noticias gospel

Netflix compra os direitos de “Nada a Perder”, filme que conta a história de Edir Macedo

Nada a Perder será exibido na Netflix em duas partes

Publicado em: 20/09/17 as 10:48 por Thalita Guedes Fontes

Netflix compra os direitos de "Nada a Perder", filme que conta a história de Edir Macedo
Compartilhe:

Nada a Perder “O filme”, que conta  a história do bispo Edir Macedo, líder e fundador da Igreja Universal do reino de Deus (IURD), será lançado pela Netflix.

A negociação internacional foi feita pelo vice-presidente de jornalismo da TV Record, Douglas Tavolaro, em Los Angeles nos Estados Unidos.

Apesar de os valores da negociação não terem sido divulgados, especialistas no assunto suspeitam que Nada a Perder tenha sido a aquisição com o valor mais alto já pago pela Netflix em um filme de língua não inglesa.

O filme será exibido por três meses nos cinemas aqui no Brasil e no exterior, depois disso, “Nada a Perder” passará a ser exibido na Netflix. A empresa adquiriu licença para exibir o filme por cinco anos, o que também mostra que a aquisição está sendo considerada uma grande aquisição.

Leia: Edir Macedo Humilha obreira durante culto na IURD

O filme será distribuído em cerca de 190 países, que fazem parte da rede que recebem o sinal da TV Record. Estima-se que cerca de 100 milhões de pessoas ao redor do mundo, deva assistir ao filme.

Edir Macedo e “Nada a Perder”

Edir Macedo lançou a primeira edição do livro Nada a Perder em 2012, nele, o bispo da Universal contou como tudo começou.

Macedo revela como um rapaz pobre e simples, se tornou o proprietário do Grupo Record e da RecordTV, a terceira maior emissora de televisão do Brasil.

Leia: Edir Macedo aumenta sua segurança depois de atentado contra Valdemiro

O filme irá ilustrar boa parte das histórias contadas por Macedo em seu livro, e como tudo o que o bispo lança, tem tudo para  bater recordes de bilheteria.

Edir Macedo juntamente com o escritor Paulo Coelho são os autores que mais vendem livros no Brasil.

Edir Macedo é considerado o segundo escritor que mais vende livros no Brasil, os números ultrapassam a casa de dez milhões de livros vendidos, perdendo apenas para o também escritor, Paulo Coelho.

Compartilhe: