Entenda a incrível transformação da cantora gospel Jamily

Jamily foi revelada em um programa do Raul Gil em 2003

Publicado em: 31/10/17 as 10:01 por Thalita G
Compartilhe:

Dá pra notar que o tempo para algumas pessoas não passa, assim como para outros, o tempo só os melhora.

É o caso de uma pequena caloura que veio a tornar-se ícone da música gospel no  de ano 2003, com os sucessos “Conquistando o Impossível”, ”Tempo de Vencer”, que o Brasil praticamente todo cantou junto.

Estamos falando da Jamily. Dona de um talento incomum e uma voz inconfundível, percebidos desde cedo.

Jamily ainda com 9 anos ingressou no programa de talentos de Raul Gil com o “quem sabe canta”. Muito pequena e com uma timidez notável ao falar, jamily estreou no programa com uma roupinha bem simples, costurada por sua mãe.

Oriunda de uma comunidade carente do Rio de Janeiro para os estúdios da Record em São Paulo, encantou a todos com sua simplicidade e chegou a final ganhando o programa e assinando um contrato com a Line Records, gravadora que desde sempre foi sua casa.

Hoje Jamily está na Sony Music, com o álbum intitulado “pai”, que não teve muita repercussão.

Mas algo que tem chamado muito atenção nas redes sociais é a transformação impressionante em seu visual.

Leia: Tenha o cabelo igual ao da Damares em 3 passos simples

Uma mulher de olhar confiante deu lugar aquela menina tímida, e nota-se que a eterna pequena caloura de Raul Gil, talvez tenha passado por alguns procedimentos cirúrgicos.

A cantora ainda trabalha como modelo de algumas marcas para qual faz merchandising.

Mas não foi só o visual que mudou, também a voz de Jamily adquiriu nova roupagem, com muito mais técnica vocal e ornamentações, identificadas facilmente nos seus novos singles.

Hoje com 25 anos e com vários discos de ouro na carreira, tendo viajado praticamente o mundo todo cantando seus hits mais famosos, Jamily luta para se manter no mercado gospel.

A cantora já teve canções regravadas por Luan Santana e outros artistas, e já chegou a ser convidada para cantar o hino nacional americano em um jogo de Beisebol, em Nova Jersey-EUA.

Compartilhe: