Pastores da Assembleia de Deus do Maranhão recebem mega-salário do governo em troca de apoio político

O Ministério Público constatou que os pastores foram admitidos a vagas de capelães sem concurso público


2 anos atrás | Caio Rangel



Pastores recebendo super salários (Reprodução)

Vários pastores da igreja evangélica Assembleia de Deus do Maranhão, estão envolvidos em um dos maiores escândalos políticos do estado.

O Ministério Público Eleitoral (MPE), deu um prazo até o dia 06 de maio, para que o governador do estado do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), responda sobre a nomeação de 36 capelães na área de segurança pública sem concurso público, apenas para obter apoio político dos pastores para as próximas eleições.

+ Pastor Marcos Pereira e seu cachê milionário

Segundo a denúncia, o salário de alguns pastores capelães passa dos 20 mil reais. Entre os pastores envolvidos no esquema, está Felipe Madureira Silva, que foi nomeado como capelão religioso da Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP).  Felipe é filho do pastor Marcos Pereira do Rio de Janeiro.

Marcos Pereira é o presidente nacional da (ADUD) Assembleia de Deus dos últimos Dias. O pastor já foi acusado de alguns crimes, entre eles; envolvimento com o tráfico, e estupro.

Segundo o relatório encaminhado a corregedoria Marcos Pereira é filiado ao (PCdoB), mesmo partido do governador Flávio Dino.

+ Pastor Marcos Pereira é condenado por estupro de mulher “endemoniada”

Felipe é pastor presidente da (ADUD) em São Luís, (MA). Segundo as investigações, o que acontece é um acordo entre pastores e o governo do estado. Os pastores oferecem apoio político em troca de cargos públicos.

O pastor Elizeu Fernandes, presidente da Ordem dos Pastores Batista (OPB), criticou a atitude dos pastores assembleianos, em entrevista ele disse: “A nomeação de capelães ou de outro setor da vida pública, o acesso há de ser por concurso. O Ministério Público deve estar atento a essas práticas que vem trazendo prejuízos a imagem dos evangélicos, porque se entende como uma mistura das práticas religiosas com a política”,

O caso vem ganhado destaque não só no estado do Maranhão, mas também em todo o país. O pastor Felipe não se manifestou sobre o assunto até agora, e também não foi divulgado o valor do seu salário.

A realidade é que esse episódio tem cada vez mais manchado a reputação da entidade religiosa Assembleia de Deus do Maranhão, já que a maioria dos envolvidos na denuncia são pastores assembleianos.




publicidade

Mais artigos

Pastor demitido da Igreja Mundia denuncia cúpula do ministério

Pastor disse que serve ao ministério há 4 anos, e foi desligado do quadro de pastores sem motivo justo


Lauriete quer convocar Netflix a se explicar em audiência pública

A primeira tentação de Cristo é um filme da Netflix que apresenta Jesus como homossexual


Marcelo Crivella é processado por incluir show gospel no Reveillon de Copacabana

A ação esta sendo movida pela Atea (Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos)


Abílio Santana na sessão Solene em Homenagem a Assembleia de Deus de Madureira

Nesta quinta 12, o Senado comemorou os 90 anos da Assembleia de Deus do Ministério de Madureira


Juliana Santiago quebra o silêncio e critica os inimigos da Igreja Mundial

A filha do apóstolo Valdemiro Santiago foi muito dura em seu desabafo


Abílio Santana e o Projeto Bom Samaritano doam perucas a pacientes com câncer

A ação social ocorreu nesta quinta-feira (12), no Hospital Aristides Maltez (HAM) em Salvador BA


Priscilla Alcantara e Whindersson Nunes lançam nova versão de “Girassol”

A canção foi composta pelo humorista após a morte do cantor Gabriel Diniz, e fez sucesso na voz de Priscilla Alcantara


A amizade duvidosa de Marco Feliciano e Silas Malafaia

Para ficar bem na fita com Bolsonaro, os dois esqueceram as divergências e agora posam de velhos amigos


Cantora Ana Paula Valadão faz alerta grave sobre o Diante do Trono

O grupo recebeu uma notificação, e por este motivo ela decidiu se manifestar sobre o assunto


Vídeo: Tecladista “alto nível” de Samuel Procópio vira meme na web

Na imagem, o rapaz parece assustado, ou temendo que o pastor de alguma forma não aprove sua apresentação.