noticias gospel

14 doutrinas exóticas da Congregação Cristã no Brasil.

Só podemos orar de joelhos, orar em outra posição é para os primos (outras igrejas).

Publicado em: 11/11/17 as 9:01 por Thalita Guedes Fontes

14 doutrinas exóticas da Congregação Cristã no Brasil.
Compartilhe:

Conhecida pela maneira nada carismática como trata as demais igrejas evangélicas, as quais nomeia de primos distantes, a Congregação Cristã no Brasil completou mais de 100 anos em terras brasileiras.

Sua origem está ligada ao italiano Luigi Francescon, que em 1910 desembarcou em São Paulo e conseguiu reunir um grupo de vinte seguidores e fundou a Congregação Cristã do Brasil.

Com sede no Brás (SP), a CCB rapidamente se espalhou pelo país e em pouco tempo atravessou a fronteira, alcançando um número significativo de seguidores. Segundo inúmeras fontes, a CCB nos anos 2000 ocupava a 6º posição no ranking mundial em número de membros. No Brasil, somente era superada pela Assembleia de Deus que à época somava cerca de 8,4 dos quase 26 milhões de evangélicos – a CCB reunia cerca de 2,4 milhões de seguidores.

Leia: 16 fatos assustadores sobre a igreja Deus é Amor que você não sabia

Há anos a Congregação Cristã se vê às voltas por uma crise séria. De um lado, há os que argumentam haver um “complô” contra o Conselho, enquanto outros dizem possuir evidências que comprovariam comportamentos duvidosos envolvendo o líder máximo da CCB, o ancião e ex-presidente mundial José Nicolau.

Aos que decidem frequentar suas congregações que são nomeadas de “comuns”, ordena-se que sejam novamente batizados e se submetam a regras rígidas. Caso seja pego em prática de adultério, o membro é destituído de suas obrigações na Igreja e evita-se qualquer tipo de contato com ele.

Na Congregação Cristã, o adultério é um pecado contra o Espírito Santo ao qual não existe possibilidade de perdão e que, “aquela pessoa está morta para sempre”.

Veja algumas das doutrinas exóticas da Congregação Cristã no Brasil:

01 – Só existe salvação na gloriosa Congregação. Ela é a verdadeira graça, o tronco principal são apenas ramos;

02 – O Espírito Santo dirige tudo e não é necessário se preparar, examinar ou meditar nas Escrituras Sagradas. Não pode estudar a Bíblia, pois não foi feita para ser estudada, mas para ser obedecida, quem estuda as escrituras são recebidos como canais;

03 – Só o batismo efetuado na CCB é verdadeiro e regenerador para obter salvação e criaram uma uma fórmula batismal estranha ao cristianismo. Os adeptos da CCB são batizados “em nome de Jesus” e “em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo”. Os que não são batizados dessa maneira, devem rejeitar a sua experiência anterior, e serem rebatizados “em nome de Jesus”.

04 – Está espiritualmente acima de qualquer outra denominação, porque é a única igreja em que as mulheres observam a prática do uso do véu no culto, conforme I Cor. 11.1-16;

05 – A irmandade deve saudar com a “paz de Deus” e nunca com a “paz do Senhor” porque existem muitos senhores, mas Deus existe um só e atacam todas as outras denominações que cumprimentar de forma diferente;

06 – Está espiritualmente acima de qualquer outra denominação, porque é a única denominação que observa prática do “ósculo santo” (se beijam no rosto);

07 – É pecado dar o dízimo, porque o dízimo está na lei e nós estamos na graça;

08 – Só existe um pastor da igreja: Jesus Cristo; os demais pastores são homens carnais;

09 – Não devemos pregar o evangelho, porque o evangelho não pode ser escandalizado: só se deve pregar se Deus mandar;

10 – Só podemos orar de joelhos, orar em outra posição é para os primos (outras igrejas).

11- Uso e abuso de bebidas alcoólicas é liberado – Os adeptos da Congregação Cristã no Brasil usam bebidas alcoólicas, e afirmam que a Bíblia não orienta sobre essa questão, chegam até mesmo a se embriagarem em suas festas de casamento e outros eventos sociais sem nenhum constrangimento.

12 – Se opor a CCB é um pecado de morte- Os adeptos da CCB acreditam que aqueles que deixam a CCB e posteriormente se opõe a mesma, pecam para a morte.

13- Rejeição do ministério feminino – A CCB ensina que as mulheres não podem exercer ministério na igreja, sobre a falsa evasiva de que “as mulheres devem permanecer caladas” e totalmente submissas aos homens. No máximo, podem tocar órgãos na igreja.

14 – O banco dos pecadores – Nos cultos os adeptos da Congregação que estão em observação ou em pecado, ficam sentados separados dos demais, e com o objetivo de serem conhecidos pela irmandade, ficam, nessas condições até vencer os dias de suas culpas.

Alguns termos curiosos usados na Congregação Cristã no Brasil:

Irmandade: Os adeptos da CCB em geral, ou em determinado local.

Buscar a Palavra: Recebimento de orientações “divinas” específicas em determinados pontos da mensagem.

A comum: Expressão usada pelo adepto para designar a igreja da localidade em que frequenta.

Obra de Deus: A Congregação Cristã no Brasil.

Vir para a graça: Expressão usada pelos adeptos quando convidam alguém para fazer parte da CCB.

Nascido na graça: Expressão usada em referência aos filhos dos adeptos.

Ancião: Equivalente a pastor nas igrejas evangélicas.

Seitários: Todos os evangélicos.

Testemunhados: É outra designação para os que não pertencem a CCB.

Conhecer toda a verdade: O mesmo que fazer parte da CCB.

Obedecer: Unir-se a CCB pelo batismo.

Chamar um hino: Pedir um hino no momento do culto.

Criatura: Todo aquele que não é adepto da CCB.

Compartilhe: