Irmãos pedreiros Cantam pra Jesus e ganham gravação de CD

Confira nossa entrevista com os irmãos que foram de pedreiro à cantores gospel, porque acreditaram no sonho.

Publicado em: 05/01/18 as 9:26 por Thalita G
Compartilhe:

A música gospel parece ter se  tornado um mercado cheio de glamour, onde só quem consegue chegar no auge são aqueles que possuem algum apadrinhamento artístico, ou muita grana para investir nas melhores produções e se jogar no business gospel, Certo? Até pode ser, mas se depender do Festival W. Music, essa realidade deixará de existir.

Isso porquê, o maestro Wellington Corrêa [idealizador do festival] tem viajado o Brasil inteiro em busca de talentos reais, aqueles que normalmente conseguem nos emocionar apenas com a voz, sem uma mega estrutura de som e iluminação, sem uma mega banda ou qualquer aparato que comumente os artistas usam.

Na sua igreja certamente tem alguém assim, que merecia uma chance, não é mesmo?

Quem também merecia uma chance, era os irmãos Mike e Moisés. De origem humilde, eles já trabalharam como pedreiros e se viravam como podiam para prover o sustento. Souberam que a caravana do festival W. Music passaria por sua cidade e com muita dificuldade se inscreveram. No fim, o resultado foi o melhor. A dupla acabou levando o primeiro lugar e ganhou a gravação do CD, produzido pelo maestro Wellington Corrêa.

Confira nossa entrevista com os irmãos que foram de pedreiro à cantores gospel, porque acreditaram no sonho.

Maestro Wellington Corrêa, Mike e Moisés

Maestro Wellington Corrêa, Mike e Moisés

O Fuxico Gospel:  Primeiro, queremos agradecer a vocês pela entrevista. A primeira pergunta já é uma dúvida de todos aqui da redação. Vocês são irmãos?

Mike e Moisés: Sim! somos irmãos.

O Fuxico Gospel: Mike e Moisés são nomes artísticos? Se sim, quais os de batismo?

Mike e Moisés: São os nomes de batismo. Maike Thelisom de oliveira Lima e Moisés Antônio de Oliveira Lima, como combinam decidimos seguir como nome artístico (Maike e Moisés) .

O Fuxico Gospel: Como surgiu a ideia de criar a dupla?

Mike e Moisés: Sempre cantamos juntos desde pequenos ainda na zona rural em uma Igrejinha de palha, lona e chão de terra dirigida por nossos pais . Fomos crescendo e sendo incentivados por nossos pais, irmãos, amigos e familiares a seguir com esse sonho.

O Fuxico Gospel: Vocês compõem? Como funciona o processo de composição de vocês, trabalham juntos nisso?

Mike e Moisés: Outra paixão que temos é compor, todo o CD são músicas autorais. Temos o prazer de ter letras nos CDs de alguns cantores de nossa cidade, temos uma música com o cantor Sérgio Saas que é uma grande honra para nós .

O Fuxico Gospel: Qual foi a música que cantaram no Festival W.Music, porque escolheram ela?

Mike e Moisés: A música cantada no festival W. Music foi a música (milagre) de André e Felipe, indicação das nossas esposas que amamos tanto. Escolhemos ela porque se tratava de um milagre que estávamos esperando a tanto tempo, nós sabíamos que com aquela música Deus faria grande milagre naquele dia, e fez .

O Fuxico Gospel: O que esperam na carreira em 2018?

Mike e Moisés: Esperamos grandes coisas o ano de 2017 foi ano de grandes portas que se abriram, mas o ano de 2018 será o ano de passar por elas. Acreditamos que Deus está preparando uma grande vitória pra nós .
Queremos divulgar o trabalho e levar a mensagem da cruz aos que precisam.

O Fuxico Gospel: O que fazem fora da música? Trabalham ou estudam?

Mike e Moisés: Somos orientadores vocais pelo instituto CFV uma escola de formação vocal em São Paulo (mestre:Washington Luiz) Representamos a metodologia onde residimos, formosa GO e Arinos MG.
Depois de tantas dificuldades hoje trabalhamos sempre envolvidos com música. Mas antes disto passamos por muitas dificuldades financeiras trabalhando cavando valas para montar redes de esgoto, pedreiro, encanação enfim, serviços gerais, mas nunca desistimos do nosso sonho.

O Fuxico Gospel: Qual foi a importância do Festival W.Music pra vocês e o que acharam de serem produzidos pelo maestro Wellington Corrêa?

Mike e Moisés: O festival veio no momento mais difícil financeiramente falando, quando já estávamos meio desacreditados no talento que Deus nos deu, ficamos sabendo através das redes sociais por nossa irmã e decidimos participar, passamos na primeira fase e encaminhados para a final buscamos ao senhor para vencer e ele nos concedeu essa vitória. Ser produzido pelo maestro foi uma honra imensa nunca imaginávamos que seria algo tão grande uma produção super profissional, competente, em São Paulo, nossa !!! Louvamos a Deus pela vida dele.

Compartilhe: