Em meio à crise cantor gospel cobra R$25 mil de cachê e é denunciado por vereador

Tom Carfi teria sido contratado em um processo sem licitação


Publicado em: 30/05/18 às 15:46 por Caio Rangel

Tom Carfi (Reprodução)

Compartilhe:

O vereador Jorge Gomes de Oliveira Brand, mas conhecido como “Goura” da cidade de Curitiba (PR), fez duras críticas à contratação do cantor gospel Ton Carfi, que cobrou R$ 25 mil reais para se apresentar em um show na cidade.

Ton não é o único artista gospel que já foi criticado por cobrar altos valores para se apresentar. A realidade é que, para uma prefeitura realizar um show gospel hoje em dia, precisa estar disposta a desembolsar altos valores. Em média os “artistas gospel” cobram de R$50.000 à R$200 mil reais, por uma apresentação para eventos que são bancados pela prefeitura, á maioria desses artistas superfaturam o valor do cachê para eventos que são pagos com dinheiro público

+ Apóstolo Maurício Santa Fé e Ton Carfi ministram juntos

O vereador Goura usou sua página do Facebook para cobrar explicações e questionar a Secretaria Municipal de Defesa Social da Prefeitura de Curitiba, pela contratação do artista gospel por um valor de R$ 25 mil reais “sem licitação”.

+ Entrevista: Ton Carfi fala sobre o clipe “hospício” e rebate críticas

Goura e Tom Carfi (Reprodução)

Goura e Tom Carfi (Reprodução)

O vereador escreveu:  “Um Estado é considerado laico quando promove oficialmente a separação entre Estado e religião. A partir da ideia de laicidade, o Estado não permitiria a interferência de correntes religiosas em assuntos estatais, nem privilegiaria uma ou algumas religiões sobre as demais. O Estado também deve garantir e proteger a liberdade religiosa de cada cidadão, evitando que grupos religiosos exerçam interferência em questões políticas. Por outro lado, isso não significa dizer que o Estado é ateu, ou agnóstico. A descrença religiosa é tratada da mesma forma que os diversos tipos de crença”, concluiu.

Ton Carfi esclareceu acusações do vereador

Escândalo: Cantores gospel superfaturam valor de cachê para eventos de prefeitura

música gospel é um negócio bastante lucrativo, isso certamente é algo que todos podem concordar, mas dentro desse nicho de negócio, existe uma prática bastante comum, que beira a irregularidade.

Se trata dos valores cobrados pelos artistas gospel, os cachês que recebem por cada apresentação. Os números, além de altos, não são fixos, e podem ser até três vezes maiores, se o evento for pago com dinheiro público.

Não é de hoje que a grande maioria dos cantores gospel tem levado verdadeiras fortunas de prefeituras, por uma apresentação igual, ou inferior a feita em eventos bilhetados.

Os valores são surpreendentemente maiores, dos que são cobrados em shows convencionais.

Para se ter uma noção, cantores que cobram entre R$5.000 e R$10.000 em eventos bilhetados ou igrejas, chegam a cobrar até R$35.000 em eventos pagos por prefeituras. Esses são aqueles cantores “Menores”, com menos sucesso.

Já aqueles mega artistas, os famosos de grandes gravadoras, esses costumam cobrar acima dos cem mil reais.

Compartilhe:



Mais artigos

Por que Fernanda Brum e Damares deixaram de seguir Shirley Carvalhaes no Insta?

As cantoras gospel parecem seguir o exemplo de Cassiane


Fiéis da Madureira estão preocupados com o Bispo Samuel Ferreira. Saiba porquê!

O bispo precisou passar por uma nova cirurgia em agosto de 2017


Cantora gospel que sofreu acidente grave testemunhou ter sobrevivido

A cantora gospel lançou um novo single, Sobrevivi, com participação do rapper Pregador Luo


Após susto, Fernanda Brum fala pela primeira vez sobre doença, e tranquiliza fãs

cantora gospel postou uma nota nas redes sociais, explicando aos fãs sobre o ocorrido e agradeceu pelo carinho e preocupação


Ex-cantora gospel fala abertamente sobre abandono e rejeição do pai

a funkeira afirma que ele foi criticado por todos da família, mas que de todos, o pai ficou chateado com ela


Bispo da Universal busca apoio de Pai de Santo em campanha para deputado

Ele já apresentou programas evangélicos em diversas rádios do estado do Rio de Janeiro


Confira a lista dos artistas gospel indicados ao Grammy Latino 2019

Melhor Álbum de Música Cristã, de língua portuguesa, e de língua espanhola.


Maracutaia? Longe da MK Aline Barros fica fora do Grammy pela primeira vez em anos

O interessante é que este ano, depois que saiu da MK ela não foi indicada, e fica ainda mais curioso em ver que só há integrantes da própria gravadora


Cantora gospel Marcela Taís segue internada em estado grave

Durante a madrugada mais uma nota foi divulgada nas redes sociais de Marcela com informações atualizadas


Urgente! Cantora gospel famosa sofre grave acidente de carro

A cantora gospel acabou sofrendo várias escoriações pelo corpo e uma fratura no pé