Pastor que incendiou filho e enteado escondeu segredo para proteger apóstolo

George Alves mentiu sobre quem o havia consagrado


Publicado em: 30/05/18 às 17:34 por Redação | Atualizado em 30/05/2018 às 17:34


George Alves, o pastor que está sendo acusado de estuprar e matar o enteado e o filho em meados de Abril deste ano, segue preso enquanto aguarda por um julgamento.

No dia 25 de Maio, o pastor foi ouvido na CPI do Maus Tratos, pelo Senador Magno Malta (PR-ES), que também é pastor evangélico.

Durante a audiência, algumas respostas de George foram contraditórias. A observação foi feita pelo youtuber Paulo Souza do canal No Entanto, em seu vídeo (O segredo de George Alves é revelado).

No vídeo, o youtuber esclarece que George mentiu ao ser questionado pelo Senador, a respeito da sua consagração pastoral. Na CPI, George respondeu que, em São Paulo, era membro da igreja Batista das Nações. No dia seguinte, a assessoria da igreja informou a imprensa que, como George e Juliana não eram casados, não foram sequer batizados. Por tanto, ele não foi consagrado nesta igreja.

Pastor sendo ouvido na CPI dos maus tratos (Reprodução)

Pastor sendo ouvido na CPI dos maus tratos (Reprodução)

O youtuber descobriu que George teria sido consagrado na cidade de Governador Valadares – MG, pela igreja Batista Vida e Paz. A igreja é liderada pelo apóstolo Luiz Fernando Duarte (Presidente) e o pastor Rodrigo Duarte Luiz, irmão do presidente.

O apostolo Luiz Fernando teria consagrado George Alves, quando ainda era apenas cabeleireiro. Depois de consagrado, George fechou o salão de beleza e abriu, no mesmo local, uma congregação.

Ele teria mentido durante a CPI para proteger o seu líder espiritual. Assista ao vídeo:

+ “Nardoni gospel” Caso do pastor que matou filho e enteado para encobrir estupro, lembra caso antigo

Após prisão, o que pensam fiéis e esposa do pastor acusado de matar filho e enteado

O caso do pastor evangélico que está sendo apontado pela polícia como o responsável pelas agressões, estupro e morte de Joaquim de 3 anos (Filho), e Kauã de 6 (Enteado), em um crime que chocou o estado do Espirito Santo em meados de Abril, continua causando indignação e revolta.

Apesar de toda a repercução em torno das investigações, um fato tem chamado a atenção da imprensa. Mesmo depois da polícia ter liberado o inquérito, que inclusive aponta 15 fatos sobre a morte das crianças que chocaram ainda mais quem, desde o início, aguarda o resultado das investigações, os discípulos do pastor George Alves, e fiéis da igreja Vida e Paz, não acreditam na versão exposta no inquérito policial.

Eles acreditam cegamente na inocência do pastor, e inclusive, não admitem que as pessoas o critiquem. Essa, pelo menos, é a versão relatada pelo site Gazeta Online, que conseguiu falar com o ministro de louvor da igreja.

Um dia após a morte dos filhos, o pastor George e a pastora Juliana Salles, ministraram no culto de sua igreja. Eles alegaram abrir mão do luto, escolhendo estar ao lado de sua família espiritual.

Desde que o pastor teve sua prisão preventiva decretada pela justiça, não estão acontecendo cultos na igreja Vida e Paz.

Segundo informações, a pastora Juliana Salles também acredita que o marido seja inocente. Ela preferiu não falar com a imprensa até o momento.




publicidade

Mais artigos

Antes de acidente Fabiana Anastácio comemorava marca histórica

A cantora Fabiana Anastácio comemorava mais de 7 milhões de visualizações no clipe da música "Eu Sou". Mas, o repentino acidente atrapalhou sua comemoração


“Não sei se sou terrivelmente, mas sou fiel”, diz juiz estimado ao STF

Evangélico, o juiz comentou, durante uma entrevista, o critério definido pelo presidente para a indicação a uma das vagas: ser "terrivelmente evangélico"


Presidente Jair Bolsonaro visita igreja Sara Nossa Terra

O presidente Jair Bolsonaro marcou presença na Celebração Internacional, evento realizado pela igreja Sara Nossa Terra de Brasília


Carro é arrombado e furtado em estacionamento de igreja

De acordo com a PM, a vítima relatou ter estacionado o carro no adro da igreja e ao retornar percebeu o arrombamento e deu falta de alguns pertences


Vídeo: Felipe Heiderich dá testemunho na Assembleia de Deus

A absolvição de Felipe Heiderich, abriu caminho para que retomasse seu ministério. Ele contou seu testemunho na Assembleia de Deus Libertados pela Graça


Cantor gospel Samuel Messias lança single inédito

O cantor gospel Samuel Messias lançou, nesta segunda (22), mais um single inédito. A canção intitulada como "Planos de Deus" promete fazer muito sucesso


Urgente! Cantora gospel Fabiana Anastácio agradece livramento após acidente

Eu no exato momento da batida estava adorando ao Senhor em Recife , disse a cantora


Luto: Ceifeiros em Chamas choram a morte do pastor José Neto

Faleceu na manhã desta segunda (22) o Pastor José Domingos Neto. Anteriormente, o religioso havia passado por uma intervenção para a retirada de um tumor


Apóstolo Valdemiro Santiago se desespera com crise milionária

O apóstolo alegou em seu programa que  teve que pegar R$ 30 milhões emprestado ao banco JBS


Rodolfo Abrantes sai em defesa de Bolsonaro e critica PT

“Removeu um trono de iniquidade na nação, e só por isso a nação já é abençoada”, afirmou ele