Esposo da cantora gospel Gisele Nascimento “detona” a MK publicamente

Ele criticou a produção do live session "Ana" e sugeriu que tirassem do ar o quanto antes


Publicado em: 02/02/18 às 6:49 por Thalita G | Atualizado em 02/02/2018 às 6:49

Rogério Gentil e Gisele Nascimento (Reprodução)

Compartilhe:

O pastor Rogério Gentil, esposo da cantora gospel Gisele Nascimento, fez um desabafo contra a gravadora MK, a respeito da qualidade do Live Session da música “Ana”, postado no dia 30 de Janeiro no canal do Youtube da gravadora.

Gentil se mostrou extremamente insatisfeito e fez duras críticas a MK, alegando que não foram profissionais. Em um certo ponto, o esposo de Gisele disse que por ele, o vídeo seria removido do canal.

Leia na íntegra:

O que tenho pra falar a respeito da Live Session da Musica ANA… A Live foi cantada, como todas as Lives da MK, pois quando é Live é cantada, quando é dublagem é Music Session. Entretanto, como todo trabalho ao vivo, sempre existem correções a serem feitas, assim é feito em todos DVDs, assim é feito nas Lives Sessions, com todos os artistas, até no secular.

Já estou com a Gisele a 15 anos, e quem conhece a Gisele sabe, que mesmo rouca, às vezes com a voz cansada, ela canta de verdade, se entrega nas Igrejas quando vai ministrar, enfim, ela sempre faz o melhor que pode, como profissional, no caso da MK, e como Levita, ministrando nas Igrejas.

No caso, dessa Live Session, existiam correções a serem feitas antes da Live ir para o ar, entretanto, na única semana que o Estúdio tinha disponibilidade para que as correções fossem feitas, nós estávamos muito atarefados com o Lançamento do CD, na nossa Igreja, e nos preparando para fazer a viagem que estamos fazendo.

Como não conseguimos fazer a correção, no dia que o pessoal da MK queria marcar, nos foi dito para ficarmos tranquilos, pois tudo seria feito quando voltássemos de viagem.

Qual não foi a nossa surpresa, vimos que a Live foi para o ar, e pra piorar, ao invés da voz gravada na Live, resolveram colocar uma outra voz que tinha em estúdio e deu no que deu…

Particularmente, eu detestei o resultado, mas a Live Session é um produto da Gravadora e eles fazem o que quiser, mesmo que seja uma porcaria.

Lamentável que isso seja feito com uma música que amamos, que produzimos com tanto carinho e com uma Live que foi feita com tanto amor e dedicação.

Pois só Deus sabe como a Gisele estava cansada no dia, e como ela se dedicou para que fosse feito o melhor.

Mas infelizmente, hoje em dia, ninguém se preocupa mais com o ser humano, as pessoas só se preocupam com resultados, com seus próprios interesses, com aquilo que lhes traz benefícios. Estou profundamente decepcionado com o que aconteceu, e sinceramente não vejo motivo plausível para que as coisas tenham sido feitas da forma que foram, pois da forma como foi, não ficou feio só para a Gisele, ficou feio para a Gravadora também, isso mancha seu nome, pois passa uma imagem de amadorismo que não combina com o nome e a história do que representa a MK para a música evangélica no Brasil.

Enfim, por mim o vídeo não teria ido para o ar, e vou além, por mim ele seria tirado do ar imediatamente, pois esse tipo de coisa não tem nada a ver com o profissionalismo que representa o nome MK Music.

Isso é o que eu penso como esposo e como admirador do Ministério da Gisele, pois só eu e Deus sabemos o quanto essa mulher é dedicada ao seu Ministério, o quanto ela é de verdade, o quanto ela é carinhosa com as pessoas, atenciosa, o quanto ela se entrega nas Ministrações em cada Igreja que ela vai, desde a pequenininha até a grande, em todas a Gisele é sempre a mesma.

Num mundo de mentira, de tanta gente fake, a minha mulher é de verdade, mesmo com as suas falhas, mesmo com defeitos, ela é uma mulher de Deus, que enche o meu de ação de orgulho, e por ser de verdade, ela não merecia uma Live de mentira.

Estou desabafando, pois é muito fácil criticar, falar mal, mas ninguém quer saber o que aconteceu de verdade. E isso é tudo!!!

Rogério Gentil é conhecido por suas opiniões polêmicas, e não é a primeira vez que ele ataca publicamente a gravadora na qual a esposa é contratada.

Gisele Nascimento e o marido fundaram recentemente a “Getemi Church”, e estão em mudança do Brasil para Portugal.

Compartilhe:



Mais artigos

“Não tenho realmente mais nada a perder”, diz Ludmila Ferber em post do Instagram

A pastora Ludmila Ferber luta contra um câncer no pulmão diagnosticado em março deste ano


André Valadão toma decisão e fala o que pensa sobre Damares Alves

Por dizer que teve uma visão de Jesus em um pé de goiaba, e que Ele a convenceu a não cometer o suicídio, ela passou a ser ironizada nas redes sociais


Polêmica envolvendo Magno Malta e Cabo Daciolo divide mundo gospel

Magno Malta apoiou Bolsonaro para presidente ao invés de Daciolo, assim como a maioria dos evangélicos


O plano “B” de Malafaia sobre Bolsonaro

O líder religioso é um dos principais "Espiritual Influencer" do Brasil e já apoiou alguns candidatos que depois lhe causaram decepção


Pastora lésbica faz declaração na TV e constrange evangélicos

A pastora se utilizou de um argumento já ultrapassado da comunidade LGBT de que a orientação sexual homossexual seria algo de nascença


Cantor secular doa piano de R$ 60 mil para igreja evangélica e revolta fãs

A doação gerou polêmica pois o artista está devendo a pensão alimentícia do filho Matheus, de 6 anos


Haddad perde mais uma e é condenado a pagar 80 mil por ofensas a Edir Macedo

Além da condenação, Haddad também terá que se retratar, sob pena de multa de R$ 1.000 por dia de atraso


Tragédia: Sofrendo com depressão há dois anos, pastor evangélico tira a própria vida

Ultimamente casos de suicídios entre pastores estão aumentando e preocupando a liderança evangélica no Brasil


Fernanda Brum vai responder na justiça por não comparecer a evento gospel. Saiba qual

A organização do Clama Bahia informou por meio de nota, que irá entrar na justiça contra a cantora


Após denuncias de abuso sexual MP de Goiás pede prisão do médium João de Deus

A medida foi requerida após o MP receber mais de 200 denúncias das supostas vítimas do líder religioso