noticias gospel

Cantora gospel Fernanda Brum anuncia pausa na carreira após descobrir doença

Fernanda Brum foi diagnosticada com uma síndrome rara

Publicado em: 10/11/17 as 14:47 por Thalita Guedes Fontes

Cantora gospel Fernanda Brum anuncia pausa na carreira após descobrir doença
Compartilhe:

A cantora gospel Fernanda Brum, atualmente a principal voz da gravadora MK, anunciou uma pausa na carreira em 2018.

A cantora usou uma rede social para contar aos fãs e seguidores, que está de licença médica, e pede a compreensão das pessoas que a aguardavam em algum evento ainda este ano, mas infelizmente não poderá cumpri-los.

Diagnosticada com Estafa, uma doença que causa desânimo sem explicação aparente, dores no corpo, falta de motivação para continuar aquela atividade de que tanto gosta e uma vontade enorme de ir embora logo após chegar ao trabalho, a cantora parece precisar realmente de um ano sabático.

Fernanda Brum também prometeu lançar seu novo livro em 2018, apesar de ser justamente o período em que irá descansar.

Leia a nota:

Começa hoje meu final de semana! Apesar de estar ainda de licença médica,estarei cumprindo esses dois compromissos!Peço orações de todos e compreensão daqueles que ainda não poderei atender,um a um,por conta da estafa, esse esgotamento só acontece em quem existe,quem está vivo e trabalha além do que pode. Estou escrevendo novo livro e provavelmente 2018 entrarei em um ano compatível a um ano sabático. Estarei servindo apenas a minha igreja local e fazendo grandes eventos mensais. Dessa maneira piso no freio adequadamente e consigo cumprir compromissos importantes para meu Deus e minha família …. É pessoal! Eu preciso descansar … essa é a 3ª ou 4ª vez que passo por isso,vamos falar sobre essa experiência por esses dias no meu canal, vamos falar sobre a síndrome de #Burnout

Fernanda Brum é casada com o pastor e produtor músical Emerson Pinheiro, e juntos lideram o Ministério Profetizando as Nações, no Rio de Janeiro.

Quem também anunciou pausa na carreira, foi a Banda Oficina G3, que deve parar por tempo indeterminado também em 2018.

Compartilhe: