Pastor Marcos Pereira é condenado por estupro de mulher “endemoniada”

Segundo os autos, o réu afirmou que a vítima estava possuída por um espírito maligno


Publicado em: 28/02/18 às 18:08 por Thalita G

Pastor Marcos Pereira (Reprodução)

Compartilhe:

O pastor Marcos Pereira, líder da igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias (ADUD), teve sua prisão determinada na tarde da última Terça-Feira (27), pela primeira turma do Supremo Tribunal Federal (STF).

O pastor foi condenado a cumprir 15 anos recluso em regime fechado, pelo crime de atentado violento ao pudor, contra uma mulher, ex-membro de sua igreja.

Ele estava solto desde o fim de 2014, quando uma liminar do ministro Marco Aurélio Mello, autorizou sua soltura.

O crime ocorreu em 2006. Segundo os autos, o réu afirmou que a vítima estava possuída por um espírito maligno e a estuprou nas dependências da igreja.

+ Crise? Pastor Marcos Pereira põe coleção de carros à venda

Os advogados do pastor pediram a anulação da sentença de primeira instância por cerceamento da defesa, e, caso o pedido não fosse concedido, a prescrição da denúncia. Segundo os defensores, à época do estupro, crimes sexuais ainda partiam de iniciativa privada, ou seja, eram instaurados caso houvesse interesse da vítima. Em 2009, essa responsabilidade passou a ser do Ministério Público.

De acordo com Alexandre, ‘além da violência física, a violência psicológica foi amplamente demonstrada porque o condenado, ao utilizar sua liderança espiritual, amedrontava a vítima e a fazia acreditar que ela estava endemoniada’.

“A vítima tinha o condenado como homem de Deus na Terra, como uma pessoa sagrada”, disse o ministro, ao acrescentar que os relatos foram confirmados por testemunhas.

Exclusivo: Cantor Waguinho confirma saída da ADUD

O argumento, no entanto, não convenceu o presidente da 1ª Turma, ministro Alexandre de Moraes, nem a ministra Rosa Weber, que votaram pela cassação da liminar. O ministro Marco Aurélio Mello votou pela manutenção da medida. Os ministros Luís Roberto Barroso e Luiz Fux estavam ausentes e, portanto, a decisão foi tomada por 2 votos a 1.

Com informações: Metropoles

Compartilhe:



Mais artigos

Cantora gospel anuncia estar curada de câncer e promete testemunhar

A cantora gospel havia anunciado que estava em tratamento contra a doença no inicio do ano


Cantor gospel responde Malafaia e diz que já deu muito lucro a ele: Destila veneno

O pastor se pronunciou sobre o fato de ter sido citado em um vídeo do pastor


Cantor gospel revela doença devido a “desequilíbrio químico no cérebro” e choca internautas

Luo está ausente da música gospel há cerca de oito meses


Priscilla Alcantara é tietada por Nego do Borel durante encontro em igreja

Priscilla Alcantara ministrou o louvor na Igreja Batista Atitude


Daniela Araújo se “desmonta” em programa da Globo ao falar sobre drogas e divórcio com Leonardo Gonçalves

A cantora gospel ficou literalmente sem palavras durante vários momentos e precisou da ajuda do irmão


Samuel Mariano recebe homenagem de Neymar e se emociona

Neymar desenhou um coração no stories do Instagram, enquanto ouvia a música de Samuel Mariano.


Ludmila Ferber recebe homenagem emocionante da filha: Cantora gospel luta contra câncer

A filha da pastora Ludmila Ferber fez aniversário recentemente mas, foi a pastora quem recebeu a homenagem


Presidente do Gideões é submetido a cirurgia para retirada da safena

O pastor Reuel Bernardino já se recupera em casa, e deve permanecer em repouso por cerca de 30 dias


Daniela Araújo se apresenta no “Promessas no G1” desta Quinta. Saiba tudo!

A cantora gospel irá falar sobre seu retorno a música gospel e responderá perguntas dos fãs


Cantor gospel que “cutucou Malafaia com vara curta”, não grava vídeos há 3 semanas

O pastor calou o cantor gospel, depois de comentar sobre uma polêmica antiga em que o cantor se envolveu