noticias gospel

Pastor mais influente em Portugal foi “excluído” de igreja por divisão e rebelião

Hudson Silva teria mais de 60 igrejas espalhadas pelo país

Publicado em: 27/09/17 as 7:34 por Thalita Guedes Fontes

Pastor mais influente em Portugal foi "excluído" de igreja por divisão e rebelião
Compartilhe:

O reverendo Hudson Silva, além de estar sendo acusado de maus tratos por não pagar o salário de alguns pastores de suas mais de 60 igrejas, teria fundado seu império em Portugal a partir da uma divisão de um importante ministério.

O líder da Catedral Mundial da Esperança foi excluído da Revival Church For The Nations, sob acusações de tentar causar divisão e rebelião na igreja.

O O Fuxico Gospel vem recebendo uma série de acusações sobre o referido pastor, e através de um e-mail anônimo, recebemos uma cópia da carta de desligamento do hoje reverendo Hudson Silva, do ministério de Boston.

A carta narra com detalhes o dia que o desligamento ocorreu,  e apesar de não deixar claro as razões, estabelece os pontos principais.

O fato ocorreu em 2011, em um importante hotel em Lisboa, Portugal.

O apóstolo Ouriel de Jesus, presidente do ministério de Boston, presidiu a reunião que culminou com o desligamento total, tanto do reverendo Hudson, como também, os membros de sua diretoria.

Desde que a primeira matéria foi publicada, passamos a receber dezenas de e-mails com várias acusações sobre o pastor brasileiro, que é considerado um dos mais importantes de Portugal.

Veja a carta na íntegra:

Carta de desligamento do pastor Hudson Silva

Carta de desligamento do pastor Hudson Silva

Compartilhe: