Assembleia de Deus se envolve em escândalo e deixa milhares de fiéis furiosos

O pastor teria alugado o terreno da igreja, comprado com doações dos fiéis, para uma choperia.

Publicado em: 20/03/18 as 16:23 por Thalita G
Assembleia de Deus se envolve em escândalo e deixa milhares de fiéis furiosos
Compartilhe:

Na última semana, a Assembleia de Deus Madureira sofreu um duro golpe, quando vazaram áudios do vice-presidente da Adbrás, em conversas com uma jovem senhora, membro da igreja em Mauá-SP.

Já nesta semana, uma nova polêmica surgiu, envolvendo novamente uma Assembleia de Deus.

Informações dão conta de que um novo escândalo estaria acontecendo no campo das Assembleia de Deus, no bairro Vila Industrial, em São Paulo. Campo tradicional com mais de 70 anos, presidido pelo pastor João Oliveira Figueredo.

Presidente da ADVI (Assembleia de Deus Vila Industrial) há cerca 15 anos, o pastor João Oliveira fez uma grande campanha para arrecadação de recursos financeiros para a compra de alguns terrenos para a construção da nova sede, há alguns anos.

Os fiéis colaboraram durante um pouco mais de dois anos, através de carnês, com valores mínimos de R$50,00 para membros. Já os obreiros, tinham que contribuir com valores superiores a R$100 reais. Membros de todo o campo contribuíram.

+ Entenda porque a Assembleia de Deus como você conhece não existirá em 2018

Por fim, foram comprados três imoveis, um ao lado do outro, em uma esquina bem próxima da igreja sede, a cerca de 300 metros.
Após a compra, foram derrubado os antigos imóveis, construíram muros ao redor de todo o terreno, e segundo informações, o terreno que seria usado para a construção de uma nova sede, acabou ficando abandonado por vários meses e o mato cresceu. Confira imagens de satélite do local em 2015.

Em 2017, a liderança da igreja decidiu alugar o terreno para um estacionamento, apesar de a própria igreja não possuir estacionamento, e vários incidentes já terem sido registrados com veículos de fiéis. Roubos e pneus furados, são alguns dos casos já registrados.

Apesar de muitos membros terem reclamado quanto ao aluguel do terreno para a construção de um estacionamento, o assunto saiu de evidência e seguiu-se a construção.

No entanto, para surpresa de todos, não era um estacionamento que seria instalado no terreno. Ao passar dos meses moradores da região e membros da igreja, observaram uma edificação diferenciada ficar pronta. O prédio que estava sendo construído, lembra um quiosque de praia.

Mais um pastor da Assembleia de Deus morre de forma trágica

Por fim, no último dia três de Março, foi inaugurado o “TILAPIA CAIPIRA” uma Choperia, construída sobre o terreno da igreja, comprado com doações dos membros.

Segundo alguns fiéis, o caso será denunciado ao Ministério Público.

Confira imagens do local, antes e depois.

Terreno em 2015

Terreno em 2015

Tilápia Choperia (Foto: Redes sociais)

Tilápia Choperia (Foto: Redes sociais)

A igreja fica localizada na rua Assembleia de Deus, 19. Vila Industrial – SP.
Os terrenos ficam na Rua Morais Costa, 744, esquina da Rua Gonzaga de Campos, 32 Vila Industrial – SP.

Nossa reportagem entrou em contato com a secretária da igreja via telefone. No primeiro contato, a secretária informou que, tanto o pastor presidente, quanto o seu assessor, estavam em uma reunião. Na segunda chamada, ela informou que eles ainda não haviam chegado. Falamos do que se tratava, e ela informou o de praxe “Só com eles”. Perguntamos então, o nome do assessor do pastor, ela respondeu que não sabia informar.

Enviamos e-mail’s e até o fechamento desta reportagem, não obtivemos nenhum tipo de resposta por parte da Assembleia de Deus Vila Industrial, sobre o fato de um terreno comprado com dinheiro de fiéis, estar alugado a uma choperia.

Compartilhe: