noticias gospel

Maior divisão da Assembleia de Deus, começou. Saiba quem sai ganhando

O pastor Samuel Câmara já entregou sua carta de desligamento da igreja

Publicado em: 07/11/17 as 8:37 por Thalita Guedes Fontes

Maior divisão da Assembleia de Deus, começou. Saiba quem sai ganhando
Compartilhe:

Depois de muito burburinho, especulação e batalhas na justiça, agora é oficial! O Pastor Samuel Câmara, Líder das Assembleia de Deus em Belém, conhecida como a igreja “mãe”, com um requerimento protocolado e entregue na sede da CGADB no Rio de Janeiro, está oficialmente fora da Convenção Geral Assembléia de Deus no Brasil.

A notícia publicada no próprio site do pastor, ainda ontem (6) por volta do fim da tarde, mostrava a carta de desligamento, onde o pastor assina, com data comemorativa dos 500 anos da Reforma e do próprio aniversário do pastor, 31 de outubro.

Mas o pastor afirma que apesar de seu desligamento “seguirá ativo no trabalho incessante para dar crescimento à obra de Deus, ao lado de pastores assembleianos de todo o Brasil em um novo movimento que vem trazer avanços, dinamismo e resgate histórico da Assembleia de Deus”, e que seu desligamento se restringe apenas a antiga convenção e nada tem a ver com a igreja que lidera e com a história da Assembléia de Deus no Brasil.

Ele tem a visão de fundar uma nova convenção que deverá se chamar CADB (Convenção das Assembléia de Deus no Brasil). Não se sabe ao certo quantos pastores o seguirão, estima-se que quase 30 mil líderes poderão filiar-se a nova convenção.

Segundo o site de câmara “o novo movimento, já nasce frutífero e abençoado com inúmeros pastores, ministérios e convenções que se unem para fazer uma Assembleia de Deus mais forte”.

No dia, 5, o irmão de Samuel, Jônatas Câmara, também pediu seu desligamento da convenção e daqui por diante, o que deve acontecer é uma enxurrada de desligamentos, que será um processo natural do desligamento do líder da Igreja Mãe.

Isto já vinha acontecendo espontaneamente. Sabe-se que de algum tempo pra cá, com tantos escândalos e brigas judiciais, uma delas protagonizada pelo próprio Samuel e o líder atual da DGADB, José Welington Ferreira Jr. levou muitos líderes a desistirem de fazer parte da instituição.

Este, certamente, será o maior racha da história das Assembléia de Deus no Brasil até hoje.

Compartilhe: