Marido de Cassiane fala sobre suicídio e cantora gospel pede oração

Jairinho e Cassiane iniciaram uma campanha de oração em prol dos jovens da nação


Publicado em: 02/05/18 às 10:27 por Caio Rangel | Atualizado em 02/05/2018 às 10:30

Imagem instagram (Reprodução)

Compartilhe:

A igreja ADalpha, presidida pela cantora gospel Cassiane e o seu esposo pastor Jairinho, iniciou na noite desta terça-feira(01), uma campanha de sete dias em favor das famílias, e principalmente por jovens e adolescentes.

+ A decisão de Cassiane e Fernanda Brum que pode custar suas carreiras na música gospel

A campanha é para que seja repreendido o espírito causador do suicídio. Depois de ler duas reportagem em alguns jornais sobre o aumento no caso de suicídio entre jovens e adolescente no Brasil, Jairinho e Cassiane tomaram então a decisão de convocar toda a Igreja ADalpha, e também os cristãos espalhados pelo Brasil para interceder por esta causa.

CONVOCAÇÃO!!!

Uma publicação compartilhada por Cassiane (@cassianecantora) em

+ Pastor Claudio Duarte passa mal durante ministração na ADALPHA e é atendido às pressas

Especialistas afirmaram em reunião no (CAS), Comissão de assuntos Sociais, em 2017,  que a cada 45 minutos uma pessoa se suicida no Brasil. Segundo a psiquiatra Maria Dilma Alves Teodoro, o Brasil é o oitavo país no mundo em número de suicídios. Entre 2000 e 2012 houve um aumento de 10,4% na quantidade de mortes, sendo mais de 30% em jovens. E se estima que, até 2020, haverá um incremento de até 50% no número anual de mortes por suicídios.

+ Gospel? MC Guimê visita igreja de Cassiane e dá “Gloria Deus”

Números alarmantes que preocupam não só a igreja mas a sociedade em geral, “A igreja não pode se calar diante de de uma catástrofe dessa”, afirmou Jairinho.

A campanha teve inicio nesta terça às 23 hrs, e durante sete dias estarão orando pelas famílias repreendendo esse principado que assola a sociedade.

+ Entenda porque a ADVEC de Malafaia está tirando o sono de Cassiane

A convocação foi feita através do Instagram do pastor e da cantora Cassiane. Jairinho convocou também todos os cristãos a orar em suas casas, e lembrou do que a bíblia fala, que a nossa luta não é contra carne nem sangue, mas sim contra principados e potestades.

Compartilhe:



Mais artigos

“Não tenho realmente mais nada a perder”, diz Ludmila Ferber em post do Instagram

A pastora Ludmila Ferber luta contra um câncer no pulmão diagnosticado em março deste ano


André Valadão toma decisão e fala o que pensa sobre Damares Alves

Por dizer que teve uma visão de Jesus em um pé de goiaba, e que Ele a convenceu a não cometer o suicídio, ela passou a ser ironizada nas redes sociais


Polêmica envolvendo Magno Malta e Cabo Daciolo divide mundo gospel

Magno Malta apoiou Bolsonaro para presidente ao invés de Daciolo, assim como a maioria dos evangélicos


O plano “B” de Malafaia sobre Bolsonaro

O líder religioso é um dos principais "Espiritual Influencer" do Brasil e já apoiou alguns candidatos que depois lhe causaram decepção


Pastora lésbica faz declaração na TV e constrange evangélicos

A pastora se utilizou de um argumento já ultrapassado da comunidade LGBT de que a orientação sexual homossexual seria algo de nascença


Cantor secular doa piano de R$ 60 mil para igreja evangélica e revolta fãs

A doação gerou polêmica pois o artista está devendo a pensão alimentícia do filho Matheus, de 6 anos


Haddad perde mais uma e é condenado a pagar 80 mil por ofensas a Edir Macedo

Além da condenação, Haddad também terá que se retratar, sob pena de multa de R$ 1.000 por dia de atraso


Tragédia: Sofrendo com depressão há dois anos, pastor evangélico tira a própria vida

Ultimamente casos de suicídios entre pastores estão aumentando e preocupando a liderança evangélica no Brasil


Fernanda Brum vai responder na justiça por não comparecer a evento gospel. Saiba qual

A organização do Clama Bahia informou por meio de nota, que irá entrar na justiça contra a cantora


Após denuncias de abuso sexual MP de Goiás pede prisão do médium João de Deus

A medida foi requerida após o MP receber mais de 200 denúncias das supostas vítimas do líder religioso