da PIB no Brasil é anterior a fundação da Assembleia de Deus, que só seria fundada anos mais tarde, em 1911 no Pará. Por tanto, quando a Assembleia de Deus foi fundada, já haviam pastores (batistas) maçons.

+ Igreja evangélica fundada pela maçonaria já foi a maior do Brasil e tem 4 milhões de membros

Segundo o livro “Centelha em Restolho Seco uma contribuição para a história dos primórdios” – de Betty Antunes de Oliveira, Edição da Autora, Rio de Janeiro (RJ), 1985, o pastor Batista que recebeu os missionários Daniel Berg e Gunnar Vingren, era membro da maçonaria, assim como a maioria dos pastores Batistas da época.

Ele teria recebido ordens de apoiar os missionários em solo brasileiro, uma prática comum na fraternidade maçônica. em vários trechos, o livro sugere que Daniel Berg e Gunnar Vingren eram membros da maçonaria.

Se a maçonaria esteve comprovadamente na fundação de algumas das mais importantes igrejas evangélicas do país, é ingênuo acreditar que não estão na Assembleia de Deus.

Maçonaria na Assembleia de Deus

A Maior figura das Assembléia de Deus no Brasil depois de Daniel Berg e Gunnar Vingren, com toda certeza foi o PR. PAULO LEIVAS MACALÃO. Ele foi administrador do Ministério de Madureira. Conhecido por sua integridade e trabalho, desbravou o Rio de Janeiro e alguns estados, sendo co-fundador da Assembleia de Deus de Madureira no Rio de Janeiro.

Pastor Paulo Leivas Macalão que fora consagrado ao Pastorado por Gunnar Vingren, passou a ser a maior autoridade dentro das Assembléia de Deus no Brasil do ministério de Madureira, enquanto viveu, foi pastor presidente até o ano de 1982.

Apesar de não se ter registros de que Macalão fosse ligado a maçonaria, um homem que foi considerado seu braço direito, ocupou um alto grau na fraternidade.

Trata-se do Reverendo Isaias de Souza Maciel, atual presidente da OMEBE (Ordem de Ministros Evangélicos do Brasil e no Exterior), com cerca de 30 mil pastores associados.

O antigo site do Grande oriente Independente do Rio de Janeiro, mantinha o registro histórico de sua fundação, e homenageou o reverendo, que foi grão mestre.

Com líderes que ocupam a alta cúpula das igrejas evangélicas mais populosas, sendo membros da maçonaria, não resta motivos para duvidar do que disse o cabo Daciolo, sobre eles estarem no altar do Gideões.

Compartilhe:



Mais artigos

“Não tenho realmente mais nada a perder”, diz Ludmila Ferber em post do Instagram

A pastora Ludmila Ferber luta contra um câncer no pulmão diagnosticado em março deste ano


André Valadão toma decisão e fala o que pensa sobre Damares Alves

Por dizer que teve uma visão de Jesus em um pé de goiaba, e que Ele a convenceu a não cometer o suicídio, ela passou a ser ironizada nas redes sociais


Polêmica envolvendo Magno Malta e Cabo Daciolo divide mundo gospel

Magno Malta apoiou Bolsonaro para presidente ao invés de Daciolo, assim como a maioria dos evangélicos


O plano “B” de Malafaia sobre Bolsonaro

O líder religioso é um dos principais "Espiritual Influencer" do Brasil e já apoiou alguns candidatos que depois lhe causaram decepção


Pastora lésbica faz declaração na TV e constrange evangélicos

A pastora se utilizou de um argumento já ultrapassado da comunidade LGBT de que a orientação sexual homossexual seria algo de nascença


Cantor secular doa piano de R$ 60 mil para igreja evangélica e revolta fãs

A doação gerou polêmica pois o artista está devendo a pensão alimentícia do filho Matheus, de 6 anos


Haddad perde mais uma e é condenado a pagar 80 mil por ofensas a Edir Macedo

Além da condenação, Haddad também terá que se retratar, sob pena de multa de R$ 1.000 por dia de atraso


Tragédia: Sofrendo com depressão há dois anos, pastor evangélico tira a própria vida

Ultimamente casos de suicídios entre pastores estão aumentando e preocupando a liderança evangélica no Brasil


Fernanda Brum vai responder na justiça por não comparecer a evento gospel. Saiba qual

A organização do Clama Bahia informou por meio de nota, que irá entrar na justiça contra a cantora


Após denuncias de abuso sexual MP de Goiás pede prisão do médium João de Deus

A medida foi requerida após o MP receber mais de 200 denúncias das supostas vítimas do líder religioso