noticias gospel

Pastor Anderson do Carmo fala pela primeira vez após polêmica

O pastor diz apoiar frentes missionárias na África e Líbano

Publicado em: 19/09/17 as 15:06 por Thalita Guedes Fontes

Pastor Anderson do Carmo fala pela primeira vez após polêmica
Compartilhe:

O pastor Anderson do Carmo e a esposa, a cantora gospel Flordelis, foram citados no início da semana pelo O Fuxico Gospel, numa matéria sobre várias denúncias que recebemos, alegando que o CIM (Congresso Internacional de Missões) seria uma farsa.
As informações foram baseadas no fato de o evento não possuir nenhum vínculo direto com a obra missionária, ou de não manter diretamente um grupo ou projeto missionário.

A partir da publicação, inúmeras pessoas apontaram que o CIM tem investido em missões, em alguns dos comentários, as pessoas se identificaram como sendo filhos ou membros da igreja do casal de pastores, realizadores do evento.

Ainda na tarde deste segunda feira (18), o próprio pastor Anderson do Carmo entrou em contato com nossa redação, e enviou a seguinte mensagem:

A paz do Senhor, Sou o Pr Anderson do Carmo, realizador do CIM, e acabei de ler a matéria de vocês a nosso respeito.
Pelo que entendi Entre as finalidades do seu portal, de divulgação de informações do meio evangélico, vocês também recebem denúncias e postam matérias sobre as denúncias. Meu objetivo com o contato é me colocar à disposição da sua redação jornalística e com isso mostrarmos que as denúncias são infundadas.
Como o teor central das denúncias, é que o congresso não tem missões Coloco à disposição também as frentes missionárias que aponhamos, tanto na África como no Líbano E o trabalho missionário local E também coloco à disposição os vídeos ao vivo de cada dia do Congresso onde foram apresentadas tanto os missionários, como o trabalho que são desenvolvidos por eles.
Quero muito que vocês conheçam de perto nosso trabalho e com isso termos mais pessoas engajadas em um trabalho sério que resulta em vidas pra Deus. Deus abençoe vocês

Quem acompanha nosso trabalho sabe, que sempre que somos procurados por alguém citado em qualquer matéria, publicamos qualquer justificativa na íntegra, sem edição, como acima.

A partir dessa mensagem, o pastor Anderson do Carmo falou que tem 55 filhos, dos quais, 51 são adotivos. Ele também revelou ter nove netos e disse que alguns leram a matéria com as acusações contra o CIM, e por isso nos procurou.

O pastor procurou nossa redação através do messenger da nossa pagina no Facebook, usando seu perfil pessoal. Pedimos que ele nos enviasse uma nota para ser publicada, mas ele insistiu em conversar por telefone. Como não foi possível, essas foram as únicas explicações que conseguimos do pastor sobre a matéria anterior. Em respeito aos nossos leitores, optamos por publicar como sempre fazemos.

Ele não esclareceu quais são as instituições  na África ou no Líbano que recebem ajuda do CIM, também não falou se os recursos arrecadados no congresso vai para alguma instituição brasileira, ou se é apenas para o sustento dos filhos.

Não temos a mínima intenção de denegrir o ministério Flordelis ou o pastor Anderson do Carmo, esperamos que eles possam esclarecer e agir com transparência sobre o que é feito com os recursos arrecadados com o evento, e sobretudo, quais são as instituições missionárias mantidas pelo CIM. Se isso ficasse claro no site oficial do evento, evitaria qualquer tipo de especulação.

Compartilhe: