Tínhamos chance de compor uma chapa pura; Diz Feliciano sobre Bolsonaro

Não sou aliado de TEMER, sou aliado do Brasil, disse o deputado.


Publicado em: 21/02/18 às 13:42 por Redação | Atualizado em 21/02/2018 às 13:42


O deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP), está em uma corrida rumo a sua nova aspiração política, uma das duas vagas disponíveis para o Senado federal, pelo estado de São Paulo.

Para isso, o pastor evangélico tem procurado garantir as condições favoráveis a sua candidatura, se aliando a nomes que possam lhe proporcionar a estrutura política e financeira para see projeto politico.

O O Fuxico Gospel conversou com exclusividade com o deputado, que falou sobre seu apoio ao presidenciável Jair Bolsonaro e sobre as especulações de que poderia compor como vice na chapa presidencial.

Negou que seja aliado do presidente Temer e afirmou ser aliado do Brasil. O deputado também comentou sobre o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, e como não poderia deixar de ser, questionamos o que ele pensa da atual situação dos Gideões Missionários da Última Hora. Acompanhe:

+ Exclusivo: Marco Feliciano justifica voto pela permanência de Temer

Deputado federal Marco Feliciano - PSC-SP (Reprodução)

Deputado federal Marco Feliciano – PSC-SP (Reprodução)

O pastor Silas Malafaia já errou várias vezes apoiando candidatos que mais tarde decepcionaram a nação. Agora ele apoia Bolsonaro e o Sr. Também. Será que pela primeira vez ele (Malafaia) está certo?

Não posso falar pelo pastor Silas. Posso sim falar da minha experiência, em 2010 eu apoiei Dilma, subi em seu palanque e pedi votos dos evangélicos pra ela. Minha inexperiência política me levou a isso. Fui enganado como todos os brasileiros. Não havia muita opção na época. Dilma X Serra. Ele publicamente disse ser a favor do aborto, ela assinou um compromisso com todos os cristãos dizendo ser contra o aborto. Resultado? Petista mente demais. Em 3 meses de mandato rompi com ela e com seu partido. Entenda, bastou 90 dias pra eu perceber o que era esse malévolo partido.

Muito se especulou de que o sr. poderia compor a chapa de Bolsonaro, na vice-candidatura a presidência. Em algum momento essa possibilidade foi cogitada?

Decisões majoritárias não partem apenas de um candidato, passam pelo desejo e aprovação de uma sigla partidária. Quando estávamos no mesmo partido (PSC) tínhamos chance de compor uma chapa pura, mas Bolsonaro deixou o PSC e eu estou fazendo o mesmo. A decisão pertence aos partidos, pois ainda que eu queira sem um partido que dê a legenda, não viabilizaria a candidatura.

Com tamanha rejeição, ainda é viável manter-se aliado ao presidente Temer?

Não sou aliado de TEMER, sou aliado do Brasil, e pra isso em algumas questões é preciso ser extremamente prudente, como por exemplo, não derruba-lo neste momento, pra que a esquerda não volte e não dobre o número de desempregados.

Na Austrália as igrejas podem ser forçadas a realizar casamento gay. O Brasil pode caminhar para isso?

Enquanto aqui (Brasília) eu estiver, lutarei com todas as minhas forças para blindar nossas igrejas. Se a esquerda voltar ao poder, não tenho dúvidas que o ataque as igrejas e famílias continuarão, afinal eles não têm plano de governo e sim plano de poder.

Na sua visão como político e pastor evangélico, como o sr. avalia a atuação do prefeito Marcelo Crivella como político e religioso na prefeitura do Rio?

Crivella é um bom cristão. Ele tem um carimbo em sua testa: UNIVERSAL. A Globo é inimiga mortal da igreja Universal. Crivella será sempre hostilizados, humilhado e terá sua imagem desconstruída, faz parte da guerra política. Portanto o fardo dele é pesado e sua vigilância deve ser dobrada.

Porque o Senado e não a Câmara?

Senado é campanha de um posto majoritário. É preciso uma estrutura descomunal. É uma campanha semelhante à de governador. Neste ano são duas vagas. A segunda vaga precisará no mínimo 9 milhões de votos. Sem um grande partido com tempo de TV e estrutura financeira, não se consegue a cadeira.

O sr. é o principal nome a compor a lista de pregadores do Gideões a anos. Depois de tantos escândalos, como o sr avalia a atual situação da instituição?

Não acredito que seja o principal nome. Já sou um veterano ali. Este ano permitindo Deus e a diretoria do evento, completarei 20 anos ministrando neste lindo evento. Sobre problemas, é natural que uma festa espiritual de tamanha proporção é impacto seja perseguida pelo reino das trevas. Olhamos sempre pro
Prisma da terra e esquecemos do céu. Vejo os frutos bons e não os podres. Toda árvore da frutos bons e alguns apodrecem. Mas os frutos passam e a árvore permanece. O legado dos Gideões é inegável. Pr Cesino se foi, mas deixou a “capa” sobre seu filho Pr Reuel que tem lutado com muito amor e toda sua força. Vai ser uma benção!




Aniversariante do mês
Álvaro Tito

Cantor

53 anos


publicidade

Mais artigos

Cantora evangélica é acusada de abandonar o pai entre a vida e a morte

Diante de todo o drama vivido pelo pai sendo exposto desta forma, ela foi procurada e prestou esclarecimento


Pastor Hueslen lamenta morte de entes familiares e comove internautas

Os dois filhos dos primos do pastor Hueslen Santos morreram afogados logo depois de um momento de descuido dos responsáveis


Escândalo envolvendo igreja evangélica ainda repercute no exterior

Naasón Joaquín García, foi preso no aeroporto de Los Angeles sob acusação de tráfico de pessoas, pornografia infantil e abuso de menores


Quatro fatos intrigantes sobre o assassinato do pastor Anderson do Carmo

Pouca coisa foi esclarecida diante das perguntas que ainda hoje permanecem sem respostas


Sarah Farias explica cancelamento de agenda e pede perdão à igreja

Os seguidores elogiaram a atitude da cantora, e deixaram muitas mensagens de apoio


Violência: Pastor é assassinado a tiros em frente a igreja

O pastor foi socorrido por vizinhos e levado para a UPA de Serra Sede, mas não resistiu e morreu antes de receber atendimento


Teto de igreja evangélica desaba após incêndio e pastor se desespera

De acordo com a Polícia Militar, um curto circuito pode ter causado o incêndio


Irmãos suspeitos de matar pastor se entregam à polícia

Os suspeitos estavam foragidos e com mandado de prisão em aberto após serem indiciados pela morte do pastor evangélico Edenilton Félix


Nesta segunda Flordelis prestará depoimento à polícia sobre morte do marido

Flordelis também pretende conceber uma entrevista coletiva aos jornalistas na próxima terça-feira 25


Segundo a polícia, cenário macabro foi encontrado na casa de Flordelis, saiba mais

Todas as pessoas que estavam na casa no dia do crime estão sendo investigadas